Lipossarcoma: o que é, sintomas e tratamento

Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
setembro 2020

O lipossarcoma é um tumor raro que se inicia no tecido gorduroso do corpo, mas que pode facilmente se espalhar para outras partes moles, como os músculos e a pele. Por apresentar muita facilidade em voltar a surgir no mesmo local, mesmo depois de removido, ou de se espalhar para outros locais, este tipo de câncer é considerado maligno.

Embora possa surgir em qualquer parte do corpo que tenha uma camada de gordura, o lipossarcoma é mais frequente nos braços, pernas ou no abdômen, e acontece principalmente em pessoas mais velhas.

Por ser um câncer maligno, o lipossarcoma deve ser identificado o mais precocemente possível para que o tratamento tenha maiores chances de sucesso. O tratamento pode envolver a retirada do tumor através de cirurgia, assim como uma combinação de radioterapia e quimioterapia.

Sintomas de lipossarcoma

Os sinais e sintomas do lipossarcoma podem variar de acordo com o local afetado:

1. Nos braços e pernas

  • Aparecimento de um nódulo debaixo da pele;
  • Dor ou sensação de dolorido na região do nódulo;
  • Inchaço em algum local da perna ou braço;
  • Sensação de fraqueza ao movimentar o membro afetado.

2. No abdômen

  • Dor ou desconforto abdominal;
  • Inchaço na barriga;
  • Sensação de estômago estufado após comer;
  • Prisão de ventre;
  • Sangue nas fezes.

Sempre que existir alguma alteração nos braços, pernas ou abdômen que demora mais de 1 semana para desaparecer é muito importante consultar um clínico geral, que irá avaliar o caso e entender se é necessário fazer o encaminhamento para outra especialidade médica.

Como confirmar o diagnóstico

Após avaliar os sinais e sintomas, é comum que o médico peça outros exames para identificar a possibilidade de ser um lipossarcoma. Os exames mais utilizados são a tomografia computadorizada, assim como a ressonância magnética.

Caso o resultado continue apoiando a hipótese de se tratar de um lipossarcoma, o médico geralmente pede uma biópsia, na qual um pedaço de tecido, retirado do local do nódulo, é enviado para análise em laboratório, onde se poderá confirmar a presença de câncer, assim como identificar o tipo específico de lipossarcoma, para ajudar na adequação do tratamento.

Principais tipos de lipossarcoma

Existem 4 tipos principais de lipossarcoma:

  • Lipossarcoma bem diferenciado: é o tipo mais comum e normalmente cresce lentamente, sendo mais difícil que espalhe para outros locais;
  • Lipossarcoma mixoide e/ou redondo: é o segundo tipo mais frequente, mas cresce mais rapidamente e pode se espalhar para outras partes do corpo, formando um padrão diferenciado com as suas células;
  • Lipossarcoma desdiferenciado: tem um crescimento rápido e é mais comum nos braços ou pernas;
  • Lipossarcoma pleomórfico: é o tipo mais raro e é o que se espalha mais rápido pelo corpo.

Após identificado o tipo de lipossarcoma, assim como a sua fase de evolução, o médico pode adequar melhor o tratamento, aumentando as chances de cura, principalmente se o câncer estiver numa fase mais inicial.

Como é feito o tratamento

O tratamento utilizado pode variar de acordo com o local afetado, assim como a fase de evolução do lipossarcoma, porém, é relativamente comum que a primeira abordagem seja feita com uma cirurgia para tentar retirar o máximo de células cancerígenas.

No entanto, e como muitas vezes é difícil retirar todo o câncer apenas com cirurgia, o médico pode aconselhar fazer sessões de radioterapia ou quimioterapia.

Por vezes, a quimioterapia ou a radioterapia também podem ser feitas antes da cirurgia, para reduzir o tamanho do câncer e facilitar a remoção.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em setembro de 2020. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em maio de 2020.

Bibliografia

  • CIRURGIÃO ONLINE. 124.1 Sarcomas de Partes Moles. Disponível em: <http://www.cirurgiaonline.com.br/site/images/stories/pdf/sarcomas%20de%20partes%20moles%20em%20dermatologia%20(trocar%20por%20este%20atualizado).pdf>. Acesso em 27 mai 2020
  • RUI DE FREITAS MENDONÇA CORREIA DA SILVA. LIPOSSARCOMA: EXPERIÊNCIA DE UM SERVIÇO DE REFERÊNCIA EM ONCOLOGIA DO APARELHO LOCOMOTOR. Tese para conclusão do Mestrado Integrado em Medicina, 2012. FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA.
Mostrar bibliografia completa
  • NORD. Liposarcoma. Disponível em: <https://rarediseases.org/rare-diseases/liposarcoma/>. Acesso em 23 jul 2019
  • SARCOMA HELP. Lipossarcoma. 2012. Disponível em: <http://sarcomahelp.org/translate/pt-lipossarcoma.html>. Acesso em 23 jul 2019
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.