Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dermatomiosite

A dermatomiosite é uma doença inflamatória rara que atinge músculos e pele, causando fraqueza muscular e lesões na pele. É mais comum em adultos, mas pode surgir em crianças com menos de 16 anos, sendo chamada de dermatomiosite infantil.

As causas da dermatomiosite são de origem autoimunes, que levam a que células de defesa do próprio corpo ataquem os músculos e provoquem a inflamação. Isto pode ser provocado por problemas genéticos, alguns medicamentos ou infecções virais.

Algumas vezes, a dermatomiosite está associada a câncer, podendo ser sinal de desenvolvimento de alguns tipos de cânceres como câncer de pulmão, mama, ovário ou próstata.

A dermatomiosite não tem cura, sendo por isso uma doença crônica. Porém, existe tratamento para controlar os sintomas da doença.

Sintomas da dermatomiosite

Os sintomas da dermatomiosite podem ser:

  • Fraqueza dos músculos dos braços, pernas e pescoço;
  • Aparecimento de manchas vermelhas na pele, principalmente nas articulações dos dedos, joelhos e joelhos;
  • Dor e inchaço das articulações;
  • Aparecimento de inchaço vermelho-púrpura em torno do olho, nas pálpebras;
  • Febre;
  • Cansaço;
  • Dificuldade em engolir;
  • Dores no estômago;
  • Vômitos;
  • Perda de peso.

Geralmente, os indivíduos com esta doença podem deixar de conseguir fazer as atividades diárias como andar, subir escadas ou levantar de uma cadeira. Alguns pacientes podem ter fraqueza da musculatura dos pulmões, provocando dificuldades em respirar. Nas fases mais avançadas da doença, podem ser atingidos outros órgãos como coração, pulmão ou rins, afetando o seu funcionamento e causando complicações graves.

O diagnóstico da dermatomiosite é feito através da avaliação dos sintomas da doença e exames como biópsia muscular, electromiografia ou testes de sangue para detetar presença de substâncias que indiquem destruição de músculos.

Fotos da dermatomiosite

Dermatomiosite
Dermatomiosite

Tratamento da dermatomiosite

O tratamento da dermatomiosite é feito de acordo com os sintomas apresentados pelos pacientes e pode ser feito com:

  • Corticoides como prednisona;
  • Imunossupressores como Metotrexano, Azatioprina ou Ciclofosfamida.

Estes remédios são tomados, geralmente, em doses elevadas e durante períodos prolongados e têm como ação diminuir o processo inflamatório e reduzir os sintomas da doença. Quando estes remédios não funcionam, é administrada imunoglobulina na veia dos pacientes.

A fisioterapia na dermatomiosite ajuda na melhoria dos sintomas musculares, prevenindo a paralisia do paciente e danos permanentes nos músculos ou rigidez articular.

Quando a dermatomiosite está associada ao câncer, o tratamento mais adequado é tratar o câncer, fazendo com que muitas vezes os sinais e sintomas da doença desapareçam.

Link útil:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...