Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Lavagem de ouvido: o que é, para que serve e possíveis riscos

A lavagem de ouvido é um procedimento que permite remover o excesso de cera, mas que também pode ser usado para retirar qualquer tipo de sujeira que tenha se acumulado mais profundamente no canal auditivo ao longo do tempo.

No entanto, a lavagem não deve ser usada para retirar objetos que tenham sido inseridos no canal auditivo, como pode acontecer com crianças. Nesses casos, deve-se ir imediatamente ao otorrinolaringologista, ou ao pediatra, para retirar o objeto sem causar lesões no ouvido. Veja o que fazer em caso de inseto ou objeto no ouvido.

A lavagem de ouvido só deve ser feita por um otorrino ou outro profissional de saúde capacitado, porém, existem situações em que o médico pode recomendar algo semelhante e mas mais seguro, conhecido como "irrigação com bulbo", que pode ser feito em casa para aliviar o desconforto de pessoas que sofrem frequentemente com ouvido entupido, por exemplo.

Lavagem de ouvido: o que é, para que serve e possíveis riscos

Para que serve a lavagem

O acúmulo excessivo de cera no ouvido pode causar pequenas lesões no canal auditivo e dificultar a audição, especialmente em pessoas em que a cera é muito seca, dessa forma, a lavagem ajuda a diminuir o risco dessas alterações, especialmente quando outra formas de tratamento não apresentaram sucesso.

Além disso, e ao contrário do cotonete, também é um método relativamente seguro de retirar pequenos insetos ou pequenos pedaços de comida, evitando que se desloquem para um local mais fundo do ouvido. Veja outras formas de limpar o ouvido sem cotonete.

Embora seja um técnica simples, a lavagem não deve ser feita em casa, já que o ouvido tem mecanismos naturais de retirar a cera. Assim, esta técnica apenas deve ser usada quando é indicada pelo otorrinolaringologista. No entanto, existe a possibilidade de fazer uma irrigação com uma seringa de bulbo, que é vendida na farmácia, e que é considerada uma prática segura para fazer em casa.

Como fazer em casa

A lavagem do ouvido não deve ser feita em casa, já que é necessário ter orientação de um profissional para evitar complicações, como infecções ou perfuração do tímpano.

No entanto, para pessoas que sofrem com acúmulo de cera muito recorrentemente, o médico pode aconselhar uma técnica semelhante, chamada de irrigação com bulbo e que é feita da seguinte forma:

  1. Virar o ouvido para e puxar a orelha pela parte superior, abrindo ligeiramente o canal auditivo;
  2. Colocar a ponta da seringa de bulbo na entrada do ouvido, sem empurrar a ponta para dentro;
  3. Apertar a seringa ligeiramente e jogar um pequeno jato de água morna dentro do ouvido;
  4. Esperar cerca de 60 segundos nessa posição e depois virar a cabeça de lado para deixar a água suja sair;
  5. Secar bem a orelha com uma toalha macia ou com um secador de cabelo em temperatura baixa.

Esta técnica precisa ser feita com uma seringa de bulbo, que pode ser comprada na farmácia.

Seringa de bulbo
Seringa de bulbo

Possíveis riscos

A lavagem de ouvido é um procedimento bastante seguro quando feito por um otorrinolaringologista ou outro profissional de saúde capacitado. Ainda assim, como qualquer outro procedimento, também possui riscos, como:

  • Infecção no ouvido: acontece principalmente quando não se seca o canal auditivo corretamente após a lavagem;
  • Perfuração do tímpano: embora seja mais raro, pode surgir caso a lavagem seja mal feita e empurre a cera para o interior do ouvido;
  • Surgimento de vertigens: a lavagem pode interferir com os líquidos naturalmente presentes no ouvido, causando a sensação temporária de vertigens;
  • Perda temporária da audição: caso a lavagem cause algum tipo de inflamação no ouvido.

Assim, embora possa ser feita em determinados casos, a lavagem de ouvido não deve ser muito frequente, já que a remoção excessiva de cera também não é benéfica. A cera é naturalmente produzida pelo ouvido para proteger o canal auditivo de lesões e infecções.

Quem não deve fazer a lavagem

Embora seja relativamente segura, a lavagem de ouvido deve ser evitada por pessoas com tímpano perfurado, infecção do ouvido, dor de ouvido intensa, diabetes ou que possuam algum tipo de doença que cause enfraquecimento do sistema imune.

Caso não possa fazer a lavagem, veja outras formas naturais de tirar a cera do ouvido.

Bibliografia >

  • HSC. Ear Irrigation – Guidelines for Community Nursing. 2012. Disponível em: <http://www.northerntrust.hscni.net/pdf/Ear_Irrigation_Guidelines_for_Community_Nursing_12.504.pdf>. Acesso em 13 Nov 2019
  • NHS. Procedure for ear care (including ear irrigation). 2013. Disponível em: <https://www.wirralct.nhs.uk/attachments/article/19/CP47SOPClinicalProcedureearcare18Feb13.pdf>. Acesso em 13 Nov 2019
  • POTTER, Patrícia A.; PERRY, Anne G.. Fundamentos de Enfermagem: Conceitos e Procedimentos. 8.ed. Elsevier, 2014. 355.
  • COLEFORD HEALTH CENTRE - NHS. Blocked ears (wax) self-care guidelines for patients. . Acesso em 13 Set 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem