O que são estrias atelectásicas no pulmão?

“Fiz uma tomografia computadorizada e o médico identificou estrias atelectásicas no pulmão, o que é isso? É grave? Preciso fazer algum tratamento?”

Dr.ª Janyele Sales

Médica de Saúde Familiar

CRM 177392-SP

Estrias atelectásicas no pulmão são cicatrizes decorrentes de alguma infecção ou processo inflamatório pulmonar. Tratam-se de sequelas pulmonares de lesões antigas ou atuais. O próprio cigarro pode lesionar os pulmões e deixar cicatrizes pulmonares.

As estrias atelectásicas no pulmão são compostas por tecido conjuntivo fibroso, o mesmo tecido presente nas cicatrizes da pele. Da mesma forma que os cortes e as lesões na pele deixam cicatriz, assim também acontece nos órgãos internos. A função do tecido cicatricial é preencher o espaço deixado pelo tecido do órgão que foi destruído.

Portanto, as estrias pulmonares observadas na tomografia computadorizada de tórax não são uma doença que requeira tratamento, mas sim uma marca deixada por inflamações pulmonares. Assim como ocorre na pele, essas cicatrizes muitas vezes já estão bem definidas e não há muito o que fazer. Contudo, em situações muito específicas, as estrias podem ser removidas através de cirurgia.

Nossa recomendação
O resultado de "estrias atelectásicas no pulmão" deve ser sempre avaliado por um pneumologista, ou pelo médico que pediu o exame. O profissional irá analisar o resultado de acordo com o seu histórico de saúde e/ou sintomas apresentados, recomendando a melhor forma de tratamento.
Qual médico consultar: Pneumologista
Marcar consulta
33% dos leitores acham este conteúdo útil (6 avaliações nos últimos 12 meses)
  • Iremos publicar sua pergunta de forma anônima.
  • Faça uma pergunta clara, curta e sem incluir dados pessoais.
  • Não peça um diagnóstico ou 2ª opinião sobre tratamentos que já esteja realizando.
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta. O seu email nunca será publicado online.
Marque consulta com um Pneumologista perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 9 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.