Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Porque é importante desintoxicar o corpo e como fazer

O grande objetivo de fazer uma dieta detox é reduzir ou eliminar o excesso de toxinas que se acumulam no organismo e que aceleram o processo de envelhecimento, além de também poder causar inchaço, dificultar o processo de emagrecimento e até causar espinhas. Além disso fazer uma dieta detox a cada 3 meses é importante para melhorar a atividade mental e a concentração, porque limpa também as toxinas acumuladas no cérebro.

Essas toxinas que podem se acumular estão presentes em herbicidas usados na agricultura, e em corantes e adoçantes de alimentos, além de também serem produzidas naturalmente no organismo durante situações de stress.

Porque é importante desintoxicar o corpo e como fazer

As Dietas detox, normalmente tem muitos alimentos verdes, por causa da clorofila que acelera ainda mais a eliminação de toxinas do corpo ajudando a acabar com a gordura acumulada.

Porque o detox ajuda a emagrecer

Durante a perda de peso, substancias inflamatórias e hormônios que estavam dentro do tecido gorduroso passam a circular no sangue, devendo serem eliminadas para reduzir a inflamação no corpo e regular as alterações hormonais que ocorrem durante o emagrecimento.

Assim, à medida que se faz uma dieta de emagrecimento, é importante fazer períodos de dieta detox para limpar o organismo e favorecer a continuação da perda de peso. Além disso, a alimentação detox também pode ser usada para preparar o organismo para comer uma dieta para emagrecer. Veja como fazer uma dieta detox.

Quando o corpo acumula toxinas

Além de ser importante para ajudar a emagrecer, a alimentação detox também deve ser utilizada para eliminar toxinas que se acumulam em situações rotineiras como:

  • Consumir alimentos que foram produzidos com agrotóxicos inseticidas, herbicidas, antibióticos, hormônios e outros medicamentos para tratar os animais e as plantações;
  • Consumir bebidas alcoólicas;
  • Fumar;
  • Não praticar atividade física;
  • Passar por situações de grande estresse;
  • Ter problemas como diabetes ou obesidade, infecções ou passar por cirurgias;
  • Tomar remédios com hormônios, como anticoncepcional.

Nestes casos, a dieta detox ajuda a eliminar o excesso de toxinas do organismo, melhorando o metabolismo corporal, combatendo a retensão de líquidos e melhorando o funcionamento do intestino.

Detox e Exercício Físico

Durante a prática de exercício físico ocorre a construção de mais massa muscular, e durante esse processo é produzido ácido lático, a substância responsável por causar dor muscular após a atividade física.

Nestes casos, a dieta detox ajuda eliminar mais rapidamente o excesso de ácido lático e de outras substâncias inflamatórias produzidas durante o exercício, fazendo com que a recuperação muscular seja mais rápida, o que melhora o rendimento nos treinos.

Porque é importante desintoxicar o corpo e como fazer

Principais Alimentos Desintoxicantes

Os principais alimentos com propriedades desintoxicantes e que devem ser consumidos com regularidade são:

  • Spirulina, uma alga marinha rica antioxidantes;
  • Couve, por ser rica em substâncias anti-inflamatórias que ajudam no funcionamento dos rins;
  • Probióticos, como iogurtes naturais e kefir, que melhoram a flora intestinal e o sistema imunológico;
  • Sucos cítricos de limão, laranja, maracujá e abacaxi, por serem ricos em antioxidantes;
  • Água, por ajudar a eliminar as toxinas através da urina;
  • Gengibre, por ter forte ação antioxidante e anti-inflamatória;
  • Alho, por conter o poderoso antioxidantes alicina.

Além de aumentar o consumo desses alimentos, para que a dieta detox realmente funcione deve-se evitar o consumo de bebidas alcoólicas, doces, carnes vermelhas e processadas, como salsicha e linguiça, e frituras.

Confira estas dicas e muitas mais no vídeo seguinte:

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • EXAMINE.COM. Ginger. Disponível em: <https://examine.com/supplements/ginger/>. Acesso em 28 Abr 2020
  • GUAN Yong-Song; QING He. Plants Consumption and Liver Health. Evidence-Bases Complementary and Alternative Medicine. 9. 2015
  • Mansoreh Ghaeni et al. Review for Application and Medicine Effects of Spirulina, Spirulina platensis Microalgae. Journal of Advanced Agricultural Technologies. 3. 2; 114-117, 2016
  • EXAMINE.COM. Spirulina. Disponível em: <https://examine.com/supplements/spirulina/>. Acesso em 12 Jun 2019
  • ROKAYYA Sami; CHUN Li. Cabbage (Brassica oleracea L. var. capitata) Phytochemicals with Antioxidant and Anti-inflammatory Potential. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention. 14. 11; 6657-6662, 2013
  • TILG Herbert. Cruciferous vegetables: prototypic anti-inflammatory food components. Clinical Phytoscience. 10. 1; 1-6, 2015
  • HEMARAJATA Peera; VERSALOVIC Jaes. Effects of probiotics on gut microbiota: Mechanisms of intestinal immunomodulation and neuromodulation. Therapeutic Advances in Gastroenterology. 6. 1; 39-51, 2013
  • EXAMINE.COM. Garlic. Disponível em: <https://examine.com/supplements/garlic/>. Acesso em 28 Abr 2020
Mais sobre este assunto:

Carregando
...