Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Febre aftosa: o que é, sintomas e tratamento

Fevereiro 2021

A febre aftosa em humanos é uma doença infecciosa rara, provocada por um vírus do gênero Aphthovirus e que pode surgir quando se consome leite não pasteurizado vindo de animais contaminados. Essa doença é mais comum em regiões rurais e as crianças, idosos e indivíduos com baixa imunidade são os mais susceptíveis à infecção.

A febre aftosa pode ser percebida por meio do aparecimento de lesões na pele, na boca e entre os dedos, além de febre alta e dores musculares, por exemplo.

A transmissão acontece principalmente por meio do contato direto com o animal infectado pelo vírus responsável pela doença, mas também pode acontecer por meio da ingestão de leite não pasteurizado, consumo de carne de um animal contaminado e contato com secreções como leite, sêmen, catarro ou espirro podem transmitir a febre aftosa para o ser humano.

Febre aftosa: o que é, sintomas e tratamento

Principais sintomas

Os sintomas da febre aftosa em humanos podem surgir até 5 dias depois do contato com o vírus, sendo os principais:

  • Inflamação da boca;
  • Lesões, tipo afta, na boca;
  • Feridas na pele e entre os dedos;
  • Febre alta;
  • Dores musculares;
  • Dor de cabeça;
  • Sede excessiva.

Os sintomas da febre aftosa geralmente diminuem ao fim de 3 ou 5 dias. Porém, nos casos mais avançados, a infecção pode originar outros problemas e atingir a garganta e pulmões, provocando complicações graves e até mesmo a morte.

O diagnóstico da febre aftosa é feito através do exame físico, avaliação das lesões na boca e por exame de sangue para detectar a presença de infecção.

Como é o tratamento

O tratamento para a febre aftosa em humanos não é específico, sendo normalmente recomendado o tratamento dos sintomas por meio do uso de medicamentos para aliviar as dores e baixar a febre, como por exemplo o Paracetamol, que deve ser usado a cada 8 horas.

Além dos medicamentos, recomenda-se limpar devidamente as feridas com água e sabão e passar uma pomada cicatrizante, pois pode favorecer a cura. O tempo de curso da doença é em média de 15 dias, havendo desaparecimento dos sintomas após este período.

Como acontece a transmissão

A transmissão do vírus responsável pela febre aftosa para humanos é rara, mas pode acontecer por meio do consumo de leite ou carne provenientes de animais contaminados, sem que tenham sidos realizados qualquer tipo de processamento do alimento. O vírus da febre aftosa normalmente só causa infecção em humanos quando o sistema imunológico encontra-se comprometido, uma vez que em condições normais, o organismo consegue combater o vírus.

Comer a carne de um animal contaminado com a febre aftosa não é o ideal, mas raramente isso pode causar a febre aftosa nos humanos, especialmente se a carne tiver sido congelada ou processada previamente.

Além disso, a transmissão da febre aftosa também pode acontecer quando a pessoa possui uma ferida aberta na pele e esta ferida entra em contato com as secreções do animal contaminado, como por exemplo fezes, urina, sangue, catarro, espirro, leite ou sêmen.

Assim, para prevenir a infecção pelo vírus da febre aftosa em humanos, é importante evitar o contato com animais infectados, tomar leite não pasteurizado e carne contaminada. Havendo suspeita de um surto de febre aftosa em animais próximos ao local de trabalho ou moradia do indivíduo, é recomendado o abate dos animais. Além disso, a febre aftosa não passa de pessoa para pessoa, e por isso não é necessário haver isolamento.

Esta informação foi útil?

Sua opinião é importante! Escreva aqui como podemos melhorar o nosso texto:

Ficou alguma dúvida? Clique aqui para ser respondido.
Verifique o email de confirmação que lhe enviamos.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem