Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como engravidar de alguém que fez vasectomia

A melhor forma para engravidar de alguém que tenha feito uma vasectomia é ter relações desprotegidas até 3 meses após o procedimento cirúrgico, pois durante este período alguns espermatozoides ainda podem sair durante a ejaculação, aumentando as chances de gravidez.

Após este período, as chances de gravidez são mínimas e se o casal realmente desejar engravidar, o homem deverá se submeter a uma nova cirurgia para reverter a vasectomia e fazer religação do canal deferente cortado.

No entanto, a cirurgia de religação pode não ser completamente eficaz, especialmente se o procedimento for feito 5 anos após a vasectomia, pois com o tempo o corpo passa a produzir anticorpos capazes de eliminar os espermatozoides quando são produzidos, diminuindo as chances de gravidez mesmo com a cirurgia de religação.

Como engravidar de alguém que fez vasectomia

Como é feita a cirurgia para reverter a vasectomia

Esta cirurgia é feita com anestesia geral no hospital e, normalmente, demora entre 2 a 4 horas, sendo que a recuperação também dura algumas horas. No entanto, a maior parte dos homens pode regressar a casa ainda no mesmo dia.

Embora a recuperação seja rápida, é necessário um período de 3 semanas antes de regressar às atividades diárias, incluindo o contato íntimo. Durante esse tempo, o médico pode receitar alguns remédios analgésicos e anti-inflamatórios, como Paracetamol ou Ibuprofeno, para aliviar o desconforto que pode surgir principalmente ao caminhar ou sentar.

A cirurgia para reverter a vasectomia tem maior chances de sucesso quando é feita nos 3 primeiros anos, sendo que mais de metade dos casos consegue voltar a engravidar.

Confira as dúvidas mais comuns sobre a vasectomia.

Opção para engravidar após a vasectomia

Nos casos em que o homem não pretende fazer a cirurgia de religação dos canais ou a cirurgia não foi eficaz para voltar a engravidar, o casal pode optar por fazer fertilização in vitro.

Nesta técnica os espermatozoides são colhidos, por um médico, diretamente do canal que ficou ligado ao testículo e depois são introduzidos numa amostra de óvulos, em laboratório, para formar embriões que depois são colocado dentro do útero da mulher, de forma a produzir uma gravidez.

Em alguns casos, o homem pode até deixar alguns espermatozoides congelados antes da vasectomia, para que possam ser utilizados mais tarde em técnicas de fertilização, sem ser necessário recolher diretamente do testículo.

Saiba mais sobre como funciona a técnica de fertilização in vitro.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem