Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Gastrosquise, sintomas e tratamento

A gastrosquise é uma mal formação congênita caracterizada pelo não fechamento completo da parede abdominal, perto do umbigo, fazendo com que o intestino fique exposto e em contato com o líquido amniótico, o que pode resultar em inflamação e infecção, trazendo complicações para o bebê.

A gastrosquise é mais comum de acontecer em mães jovens e que fizeram uso, por exemplo, de aspirina ou bebidas alcoólicas durante a gravidez. Essa condição pode ser identificada ainda durante a gravidez, por meio da ultrassonografia realizada durante o pré-natal, e o tratamento é iniciado logo após o nascimento do bebê com o objetivo de prevenir complicações e favorecer a entrada do intestino e posterior fechamento da abertura abdominal.

O que é Gastrosquise, sintomas e tratamento

Sintomas de Gastrosquise

A principal característica da gastrosquise é a visualização do intestino para fora do corpo por meio de uma abertura próximo ao umbigo, geralmente no lado direito. Além do intestino podem ser observadas outros órgãos por meio dessa abertura que não se encontram revestidos por membrana, o que aumenta a chance de infecção e complicações.

As principais complicações da gastrosquise são o não desenvolvimento de parte do intestino, ruptura do intestino e perda de líquidos e nutrientes do bebê, fazendo com que tenha baixo peso.

Gastrosquise e Onfalocele

Tanto a gastrosquise quanto a onfalocele são má formações congênitas, que podem ser diagnosticadas ainda durante a gravidez por meio da ultrassonografia pré-natal e que são caracterizadas pela exteriorização do intestino. No entanto, o que difere a gastrosquise da onfalocele é o fato de que na onfalocele o intestino e os órgãos que também podem estar para fora da cavidade abdominal são recobertos por uma membrana fina, enquanto que na gastrosquise não há membrana envolvendo o órgão.

Além disso, na onfalocele o cordão umbilical fica comprometido e o intestino sai por meio de uma abertura na altura no umbigo, enquanto que na gastrosquise a abertura encontra-se próxima ao umbigo e não há comprometimento do cordão umbilical. Entenda o que é a onfalocele e como é feito o tratamento.

Principais causas

A gastrosquise é um defeito congênito, podendo ser diagnosticado durante a gravidez, por meio de exames de rotina, ou após o nascimento. Dentre as principais causas da gastrosquise estão:

  • Uso de aspirina durante a gravidez;
  • Baixo Índice de Massa Corporal da gestante;
  • Idade da mãe inferior a 20 anos;
  • Tabagismo na gestação;
  • Consumo frequente ou excessivo de bebidas alcoólicas durante a gravidez;
  • Infecções urinárias recorrentes.

É importante que as mulheres cujos filhos tiveram diagnóstico de gastrosquise sejam acompanhadas durante a gravidez para que sejam preparadas em relação à condição do bebê, tratamento após o nascimento e possíveis complicações.

Como é feito o tratamento

O tratamento para gastrosquise é feito logo após o nascimento, sendo normalmente indicado pelo médico o uso de antibiótico como forma de prevenir infecções ou combater infecções já presentes. Além disso, o bebê pode ser colocado em uma bolsa estéril para prevenir infecção por microrganismos resistentes, que são comuns em ambiente hospitalar.

Caso o abdômen do bebê seja grande o suficiente, o médico pode realizar uma cirurgia para colocar o intestino para dentro da cavidade abdominal e fechar a abertura. No entanto, quando o abdômen não é grande o suficiente, o intestino pode ser mantido protegido contra infecções enquanto que o médico acompanha o retorno do intestino para a cavidade abdominal naturalmente ou até que o abdômen possua capacidade de comportar o intestino, realizando a cirurgia em seguida.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem