Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

O que é leiomiossarcoma, principais sintomas e como é o tratamento

O leiomiossarcoma é um tipo de tumor maligno raro que acomete os tecidos moles, podendo atingir trato gastrointestinal, pele, cavidade oral, couro cabeludo e útero, principalmente de mulheres no período pós menopausa.

Esse tipo de sarcoma é grave e tende a espalhar-se facilmente para outros órgãos, o que torna o tratamento mais complicado. É importante que as pessoas que foram diagnosticadas com o leiomiossarcoma sejam acompanhadas pelo médico de forma regular para verificar a evolução da doença.

O que é leiomiossarcoma, principais sintomas e como é o tratamento

Principais sintomas

Normalmente, na fase inicial do leiomiossarcoma não são percebidos sinais ou sintomas, aparecendo apenas ao longo do desenvolvimento do sarcoma e dependem do local em que ocorre, tamanho e se houve ou não espalhamento para outros locais do corpo.

Na maioria dos casos, os sintomas são inespecíficos e podem estar relacionados apenas com o local em que esse tipo de sarcoma desenvolve-se. Assim, de forma geral, os sinais e sintomas do leiomiossarcoma são:

  • Fadiga;
  • Febre;
  • Perda de peso não intencional;
  • Náuseas;
  • Mal-estar geral;
  • Inchaço e dor na região em que há desenvolvimento do leiomiossarcoma;
  • Sangramento gastrointestinal;
  • Desconforto abdominal;
  • Presença de sangue nas fezes;
  • Vômito com sangue.

O leiomiossarcoma tende a espalhar-se rapidamente para outros locais do corpo, como os pulmões e o fígado, podendo levar a complicações graves e dificultando o tratamento, que normalmente é feito com cirurgia. Por isso, é importante que a pessoa vá ao médico assim que surgirem sinais ou sintomas sugestivos desse tipo de tumor.

Leiomiossarcoma no útero

O leiomiossarcoma no útero é um dos principais tipos de leiomiossarcoma e acontecem com mais frequência em mulheres no período pós-menopausa, sendo caracterizado por uma massa palpável no útero que cresce ao longo do tempo e que pode causar dor ou não. Além disso, pode ser verificada alteração no fluxo menstrual, incontinência urinária e aumento do volume abdominal, por exemplo.

Diagnóstico do leiomiossarcoma

O diagnóstico do leiomiossarcoma é difícil, uma vez os sintomas são inespecíficos. Por isso, o clínico geral ou oncologista solicita a realização de exames de imagem, como ultrassonografia ou tomografia, para que seja verificada qualquer alteração no tecido. Caso seja observada alguma alteração sugestiva de leiomiossarcoma, o médico pode indicar a realização de uma biópsia para verificar a malignidade do sarcoma.

Como é o tratamento

O tratamento é feito principalmente por meio da remoção cirúrgica do leiomiossarcoma, podendo ser necessária remoção do órgão caso a doença já esteja em fase mais avançada.

A realização de quimioterapia ou radioterapia não é indicada em caso de leiomiossarcoma, já que esse tipo de tumor não responde muito bem a esse tipo de tratamento, no entanto o médico pode recomendar esse tipo de tratamento antes de realizar a cirurgia com o objetivo de diminuir a taxa de multiplicação das células tumorais, retardar o espalhamento e tornar mais fácil a remoção do tumor.

Bibliografia >

  • FEDERAÇÃO BRASILEIRA DAS ASSOCIAÇÕES DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA. Leiomiossarcoma, como abordar cirurgicamente?. Disponível em: <https://www.febrasgo.org.br/pt/noticias/item/314-leiomiossarcoma-como-abordar-cirurgicamente>. Acesso em 16 Jul 2019
  • MOUTINHO, Mariana et al. Tratamento cirúrgico de um leiomiossarcoma do membro inferior. Revista da Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular. Vol 11. 2 ed; 79-83, 2015
  • NATIONAL ORGANIZATION FOR RARE DISORDERS. Leiomyosarcoma. Disponível em: <https://rarediseases.org/rare-diseases/leiomyosarcoma/>. Acesso em 16 Jul 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem