Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como é feito o exame Papanicolau

O exame de papanicolau é feito no consultório médico de forma rápida e simples, não sendo necessário usar anestesia ou qualquer outro tipo de medicamento. Esse procedimento não dói, apenas pode causar um pequeno desconforto no momento em que o médico raspa o colo do útero.

O exame de papanicolau, que serve para diagnosticar inflamação vaginal, doenças sexualmente transmissíveis como o HPV e para identificar a presença de câncer de colo do útero, devendo ser realizado 1 vez por ano por mulheres que já iniciaram a sua vida sexual, especialmente as que têm entre 25 e 59 anos.

Como é feito o exame Papanicolau

O que acontece durante o exame

Durante o exame, o médico inicialmente observa se existe a presença de alguma alteração na parte externa da vagina, e em seguida inicia o papanicolau:

  1. É introduzido um pequeno instrumento chamado espéculo na vagina, para manter o canal vaginal aberto e permitir a observação do colo do útero;
  2. O ginecologista observa o interior da vagina e do colo do útero;
  3. O ginecologista usa uma espátula de madeira e uma escovinha para raspar parte do colo do útero;
  4. O material colhido guardado e levado para análise em laboratório.

Todo o procedimento dura cerca de 5 minutos, e a mulher deve retirar a roupa abaixo da cintura, ficando deitada na maca do ginecologista com as pernas afastadas. No caso de mulheres virgens, o médico utiliza um material especial que mantém a virgindade.

Após finalizada a consulta, a mulher não precisa ter cuidados especias, podendo fazer todas as suas atividades diárias normalmente. Em geral, o resultado demora cerca de 14 dias para estar pronto. Veja como entender os resultados do exame aqui.

Como se preparar para o Papanicolau

O preparo para o papanicolau é simples e inclui evitar relações íntimas mesmo com o uso de camisinha, evitar usar duchas para higiene íntima e evitar o uso de medicamentos ou anticoncepcionais vaginais nos 2 dias anteriores ao exame.

Além disso, a mulher também não pode estar menstruada, pois a presença de sangue pode alterar os resultados do exame.

Veja quando é necessário fazer outros exames para avaliar o colo do útero.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...