Teste de daltonismo (infantil e para adultos): quais são e como são feitos

Os testes de daltonismo tem como objetivo avaliar a capacidade da pessoa em distinguir várias tonalidades de cores, o que pode ser feito utilizando cartões, cápsulas coloridas e fios de lã, por exemplo. Apesar do teste das cores poder ser feito online, o diagnóstico do daltonismo deve ser confirmado pelo oftalmologista.

O daltonismo é uma alteração visual em que a pessoa não consegue distinguir muito bem as cores, principalmente o vermelho e o verde, o que pode ser devido a alterações genéticas ou ser consequência de lesões nas estruturas oculares. Conheça mais sobre o daltonismo.

Identificar o daltonismo na infância é importante para que a criança se sinta mais integrada na sala de aula aumentando o sucesso escolar. No caso do adulto, saber qual o seu próprio tipo de daltonismo ajuda a adotar estratégias para saber como combinar as cores na roupa ou na decoração, ou para saber diferenciar a maçã verde da vermelha, por exemplo.

Teste de daltonismo (infantil e para adultos): quais são e como são feitos

Os principais testes disponíveis que podem ser utilizados para ajudar no diagnóstico do daltonismo são:

1. Teste de Ishiara

O teste de Ishiara, também conhecido como exame de senso cromático, é um dos principais testes utilizados na investigação do daltonismo. Nesse teste, são apresentados à pessoa cartões com imagens circulares e que possuem pontilhados de várias tonalidades diferentes, sendo indicado que a pessoa diga qual número está observando.

A pessoa com daltonismo normalmente apresenta dificuldade para identificar o número presente nos cartões.

2. Teste de Farnsworth

O teste de Farnsworth é um teste mais preciso e tem como objetivo, além de identificar o daltonismo, avaliar o tipo e o grau da alteração.

Nesse teste, existem 4 bandejas contendo pequenos discos com cores variadas e com um disco de referência na extremidade. Assim, é solicitado que a pessoa organize os discos nas bandejas de acordo seguindo o disco de referência. As pessoas com daltonismo apresentam maior dificuldade para realizar essa atividade, podendo em alguns casos ter erros em todo o teste ou apenas em alguma cor, o que indica a gravidade do daltonismo.

3. Teste de lãs de Holmgreen

O teste de lãs de Holmgreen consiste em solicitar que a pessoa separe os fios de lã, que possuem cores primárias ou tonalidades ligeiramente diferentes, em uma ordem pré-determinada que será indicada pelo médico que está realizando o teste.

4. Eletroretinografia

A eletrorretinografia é um exame que pode ser realizado pelo oftalmologista e que tem como objetivo verificar a resposta elétrica do olho a estímulos luminosos, o que pode ser útil na detecção de outras alterações oculares, além do daltonismo.

Teste online para daltonismo

Os testes onlines podem ser realizados como "testes de diagnóstico preliminar", sendo importante que o diagnóstico seja confirmado pelo médico.

1. Teste online para adultos

Um dos testes que pode ser mais facilmente feito em casa para tentar identificar um caso de daltonismo é o teste Ishihara. Para isso deve-se observar a seguinte imagem:

Teste de daltonismo (infantil e para adultos): quais são e como são feitos

O que se deve observar nas imagens é:

  • Imagem 1: a pessoa com visão normal observa o número 7;
  • Imagem 2: deve-se observar o número 13 para indicar visão normal.

Embora este teste possa indicar o risco de alguém ter daltonismo, não serve para fazer o diagnóstico e, por isso, deve-se sempre consultar o médico.

2. Teste online infantil

O teste Ishihara infantil consiste em observar formas geométricas e caminhos, porque nem sempre as crianças conhecem os números, embora sejam capaz de vê-los.

Assim, para fazer o teste com a criança, deve-se pedir que observe as seguintes imagens por cerca de 5 segundos e que tente seguir os caminhos apresentados com o dedo.

Teste de daltonismo (infantil e para adultos): quais são e como são feitos

Quando a criança não consegue referir o que vê, nem consegue seguir as formas por cima da imagem, poderá indicar um caso de daltonismo e, por isso, é aconselhado consultar o pediatra e um oftalmologista.

Quando suspeitar de daltonismo

É possível suspeitar de daltonismo, normalmente, a partir dos 3 anos, que é mais ou menos a idade em que a criança começa a aprender as cores. Assim, em caso de daltonismo, a criança não consegue ou tem dificuldade para fazer a distinção. No entanto, o diagnóstico só é confirmado em crianças mais velhas, quando já consegue colaborar melhor com os testes, identificando melhor as figuras e os números do teste.

Assim, na suspeita de daltonismo, é importante que o oftalmologista seja consultado, pois assim são realizados testes que ajudam a confirmar o diagnóstico e podem ser indicadas estratégias que possam promover a qualidade de vida da pessoa.

Esta informação foi útil?
Mais sobre este assunto: