Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Gardnerella mobiluncus: o que é, sintomas e tratamento

A Gardnerella mobiluncus é um tipo de bactéria que, assim como a Gardnerella​ vaginalis sp.habita normalmente a região genital feminina da quase todas as mulheres. Entretanto, quando estas bactérias se multiplicam de forma desordenada, na maioria das vezes como consequência da diminuição do sistema imunológico, podem gerar uma infecção conhecida como vaginose bacteriana, que é uma infecção genital caracterizada pelo corrimento vaginal amarelado e de cheiro forte. 

Geralmente a bactéria Gardnerella mobiluncus é visualizada no exame de papanicolau, também conhecido como exame de colpocitologia, que coleta amostras de secreções e do tecido da região vaginal e do colo do útero, que podem demonstrar lesões ou a presença de bactérias sugestivas desta infecção.

Apesar de não ser considerada uma infecção sexualmente transmissível, essa bactéria pode ser transmitida por via sexual quando encontra-se em grandes quantidades, no entanto não costumam causar sinais ou sintomas no parceiro, no máximo sintomas de infecção urinária que são rapidamente solucionados.

Gardnerella mobiluncus: o que é, sintomas e tratamento

Sintomas de infecção por Gardnerella sp.

Os sintomas de infecção pela Gardnerella sp. são semelhantes aos de uma infecção urinária, podendo ser percebido:

  • Coceira na região genital;
  • Dor ao urinar;
  • Dor durante das relações íntimas;
  • Inflamação no prepúcio, glande ou uretra, no caso do homem;
  • Corrimento amarelado e com cheiro de peixe pobre, no caso da mulher.

Nas mulheres, o diagnóstico inicial é feito durante consulta ginecológica de rotina, em que é são verificados sintomas indicativos da infecção, principalmente a presença do corrimento vaginal e do cheiro característico. A confirmação é feita por meio do exame de Papanicolau, em que é feita uma pequena raspagem do útero que é enviada para laboratório para análise. Na presença de infecção por essa bactéria, normalmente é descrito no exame "presença de bacilos supracitoplasmáticos sugestivos de Gardnerella mobiluncus".

Em alguns casos, é possível que a pessoa tenha a infecção mas não apresente sinais ou sintomas. Nesses casos, a infecção é combatida pelo próprio organismo e sistema imunológico, quando este encontra-se equilibrado.

Como tratar

O tratamento para a infecção causada por Gardnerella mobiluncus​, quando existem sintomas,é feito com o uso de antibióticos, como Metronidazol, em forma de comprimidos, em dose única ou durante 7 dias consecutivos. 

Em alguns casos, o ginecologista pode recomendar para as mulheres o uso de creme vaginal por cerca de 5 dias. Veja mais sobre o tratamento para vaginose bacteriana.

Esta informação foi útil?

Sua opinião é importante! Escreva aqui como podemos melhorar o nosso texto:

Ficou alguma dúvida? Clique aqui para ser respondido.
Verifique o email de confirmação que lhe enviamos.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Enviar Mensagem