Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Glândulas de Skene: o que são e como tratar quando inflamam

As glândulas de Skene estão localizadas no lado da uretra da mulher, perto da entrada da vagina e são responsáveis por libertar um líquido esbranquiçado ou transparente representando a ejaculação feminina durante o contato íntimo. O desenvolvimento das glândulas de Skene pode variar entre mulheres, de modo que em algumas mulheres pode ser mais difícil estimular essa glândula.

Em alguns casos, quando a glândula de Skene fica obstruída, pode surgir acúmulo de líquido no seu interior, causando inflamação e provocando o surgimento de um cisto que pode ser tratado com remédios anti-inflamatórios ou cirurgia, por exemplo.

Glândulas de Skene: o que são e como tratar quando inflamam

Para que servem as glândulas

A glândula de Skene é responsável por produzir e liberar um líquido incolor ou esbranquiçado e viscoso pela uretra durante o contato íntimo quando as glândulas são estimuladas, resultando na ejaculação feminina.

O líquido ejaculado não tem relação com a lubrificação vaginal, porque a lubrificação ocorre antes do orgasmo e é produzida pelas glândulas de Bartholin, enquanto que a ejaculação acontece no clímax do contato íntimo e o líquido é liberado através do canal da uretra.

Saiba mais sobre a lubrificação produzida pela glândula de Bartholin.

Principais sintomas de inflamação

A inflamação da glândula de Skene pode ocorrer devido a uma obstrução dos canais da glândula, que faz com que o líquido em vez de ser liberado fique acumulado e forme um cisto, que provoca sintomas como:

  • Dor constante ou ao urinar;
  • Inchaço da região íntima;
  • Presença de um pequeno nódulo perto da uretra.

Na maior parte dos casos o cisto da glândula de Skene apresenta um tamanho menor que 1 cm e, por isso, produz poucos sintomas. No entanto, quando cresce muito pode gerar os sintomas indicados e até obstruir a uretra, dificultando a saída de urina.

Os sintomas deste tipo de cisto também podem ser confundidos com uma infecção urinária. Dessa forma, sempre que surgir algum tipo de dor ou desconforto persistente na região íntima é muito importante consultar um ginecologista, para identificar a causa e iniciar o tratamento mais adequado.

Além da inflamação, o cisto pode infeccionar, dando origem a um abcesso, que é caracterizada pela presença de pus e normalmente está relacionada com a presenta do parasita Trichomonas vaginalis, responsável pela tricomoníase. Neste caso, e quando o cisto é grande, a mulher pode ter febre, dor durante o contato íntimo, ao sentar, ao caminhar e urinar, sensação de uma bola na vagina e saída de pus, podendo desenvolver também retenção urinária ou uma infecção urinária.

Como é feito o tratamento

O tratamento para cisto na glândula de Skene deve ser orientado por um ginecologista, mas geralmente é iniciado com remédios analgésico e anti-inflamatórios, como Ibuprofeno ou Paracetamol, para aliviar a dor e reduzir o inchaço. No caso de haver sinais e sintomas de infecção, o médico também pode recomendar o uso de antibióticos, como Amoxicilina, por exemplo, além de ser necessário remover o pus presente no cisto, sendo isso feito por meio de um pequeno corte cirúrgico.

Nos casos mais graves, em que não é possível aliviar os sintomas do cisto apenas com medicação, o ginecologista pode recomendar a cirurgia para retirar a glândula de Skene.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem