Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Leite de Soja para o Bebê

A substituição do leite materno ou do leite de vaca pelo leite de soja para bebês só deve ser realizada sob orientação do médico ou do pediatra, pois o leite de soja não possui todos os nutrientes necessários para o bom desenvolvimento infantil e só deve ser utilizado esporadicamente e após os 3 anos da criança.

Se o bebê for diagnosticado com alergia ao leite de vaca ou à lactose e se a mãe não puder amamentá-lo, o médico poderá indicar que os pais ofereçam a fórmula HA (hipoalergênico) como fonte de leite ideal até os 3 anos de idade, pois este é um alimento mais completo e seu uso é comprovadamente seguro.

Segundo os investigadores, o leite de soja pode fazer mal ao bebê por diminuir a capacidade de absorção de vários nutrientes pelos intestinos, alterar o funcionamento do pâncreas, fígado, rins e pode até mesmo fazer com que as crianças apresentem sinais de puberdade extrema apresentando mamas e pelos pubianos antes dos 3 anos de idade.

Há muita controvérsia em relação ao consumo diário do leite de soja pelas crianças e, por isso, o mais sensato é seguir as orientações do médico que está sob constante atualização científica. Acredita-se que a quantidade máxima de leite de soja que deve ser consumida diariamente por humanos é de até 500 ml e um bebê precisa de maiores quantidades de leite e, por isso, esta substituição pode fazer mal ao bebê e deve ser evitada sempre que possível.

Links úteis:

Referência Bibliográfica

FALLON S; MARY G. Por qué debe evitarse la soja (soya). Acesso em Mar. 2013

Mais sobre este assunto:


Carregando
...