Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é a biópsia da mama e para que serve

A biópsia da mama é um exame de diagnóstico no qual o médico retira um pedaço de tecido do interior da mama, geralmente de um nódulo, para avaliar no laboratório e observar se existem células cancerígenas.

Normalmente, este exame é feito para confirmar, ou despistar, o diagnóstico de câncer de mama, especialmente quando outros exames como a mamografia ou a ressonância magnética indicaram a presença de alterações que podem indicar câncer.

A biópsia pode ser feita no consultório do ginecologista com aplicação de anestesia local e, por isso, a mulher não precisa ficar internada.

O que é a biópsia da mama e para que serve

Como é feita a biópsia

O procedimento para fazer a biópsia da mama é relativamente simples. Para isso, o médico:

  1. Aplica anestesia local em uma região da mama;
  2. Insere uma agulha na região anestesiada;
  3. Recolhe um pedaço de tecido do nódulo identificado em outros exames;
  4. Retira a agulha e envia a amostra de tecido para o laboratório.

Muitas vezes, o médio pode utilizar um aparelho de ultrassom para ajudar a guiar a agulha até ao nódulo, garantindo que a amostra é retirada do local correto.

Além de fazer a biópsia do nódulo na mama, o médico pode ainda fazer uma biópsia de um nódulo linfático, geralmente na região da axila. Caso isso aconteça, o procedimento será semelhante ao da biópsia na mama.

Quando é necessário fazer cirurgia

Dependendo do tamanho do nódulo, do histórico da mulher ou do tipo de alterações identificadas na mamografia, o médico pode ainda optar por fazer a biópsia recorrendo a uma pequena cirurgia. Nesses casos, a cirurgia é feita em um hospital com anestesia geral e pode já incluir a remoção total do nódulo.

Assim, caso seja confirmada a presença de câncer, a mulher poderá já não necessitar de fazer cirurgia, podendo iniciar o tratamento com radio ou quimioterapia, para eliminar restos de células malignas que tenham ficado na mama.

A biópsia da mama dói?

Uma vez que é utilizada anestesia local na mama, geralmente a biópsia não causa dor, porém, é possível sentir pressão sobre o peito, o que, em mulheres mais sensíveis, pode causar algum desconforto.

Geralmente, a dor é sentida apenas durante as pequena picadas que o médicos faz na pele para introduzir a anestesia na mama.

Principais cuidados após a biópsia

Nas primeiras 24 horas após a biópsia é recomendado evitar atividade física extenuantes, mas a mulher pode regressar às tarefas diárias normais, como trabalhar, fazer compras ou arrumar a casa, por exemplo. No entanto, é importante consultar o médico, se nos primeiros dias surgirem sintomas como:

  • Inchaço da mama;
  • Sangramento no local da biópsia;
  • Vermelhidão ou pele quente.

Além disso, é comum o surgimento de um pequeno hematoma no local onde a agulha foi inserida, por isso, o médico pode receitar um analgésico ou um anti-inflamatório, como Paracetamol ou Ibuprofeno, para aliviar o desconforto nos dias seguintes.

Como interpretar os resultados

O resultado da biópsia da mama deve ser sempre interpretado pelo médico que pediu o exame. No entanto, os resultados podem indicar:

  • Ausência de células cancerígenas: isso significa que o nódulo é benigno e, por isso, não é câncer. No entanto, o médico pode aconselhar manter vigilância, especialmente se o nódulo tiver aumentado de tamanho;
  • Presença de células cancerígenas ou tumorais: geralmente indica a presença de câncer e também indica outras informações sobre o nódulo que ajudam o médico a selecionar a melhor forma de tratamento.

Caso a biópsia tenha sido feita com cirurgia e com remoção do nódulo, é comum que, além de indicar a presença ou não de células cancerígenas, o resultado também descreva todas as características do nódulo.

Quando a biópsia dos nódulos linfáticos e positiva e indica a presença de células tumorais, normalmente indica que o câncer já está se espalhando da mama para outros locais.

Quanto tempo demora o resultado

Normalmente os resultados da biópsia da mama podem demorar até 2 semanas, e normalmente o relatório é enviado diretamente para o médico. No entanto, alguns laboratórios podem entregar o resultado à própria mulher, que depois deve marcar uma consulta no ginecologista para avaliar o significado do resultado.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...