Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é e como tratar a Lipase elevada

A taxa elevada de lipase no sangue normalmente é tratada de acordo com a causa do problema, pois seus níveis aumentados indicam a existência de alguma doença no sistema digestivo, especialmente a pancreatite aguda. Esse teste geralmente é feito junto com a medição da amilase, pois ambas favorecem um melhor diagnóstico da causa do problema.

A lipase é uma enzima digestiva produzida principalmente no pâncreas e tem como função quebrar a gordura da alimentação em moléculas menores, para que assim possam ser absorvidas pelo intestino. Além do pâncreas, a boca e o estômago também produzem um pouco de lipase para facilitar a digestão.

O que é e como tratar a Lipase elevada

Causas de níveis alterados na Lipase

Os níveis elevados de lipase podem estar ligados a doenças como:

  • Pancreatite aguda;
  • Doença Celíaca;
  • Úlcera péptica perfurada ou penetrante;
  • Obstrução do ducto pancreático por pedra;
  • Espasmo induzido por medicamentos como codeína, morfina, metacolina, colinérgicos;
  • Pancreatite crônica;
  • Pseudocisto pancreático;
  • Câncer de pâncreas;
  • Câncer de estômago ou perfuração no estômago;
  • Colecistite aguda;
  • Obstrução do intestino delgado;
  • Infarto intestinal;
  • Fibrose cística;
  • Doença inflamatória intestinal;
  • Insuficiência renal aguda e crônica;
  • Complicação após transplante de órgãos;
  • Alcoolismo;
  • Cetoacidose diabética;
  • Hemorragia intracraniana;
  • Linfoma;
  • Doença hepática crônica.

Por outro lado, os níveis baixos de lipase geralmente indicam a presença de fibrose cística. Veja todos os sintomas da fibrose cística.

Quando fazer o exame de Lipase

O que é e como tratar a Lipase elevada

O exame para avaliar os valores da lipase são feitos quando há suspeita de uma das doenças citadas acima ou quando há a presença de sintomas como febre, dor abdominal intensa, gordura nas fezes, perda de peso e náuseas e vômitos.

Em casos de pancreatite aguda, os níveis de amilase costumam ficar de 5 a 10 vezes mais altos que o normal, e já se elevam de 4 a 8 horas depois de uma crise aguda da doença, juntamente com os níveis de amilase. Esses valores costumam continuar altos até 7 a 14 dias após a crise, e níveis mais altos não indicam a gravidade da doença, apenas a sua presença. Saiba como é feito o tratamento da pancreatite.

Valores de referência da Lipase e Amilase

Os níveis normais de lipase são até 160 UI/L, podendo variar um pouco de acordo com o método usado em cada laboratório. Valores de até 200 UI/L também podem ser considerados normais pelo médico de acordo com a idade e o histórico de saúde.

Os valores de amilase são normais até 125 UI/L para pessoas com menos de 60 anos, e de até 151 UI/L para pessoas com mais de 60 anos de idade. Veja mais sobre o teste de amilase.

Quando usar suplementos com Lipase

Existem suplementos com lipase que podem ser usados em casos de indigestão crônica, quando a pessoa não consegue processar e absorver bem os alimentos ingeridos. Ela costuma ser usada especialmente em casos de doença
celíaca, fibrose cística, síndrome do intestino irritável e doença de Crohn, que são doenças que causam alterações no funcionamento intestinal.

O uso desse suplemento pode ajudar a reduzir sintomas como gases e sensação de desconforto após uma refeição rica em gorduras, e deve ser utilizado apenas de acordo com a prescrição médica.

A falta de lipase e a baixa absorção de gorduras pode levar a problemas como baixo peso, deficiência nas vitaminas A, K, E e D, e uma maior frequência de diarreia.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...