Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Hemoptise: o que é, causas e o que fazer

A hemoptise é o nome científico dado à tosse com sangue, que normalmente está relacionada com alterações pulmonares, como tuberculose, bronquite crônica, embolia pulmonar e câncer de pulmão, por exemplo, podendo levar a perdas significativas de sangue pela boca, sendo importante ir imediatamente ao hospital para que o tratamento possa ser iniciado e sejam prevenidas complicações.

É considerada hemoptise quando o sangramento tem origem pulmonar e é verificada perda de 100 a mais de 500 mL de sangue em 24 horas, no entanto esse valor pode variar de acordo com o médico responsável. A quantidade de sangue perdido é considerada grave quando pode colocar a vida da pessoa em risco devido à obstrução da via aérea pelo acúmulo de sangue.

Hemoptise: o que é, causas e o que fazer

Principais causas de Hemoptise

A hemoptise pode ser um sintoma de várias doenças, porém está mais frequentemente relacionada com alterações inflamatórias, infecciosas ou malignas do pulmão, ou de vasos sanguíneos que chegam a esse órgão e promovem a sua irrigação, sendo as principais:

  • Tuberculose;
  • Pneumonia;
  • Bronquite crônica;
  • Embolia pulmonar;
  • Câncer do pulmão e metástases pulmonares;
  • Bronquiectasias;
  • Doença de Behçet e Granulomatose de Wegener, que são doenças caracterizadas pela inflamação dos vasos sanguíneos de todo o corpo.

A tosse com sangue também pode acontecer como consequência de procedimentos invasivos de diagnóstico ou tratamento que podem ter causado lesão no trato respiratório superior, como boca, nariz ou garganta, além de também poder ter origem no trato gastrointestinal, no entanto quando a hemoptise acontece nessas duas situações, é denominado pseudohemoptise.

Conheça outras causas de tosse com sangue.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da hemoptise é feito principalmente por meio da avaliação dos sintomas apresentados e história clínica da pessoa. Assim, no caso da pessoa apresentar tosse com sangue por mais de 1 semana, perda de peso sem causa aparente, febre alta, alteração na respiração e/ ou dor no peito, é recomendado ir imediatamente ao hospital para que sejam feitos exames que possam identificar a causa dos sintomas.

O médico geralmente indica a realização de exames de imagem, como raio-x de tórax e tomografia computadorizada com o objetivo de avaliar os pulmões e identificar qualquer sinal sugestivo de sangramentos e que possa comprometer a vida da pessoa. Além disso, é solicitada a realização de exames laboratoriais, como coagulograma e hemograma para verificar a quantidade e características das células sanguíneas circulantes.

O diagnóstico da hemoptise é feito, também, por meio da broncoscopia, exame em que um pequeno tubo flexível com uma microcâmera acoplada em sua extremidade é introduzido na boca ou nariz e segue até o pulmão, permitindo que o médico observe toda a estrutura pulmonar e respiratória e identifique o local do sangramento. Entenda como a broncoscopia é feita.

Tratamento para hemoptise

O tratamento para a hemoptise é feito de acordo com a causa e com a quantidade de sangue perdida, tendo o objetivo de controlar o sangramento e deixar o paciente estável. Assim, pode ser recomendada a realização de broncoscopia ou arteriografia e, dependendo da gravidade, pode ser indicada a transfusão de plasma e plaquetas.

Quando o sangramento fica incontrolável, mesmo já tendo sido realizadas medidas para controla-lo, é indicado um procedimento cirúrgico, como a embolização da artéria brônquica, por exemplo, no qual o médico, com auxílio de um pequeno tubo flexível e com uma microcâmera na ponta, consegue identificar o local e parar o sangramento.

De acordo com a causa da hemoptise, o médico também pode ainda indicar a realização de outros tratamentos, como o uso de antibióticos, no caso do sangramento ser devido a infecções, anticoagulantes, medicamentos anti-inflamatórios ou, no caso de ser devido ao câncer de pulmão, pode haver a indicação de realização de quimioterapia.

Bibliografia >

  • ITTRICH, Harald; BOCKHORN, Maximilian; KLOSE, Hans; SIMON, Marcel. The Diagnosis and Treatment of Hemoptysis. Deutsches Ärzteblatt International. 114. 371-381, 2017
  • WEBMD. Coughing Up Blood (Hemoptysis). Disponível em: <https://www.webmd.com/lung/coughing-up-blood#1>. Acesso em 12 Nov 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem