Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Joelho varo: o que é, como identificar e tratamento

O joelho varo, conhecido também como geno varo ou “pernas de cowboy”, é uma condição normalmente genética em que os joelhos se mantém afastados mesmo quando a pessoa consegue encostar um tornozelo no outro, e acontece quando os ossos tíbia e fêmur não estão corretamente alinhados, dando a forma diferente à linha da perna.

Esta condição é comum em bebês e costuma desaparecer após os primeiros anos de vida, porém quando não some e se agrava ao passar do tempo, é indicado procurar um ortopedista, para que possíveis causas como raquitismo, doença de Blount e outras doenças relacionadas ao crescimento dos ossos sejam confirmadas ou descartadas.

O tratamento para o joelho varo pode variar de acordo com a causa e grau da alteração, podendo ser desde ser apenas a suplementação de cálcio de vitamina D em casos de raquitismo, por exemplo, até a cirurgia para realinhar os ossos. 

Joelho varo: o que é, como identificar e tratamento

Como identificar o joelho varo

O joelho varo é normalmente identificado pelo pediatra da criança nas consultas de rotina, no entanto também é comum que os pais e familiares notem a deformidade das pernas arqueadas para fora, e nesses caso é importante relatar ao pediatra para que o encaminhamento ao ortopedista ou fisioterapeuta seja feito, a fim de investigar as possíveis causas e assim iniciar o tratamento adequado.

Possíveis causas

A causa mais comum de joelho varo, é a pré disposição genética que pode ser corrigida sozinha até os 2 anos de idade sem necessidade de tratamento. No entanto, caso não apresente dor ou dificuldade ao caminhar, essa condição pode se manter até os 8 anos de idade sem necessidade de tratamento específico, embora tenha que ser avaliada pelo pediatra, ortopedista ou fisioterapeuta, para que a evolução ou melhora sejam acompanhadas.

Outras possíveis causas de joelho varo são:

  • Infecções nos ossos;
  • Tumor ósseos;
  • Condições como raquitismo e acondroplasia;
  • Doença de Paget
  • Doença de Blount;
  • Obesidade;
  • Intoxicação por chumbo ou flúor;
  • Frouxidão ligamentar;
  • Andar precoce.

Apesar de ser mais comuns em crianças, o joelho varo pode acontecer em adultos quando não houve tratamento na infância ou em casos de doenças articulares como osteoartrite, por exemplo. Entenda melhor o que é a osteoartrite e como é o tratamento

Como confirmar o diagnóstico 

Para confirmar o diagnóstico será observado a assimetria das penas, o andar e o ângulo do joelho varo, mas para saber a gravidade do caso, é comum que o ortopedista solicite exames de raio X das pernas e joelhos de pé, frente e de lado.

Caso exista a suspeita de alguma doença envolvida como a de Paget ou Blount, por exemplo, exames de sangue e de imagens como a tomografia axial computorizada (TAC) e ressonância e magnética nuclear (RMN), podem ser solicitadas.

Como é feito o tratamento

O tratamento para o joelho varo é feito de acordo com a causa e grau do problema. Algumas das opções de tratamento mais usadas incluem:

  • Suplementação de cálcio e vitamina D: utilizada principalmente nos casos de raquitismo, por falta destes nutrientes no organismo;
  • Fisioterapia para fortalecimento dos músculos: quando é fisiológico ou causado pela acondroplasia e não apresenta nenhuma doença associada e tem como objetivo fortalecer os músculos enquanto alinha os ossos da perna;
  • Cirurgia: usada nos casos graves, quando a curvatura para o lado de fora é muito acentuada e causa dor e dificuldades para andar.

A cirurgia chamada de osteotomia tibial alta, normalmente só é indicada para adolescentes e adultos, vistos que a fisioterapia tem resultados positivos quando inciada na infância, e tem como objetivo adequar o formato dos ossos para reduzir a pressão sobre a articulação e permitir o realinhamento da tíbia com o fémur. 

Exemplos de exercícios para joelho varo

Os exercícios para ajudar a corrigir o joelho varo devem ser sempre orientados por um fisioterapeuta ou ortopedista após avaliação física, porque a deformidade atual pode acabar lesionando a cartilagem, ossos e músculos durante os exercícios. Alguns dos exercícios que podem ser aconselhados pelo profissional são:

1. Exercício para fortalecer a lateral da coxa

Joelho varo: o que é, como identificar e tratamento

Este exercício pode ajudar a fortalecer os músculos e reduzir a curvatura do joelho varo.

Sobre um tapete de ginastica, deve-se deitar de lado com as duas pernas flexionadas, abrir e fechar os joelhos como mostra a imagem.

2. Exercício para fortalecer o glúteo

Joelho varo: o que é, como identificar e tratamento

No caso de joelho varo também é muito importante fortalecer o glúteo máximo e, para isso, deve-se ficar de 4 apoios no chão e depois elevar uma das pernas em direção ao teto. Esse movimento deve ser feito lentamente e repetido entre 8 a 10 vezes, por 3 séries, com cada perna.

3. Exercício para fortalecer a parte de trás da perna

Joelho varo: o que é, como identificar e tratamento

Para fazer o exercício, deve-se ficar em pé e apoiar as mão em uma cadeira ou parede, e depois, com os joelhos juntos, dobrar a perna para trás sem separar os joelhos. Este exercício deve ser feito entre 8 a 10 vezes com cada perna, por 3 séries.

Bibliografia >

  • ANN RHEUM DIS. Varus and Valgus Alignment and Incident and Progressive Knee Osteoarthritis. 2011. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2994600/>. Acesso em 15 Set 2020
  • JOINTS. High tibial osteotomy in varus knees: indications and limits. 2016. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4993553/>. Acesso em 15 Set 2020
  • ASIAN J SPORTS MED. Angular Deformities of the Lower Limb in Children. 2010. . Acesso em 15 Set 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem