Hemorragia subconjuntival: sintomas, causas e tratamento

abril 2022

A hemorragia subconjuntival é um sangramento ocular que ocorre quando os vasos sanguíneos superficiais da conjuntiva se rompem, causando o aparecimento de uma mancha vermelha na parte branca do olho, com aspecto de sangue vivo.

Geralmente, a hemorragia subconjuntival, também chamada de derrame ocular ou hiposfagma, é causada por traumas no olho, como esfregar o olho quando cai um cisco, ou quando se está usando lentes de contato, mas também pode ocorrer devido ao uso de remédios anticoagulantes ou até por problemas de saúde como diabetes ou pressão alta.

Na maioria dos casos, a hemorragia subconjuntival não é uma condição grave, e desaparece espontaneamente após alguns dias, no entanto, é recomendado consultar o oftalmologista para que seja feito o diagnóstico e indicado o tratamento mais adequado, se necessário.

Principais sintomas

O principal sintoma da hemorragia subconjuntival é o aparecimento de uma mancha vermelha de sangue na parte branca do olho, devido ao rompimento dos vasos sanguíneos da conjuntiva.

Normalmente, a hemorragia subconjuntival não causa dor ou alterações na visão, como visão embaçada ou turva, pois não atinge as partes mais internas do olho. No entanto, em alguns casos, pode-se ter a sensação de um corpo estranho no olho.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da hemorragia subconjuntival é feito pelo oftalmologista através da avaliação dos sintomas, histórico de saúde, uso de remédios anticoagulantes e exame oftalmológico para analisar as estruturas do olho.

Além disso, o médico pode avaliar o olho afetado realizando o exame de lâmpada de fenda com fluoresceína, que é um tipo de corante, para avaliar trauma ocular ou outras condições que possam ter causado a hemorragia subconjuntival. Confira os principais exames de vista que podem ser realizados pelo oftalmologista

Causas da hemorragia subconjuntival

A hemorragia subconjuntival é causada por um rompimento dos vasos sanguíneos superficiais da conjuntiva, que é uma membrana fina e transparente que recobre a parte branca do olho, devido a uma fragilidade desses vasos sanguíneos ou traumas no olho.

Alguns fatores podem aumentar o risco de hemorragia subconjuntival, como:

  • Esfregar o olho com força;
  • Uso de lentes de contato;
  • Esforço excessivo ao espirrar, tossir, vomitar ou evacuar;
  • Exercícios físicos intensos;
  • Uso de remédios anticoagulantes, como varfarina ou ácido acetilsalicílico;
  • Uso de remédios para o tratamento do câncer, como interferon;
  • Diabetes;
  • Pressão alta;
  • Cirurgia no olho ou na pálpebra.

Além disso, infecções oculares graves também podem levar ao surgimento de hemorragia subconjuntival.

Como é feito o tratamento

A hemorragia subconjuntival nem sempre necessita de tratamento, pois o sangue na parte branca do olho é absorvido naturalmente pelo próprio organismo dentro de 1 a 2 semanas. No caso de pessoas que fazem tratamento com anticoagulantes, a recuperação pode levar até 3 semanas.

No entanto, dependendo do que causou a hemorragia subconjuntival, do tamanho da mancha de sangue no olho e da sua gravidade, o oftalmologista pode recomendar o uso de compressas de água fria no olho afetado, por 5 a 10 minutos, 2 a 3 vezes por dia, ou usar lágrimas artificiais para acelerar a cura e diminuir o desconforto. Em alguns casos, o oftalmologista pode também recomendar o uso de colírios corticóides. 

Além disso, para acelerar a recuperação, o médico pode recomendar repouso e evitar esforços ou praticar exercícios físicos intensos, além de evitar coçar ou esfregar o olho.

É importante também que pessoas com diabetes ou pressão alta façam acompanhamento como o médico para o tratamento desses problemas de saúde e evitar o surgimento de hemorragia subconjuntival ou outras complicações.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em abril de 2022.

Bibliografia

  • KITTISUPAMONGKOL, W. Blood pressure in subconjunctival hemorrhage. Ophthalmologica. 224. 5; 332, 2010
  • BODACK, M. I. A warfarin-induced subconjunctival hemorrhage. Optometry. 78. 3; 113-8, 2007
Mostrar bibliografia completa
  • DOSHI, R.; NOOHANI, T. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Subconjunctival Hemorrhage. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK551666/>. Acesso em 13 abr 2022
  • Tarlan, B. KIRATI, H. Subconjunctival hemorrhage: risk factors and potential indicators. Clin Ophthalmol. 7. 1163-70, 2013
  • MIMURA, T.; et al. Contact lens-induced subconjunctival hemorrhage. Am J Ophthalmol. 150. 5; 656-665.e1, 2010
  • SPITZER, S. G.; et al. Isolated subconjunctival hemorrhages in nonaccidental trauma. J AAPOS. 9. 1; 53-56, 2005
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.