Dipirona funciona para micose de unha?

“Estou sofrendo há anos com uma micose que começou nos dedos dos pés e agora infectou os dedos das mãos. Posso aplicar dipirona nas unhas, funciona para micose? ”

Dr.ª Janyele Sales

Médica de Saúde Familiar

CRM 177392-SP

Dr.ª Janyele Sales
Não tem agenda disponível
Buscar Dermatologista perto de você

A dipirona não funciona para tratar a micose de unha. A única forma realmente eficaz e definitiva de tratar micose na unha é com o uso de medicamentos antifúngicos, que devem ser indicados e orientados por um dermatologista.

Alguns exemplos de antifúngicos que podem ser utilizados no tratamento da micose de unha são:

  • Terbinafina (comprimidos)
  • Itraconazol (comprimidos)
  • Ciclopirox (esmalte)

O tratamento da micose de unha normalmente é longo, prolongando-se por 3 a 6 meses. É muito importante ter alguns cuidados durante e após o tratamento para evitar a recorrência da micose, como:

  • Manter sempre os pés e unhas limpos e secos;
  • Cortar as unhas rentes. Remova o máximo de unha infectada tanto quanto possível;
  • Usar meias de tecidos transpiráveis, como algodão e trocá-las diariamente;
  • Usar chinelos em ambientes compartilhados como balneários ou piscinas, evitando andar descalço;
  • Evitar o uso de sapatos velhos, pois podem conter esporos dos fungos e dificultar o tratamento.

Para uma melhor orientação e tratamento da sua micose de unha, consulte um dermatologista ou médico de saúde familiar.

100% dos leitores acham este conteúdo útil (5 avaliações nos últimos 12 meses)
  • Iremos publicar sua pergunta de forma anônima.
  • Faça uma pergunta clara, curta e sem incluir dados pessoais.
  • Não peça um diagnóstico ou 2ª opinião sobre tratamentos que já esteja realizando.
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta. O seu email nunca será publicado online.
Marque consulta com um Dermatologista perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 9 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.