Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode ser o corrimento branco na gravidez e o que fazer

Maio 2020

O corrimento branco durante a gravidez é comum e considerado normal, já que acontece devido às alterações que acontecem durante esse período. No entanto, quando o corrimento é acompanhado por dor ou ardor ao urinar, coceira ou mau cheiro, pode ser sinal de infecção ou inflamação da região genital, sendo importante consultar o ginecologista para que seja feito o diagnóstico e iniciado o tratamento adequado.

É importante que a causa do corrimento branco seja identificado e tratado, caso haja necessidade, para evitar complicações durante a gestação que possam colocar em risco a vida do bebê, ou infecção do bebê durante o parto, o que também pode interferir no seu desenvolvimento, em alguns casos.

O que pode ser o corrimento branco na gravidez e o que fazer

As principais causas de corrimento branco na gravidez são:

1. Alterações hormonais

O corrimento branco na gravidez acontece normalmente devido às alterações hormonais típicas desse período, não sendo motivo de preocupação para a mulher. Além disso, é normal que à medida que o útero é pressionado de acordo com o desenvolvimento da gestação a mulher note maior volume de corrimento.

O que fazer: Como o corrimento brando na gravidez e sem cheiro é normal durante a gravidez, não é necessário realizar qualquer tipo de tratamento. No entanto é importante que a mulher observe se há o aparecimento de outros sinais ou sintomas, e, caso surjam, consultar o médico para que seja feito o diagnóstico e iniciado o tratamento adequado.

2. Candidíase

A candidíase é uma infecção causada por fungos, na maioria das vezes Candida albicans, que causa além do corrimento branco, coceira intensa, vermelhidão e inchaço na região genital, além de também poder provocar queimação e dor ao urinar.

A candidíase na gravidez é uma situação frequente, pois as alterações hormonais que acontecem durante a gestação favorecem a proliferação desse microrganismo, que faz parte da microbiota normal da vagina.

O que fazer: É importante que a candidíase na gravidez seja tratada de acordo com a orientação do médico para evitar a infecção do bebê no momento do parto. Assim, pode ser indicado o uso de cremes ou pomadas vaginais como Miconazol, Clotrimazol ou Nistatina.

Saiba como identificar e tratar a candidíase na gravidez.

3. Colpite

A colpite é também uma situação que leva ao aparecimento de corrimento branco, semelhante à leite, que pode ser bolhoso e ter cheiro muito forte, e corresponde à inflamação da vagina e do colo do útero que pode ser causada por fungos, bactérias ou protozoários, principalmente o Trichomonas vaginalis.

O que fazer: É importante que a mulher vá ao ginecologista para que seja feita uma avaliação da vagina e do colo do útero e possa ser indicado o tratamento adequado e, assim, evitar que o bebê seja infectado ou que existam complicações durante a gravidez, podendo ser indicado pelo médico o uso de Metronidazol ou Clindamicina. Veja como é feito o tratamento para colpite.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem