Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como saber se é Legume ou Verdura

A grande diferença entre, frutas verduras e legumes se determina de acordo com a parte comestível da planta. As verduras, por exemplo, são aquelas em que a parte comestível são as folhas, flores ou hastes, e alguns como a alface, o repolho ou a couve.

Já os legumes são aqueles em que a parte comestível são frutos ou sementes, como feijão, lentilha, arroz, pimentão, laranja e abobrinha. Mas além dos legumes e das verduras, existe também o grupo das raízes, que é composto por vegetais em que a parte comestível cresce debaixo da terra, como o gengibre, o rabanete ou a cenoura.

Como saber se é Legume ou Verdura

Esses 3 grupos juntos formam as hortaliças, que fazem parte de uma dieta saudável da criança, do adulto e do idoso, para melhorar o funcionamento intestinal, a qualidade da pele, unhas e cabelo e inclusive para garantir a saúde e aumentar a capacidade intelectual.

Exemplos de Legumes e Verduras

Enquanto as verduras são mais fáceis de identificar, pois são folhas, flores ou hastes como alface, couve, brócolis e agrião, os legumes englobam um grupo maior, formado por 4 categorias:

  • Leguminosas: feijão, vagem, soja, ervilha, grão-de-bico, amendoim;
  • Cereais: arroz, trigo e milho;
  • Oleaginosas: castanha-de-caju, castanha-do-pará, nozes e amêndoas;
  • Frutas: laranja, maçã, banana, tangerina, etc.

É importante lembrar que uma alimentação saudável deve ser composta por todos os grupos das hortaliças, sendo importante consumir diferentes vegetais ao longo das semanas para garantir uma boa ingestão de vitaminas, minerais e fibras.

Como escolher os vegetais para a Sopa mais nutritiva

Para fazer uma sopa nutritiva, rica em antioxidantes e sem exagero nas calorias, algumas dicas são:

  1. Usar apenas 1 vegetal do grupo de raízes, leguminosas ou cereais: por exemplo, fazer a base da sopa com arroz, batata inglesa, batata doce ou feijão;
  2. Adicionar outras raízes que não são ricas em calorias, como cenoura, beterraba e rabanete;
  3. Adicionar verduras para trazer fibras para a sopa, como couve manteiga ou brócolis;
  4. Usar verduras e ervas aromáticas como temperos naturais para adicionar sabor à sopa ou qualquer preparação, como cebola, alho, folhas de louro e agrião.

Além disso, pode-se adicionar também uma fonte de proteína na sopa, como carne, frango ou peixe, sendo importante preferir cortes com pouca gordura ou frango sem pele, para que a gordura das carnes não passe para a sopa.

Veja a seguir como fazer uma sopa detox para perder peso e recuperar deslizes na dieta:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...