Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Para que serve a gasometria arterial

A gasometria é um exame de sangue realizado no hospital, geralmente em pessoas internadas na UTI, que determina se é preciso usar o oxigênio extra e, também, ajuda no diagnóstico de doença ou infecções graves como infecção renal, por exemplo. Além disso, este exame é repetido durante o internamento para saber se o tratamento está tendo o efeito esperado.

Assim, basicamente esse exame serve para:

  • Verificar a função pulmonar: como em caso de insuficiência respiratórias, crise de asma ou bronquite;
  • Ajuda avaliar o pH e acidez do sangue: o que é útil para diagnosticar doenças como a insuficiência renal e a fibrose cística, por exemplo;
  • Avaliar se o metabolismo está funcionando corretamente: sendo útil para identificar doenças cardíacas, acidente vascular cerebral (AVC) ou diabetes tipo II, por exemplo;
  • Após cirurgias prolongadas como uma cirurgia cardíaca ou transplante de órgão, o médico pode pedir a gasometria para observar se os pulmões e os rins estão funcionando adequadamente;
  • É utilizado, também, em situações de overdose de drogas.

A realização deste exame não é comum, não sendo realizado em clínicas, em consultas de rotina, sendo apenas solicitado pelo médico em casos mais graves.

Como é feito o exame

Esse exame retira uma amostra de sangue da artéria do braço ou da perna que pode causar uma dor forte no local durante a sua realização e pressionar o local poderá aliviar o desconforto.

Este exame só não deve ser realizado em caso de doença arterial periférica grave porque pode dificultar a retirada do sangue, problemas de coagulação sanguínea ou se estiver tomando anticoagulante, neste caso o médico poderá solicitar outros exames para identificar as doenças que estão causando alterações respiratórias. 

Valores de referência e como entender o resultado do exame

Os valores normais do exame gasometria arterial são: 

  • pH : 7.35 - 7.45
  • Bicarbonato: 22 - 26
  • PCO2: 15 - 22

A tabela a seguir indica alguns exemplos de valores alterados da gasometria arterial:

pHBicarbonato PCO2EstadoCausas comuns
7.35 - 7.45baixobaixaacidose metabólicaInsuficiência renal, choque, cetoacidose diabética
7.35 - 7.45altoaltaalcalose metabólicaVômito crônico, hipocalemia
7.35 - 7.45altoaltaacidose respiratóriaDoenças pulmonares, como pneumonia, DPOC
7.35 - 7.45baixobaixaalcalose respiratóriaHiperventilação, dor, ansiedade

O exame de gasometria arterial é feito para determinar se a pessoa tem que usar oxigênio ou não, no entanto, esse exame não esclarece qual é a causa da doença e por isso o médico irá analisar o resultado do exame e poderá solicitar novos exames complementares como raio x, tomografias, outros exames de sangue, exames de urina para saber o que pode estar alterando o exame da gasometria e indicar o tratamento. 

Qual a diferença da gasometria arterial e venosa

A gasometria arterial determina os valores exatos da quantidade de oxigênio e se os rins e pulmões estão funcionando corretamente, o que ajuda no diagnóstico das doenças e infecções. 

Já a gasometria é utilizado como segunda opção quando não consegue fazer a coleta de sangue na artéria devido a situações como doença arterial periférica ou problemas de coagulação no sangue.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...