Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quem tem Prótese de Silicone pode fazer Mamografia?

Mulheres que possuem prótese mamária podem e devem fazer o exame de mamografia anualmente a partir dos 40 anos, para identificar se existem alterações no tecido mamário que possam ser um primeiro sinal de câncer.

No entanto, e uma vez que os raios X usados no exame não conseguem penetrar adequadamente as próteses de silicone, tanto de silicone como salina, pode ser mais difícil observar todo o tecido mamário com a técnica convencional, podendo ser necessário que o técnico faça mais imagens que o normal, para garantir que todo o tecido é avaliado.

Assim, é aconselhado que no momento de marcar o exame se informe a clínica de que se utiliza prótese mamária, para que possam adequar a técnica e até fazer pequenos ajustes no aparelho para obter as melhores imagens.

Quem tem Prótese de Silicone pode fazer Mamografia?

4 Dúvidas comuns sobre mamografia com próstese

A maior parte dos casos de mulheres que colocam próteses mamárias acontece entre os 20 e os 30 anos e, por isso, é normal que as dúvidas sobre fazer a mamografia apenas surjam alguns anos mais tarde. Algumas das dúvidas mais comuns são:

1. A prótese pode prejudicar o resultado do exame?

As próteses mamárias podem de fato prejudicar a imagem captada no exame de mamografia, por isso, é muito importante avisar o técnico sobre o uso de implantes, para que ele possa adaptar a técnica e captar todas as imagens necessárias ao redor da prótese.

Geralmente, próteses colocadas na frente do músculo peitoral causam maior alteração nas imagens, já que ficam mais junto do tecido mamário.

2. A mamografia pode danificar a prótese?

A mamografia aplica pressão sobre a mama, mas geralmente não existe risco de dano na prótese mamária, já que pode ser movimentada para cima, para baixo ou para os lados, evitando fazer pressão diretamente sobre a prótese.

Nos casos, em que o implante mamário não pode ser movimentado, o médico pode aconselhar outro tipos de exames que não precisam de aplicar pressão na mama, como ultrassom ou ressonância magnética, por exemplo.

3. Existe maior risco de câncer por ter implante?

O risco de câncer em uma mulher com implante mamário é igual ao de uma mulher sem prótese, sendo que os principais fatores de risco incluem ter mais de 40 anos ou casos de câncer da mama na família, especialmente em familiares próximos como pais ou irmãos.

4. Onde posso fazer a mamografia?

A mamografia pode ser feita em qualquer clínica especialista nesse tipo de exame, no entanto, no momento de marcar o exame é recomendado questionar sobre a experiência dos técnicos em realizar esse exame em pessoas com prótese mamária, já que existem técnicos com maior treino para fazer esse tipo de exame.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar