Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como interpretar os Resultados da Mamografia

Os resultados da mamografia sempre indicam em que categoria BI-RADS a mulher se encontra, onde o 1 significa que o resultado está normal e o 5 e 6 provavelmente são indicativos de câncer de mama.

Apesar da observação do resultado de uma mamografia poder ser feita por qualquer pessoa, nem todos os parâmetros podem ser compreendidos por pessoas que não profissionais de saúde e por isso após pegar o resultado é importante leva-lo para o médico que o solicitou.

Algumas vezes somente o mastologista é que consegue interpretar todas as possíveis alterações que podem estar presente no resultado e por isso se o seu ginecologista solicitou o exame e se houver alguma alteração suspeita poderá indicar que você vá ao mastologista, mas em caso de BI-RADS 5 ou 6 poderá indicar que vá diretamente ao Centro de Tratamento para o Câncer mais próximo de sua residência para que seja acompanhada por um oncologista.

Como interpretar os Resultados da Mamografia

O que significa cada resultado Bi-RADS

Os resultados da mamografia, são padronizados internacionalmente, utilizando o sistema de classificação BI-RADS, onde cada resultado apresenta:

  O que significa O que fazer
BI-RADS 0 Inconclusivo Fazer mais exames
BI-RADS 1 Normal Mamografia anual
BI-RADS 2 Alteração benigna - calcificação, fibroadenoma Mamografia anual
 BI-RADS 3 Alteração provavelmente benigna. A incidência de tumor maligno é de apenas 2% Mamografia em 6 meses
BI-RADS 4 Alteração suspeita, provável maligna. É classificada ainda de A a C. Fazer biópsia
BI-RADS 5 Alteração muito suspeita, sendo provavelmente maligna. Tem 95% de chances de ser Câncer de Mama Fazer biópsia e cirurgia
BI-RADS 6 Lesão maligna comprovada Realizar tratamento para o câncer de mama

O padrão de BI-RADS foi criado nos Estados Unidos e hoje em dia é o sistema padrão para resultados de mamografias, a fim de facilitar a compreensão do exame em todos os países.

O câncer de mama é o segundo mais comum entre as mulheres no Brasil, mas quando descoberto numa fase inicial possui boas chances de cura e é por isso que é recomendada a realização da mamografia a fim de identificar quando surge alguma alteração, suas características, formato e composição. Por isso mesmo que você já tenha realizado mais de 3 vezes esse exame e não tenha notado nenhuma alteração, ainda assim deve continuar realizando a mamografia todos os anos ou sempre que o ginecologista pedir.

Saiba quais são os outros exames que ajudam no diagnóstico do câncer de mama.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...