Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dor de cabeça na testa: O que pode ser e o que fazer

A dor de cabeça é um sintoma muito comum, surgindo em vários momentos da vida por diversas razões. Um dos tipos de dor mais comuns é a dor de cabeça na região da testa, que pode se estender até à região das têmporas e causar um grande desconforto.

Embora na maior parte das vezes a dor de cabeça na testa esteja relacionada com o excesso de estresse e tensão, podendo melhorar apenas com algum repouso e uso de chás calmantes como a passiflora, a camomila ou a valeriana, também pode ser provocada por outros problemas de saúde um pouco mais sérios, como sinusite ou problemas de visão, que precisam de um tratamento mais específico.

Assim, sempre que a dor de cabeça causar preocupação ou durar mais de 3 dias sem qualquer sinal de melhora, é importante consultar um clínico geral ou ir no hospital, para tentar identificar a causa exata e iniciar o tratamento mais adequado.

Dor de cabeça na testa: O que pode ser e o que fazer

Confira, então, as principais causas para a dor de cabeça na testa:

1. Dor de cabeça tensional

A dor de cabeça tensional é muito frequente e surge devido a vários fatores que possam causar tensão no corpo, como ficar muito tempo sem comer, dormir mal ou praticar exercício físico por muito tempo.

Este tipo de dor de cabeça pode muitas vezes ser confundido com uma enxaqueca, pois provoca uma sensação de pressão intensa ao redor da testa, mas não é acompanhado de outros sintomas, como náuseas, latejamento ou sensibilidade à luz, que são mais comuns da enxaqueca.

O que fazer: normalmente a dor melhor com o repouso e relaxamento, por isso, uma boa opção pode ser optar primeiramente por um chá calmante, como o chá de camomila, passiflora ou valeriana. No entanto, se a dor não melhorar, também podem ser usados analgésicos como o Paracetamol ou a Aspirina, receitados por um médico. Confira algumas opções de chás calmantes e como preparar.

Outra boa solução consiste em fazer uma massagem na cabeça, por exemplo. Veja o passo a passo para fazer corretamente:

2. Cansaço dos olhos

Depois do acúmulo de tensão, o cansaço nos olhos é uma das causas mais frequentes para a dor de cabeça na testa, especialmente aquela que parece ficar sobre os olhos na forma de pressão ou peso.

Este tipo de dor de cabeça é mais comum após ficar muito tempo fazendo tarefas que demandem muita atenção, como ler ou utilizar o computador, assim como após períodos de muito estresse ou após ter estado sentado com má postura. Embora seja menos comum, este cansaço ocular também pode se dever a problemas de visão, como miopia ou astigmatismo, podendo ser um primeiro sinal de que é importante ir ao oftalmologista.

O que fazer: a melhor forma de evitar este tipo de dor de cabeça é fazer intervalos regulares nas tarefas que demandem mais atenção. No entanto, se a dor de cabeça já tiver aparecido é importante repousar com os olhos fechado e alongar o pescoço, por exemplo. Se a dor for muito frequente ou se não melhorar, pode indicar um problema de visão e, aí, é aconselhado consultar um oftalmologista.

3. Sinusite

A dor de cabeça na região da testa é também muito conhecida por quem sofre recorrentemente com sinusite, devido à inflamação dos seios nasais. Por isso, também é muito comum que a dor de cabeça seja acompanhada da sensação de peso em redor dos olhos, assim como outros sintomas típicos de sinusite, como:

  • Coriza;
  • Nariz entupido;
  • Febre baixa;
  • Cansaço excessivo.

Este tipo de causa é mais comum durante o inverno, devido a gripes e resfriados, mas também pode acontecer na primavera, especialmente em pessoas que têm alergias frequentes.

O que fazer: uma boa forma de aliviar a dor de cabeça causada por a sinusite é fazer uma lavagem nasal com soro fisiológico, para esvaziar os seios nasais e aliviar a inflamação, e aplicar compressas mornas sobre o rosto. No entanto, quem sofre com sinusite frequente também deve consultar o médico para identificar a causa e iniciar o tratamento com um remédio específico.

Dor de cabeça na testa: O que pode ser e o que fazer

4. Cefaleia em salvas

Embora seja um causa bem mais rara, a cefaleia em salvas também pode causar um dor muito intensa e repentina na região da testa, que pode até acabar se estendendo ao redor da cabeça, como se fosse uma fita. Este tipo de dor de cabeça pode durar vários minutos ou várias horas e, normalmente, surge por vários dias, podendo-se ter mais do que 1 episódio por dia.

Ainda não se conhecem as causas específicas da cefaleia em salvas, mas normalmente existe mais do que uma pessoa afetada na família.

O que fazer: normalmente a cefaleia em salvas só consegue ser aliviada com o uso de remédios, como a sumatriptana, sendo por isso indicado consultar um clínico geral ou neurologista.

5. Arterite temporal

Este tipo de arterite, também conhecido como arterite das células gigantes, causa uma inflamação das artérias externas que transportam o sangue para o cérebro. Essas artérias passam na região das têmporas e, por isso, podem causar uma dor de cabeça que é sentida principalmente na testa.

A dor da arterite temporal tende a ser intensa e surge recorrentemente, sendo acompanhada de outros sintomas como:

  • Dor que piora ao mastigar ou falar;
  • Dificuldade para enxergar corretamente;
  • Cansaço excessivo.

Este tipo de causa é mais comum em pessoas com mais de 50 anos e de raça negra.

O que fazer: como é um problema recorrente, a arterite temporal deve ser ser avaliada por um neurologista ou um angiologista, para que se inicie um plano de tratamento que evite seu surgimento frequente. Normalmente, o tratamento inclui o uso de corticoides para aliviar os sintomas.


Bibliografia

  • LONGO, Dan L. et al.. Medicina interna de Harrison. 18.ed. São Paulo: AMGH Editora, 2013. 120-122.
  • LONGO, Dan L. et al.. Medicina interna de Harrison. 18.ed. São Paulo: AMGH Editora, 2013. 2795-2796.
  • MEDICAL NEWS TODAY. What to know about frontal lobe headaches. Link: <www.medicalnewstoday.com>. Acesso em 30 Mai 2019
  • HEALTHLINE. What You Should Know About Frontal Lobe Headaches. Link: <www.healthline.com>. Acesso em 30 Mai 2019
Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem