Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Como controlar a taquicardia (coração acelerado)

Para controlar rapidamente a taquicardia, mais conhecida como coração acelerado, é aconselhado respirar fundo por 3 a 5 minutos, tossir com força 5 vezes ou colocar compressa de água fria no rosto, pois isto ajuda a controlar os batimentos do coração.

A taquicardia acontece quando a frequência cardíaca, que são os batimentos do coração, fica acima de 100 bpm, alterando o fluxo de sangue e por isso pode estar acompanhada de cansaço, falta de ar e mal estar, porém, na maioria dos casos, não significa nenhum problema de saúde e pode estar relacionado a situações de ansiedade ou estresse, principalmente quando surgirem outros sintomas, como dor de cabeça e suor frio, por exemplo. Conheça outros sintomas de estresse.

No entanto, se a taquicardia durar mais de 30 minutos, acontecer durante o sono, por exemplo, ou quando a pessoa desmaia é necessário chamar ambulância no 192, pois neste caso, pode indicar algum problema no coração.

Como controlar a taquicardia (coração acelerado)

O que fazer para normalizar a frequência cardíaca

Algumas técnicas que podem ajudar a normalizar os batimentos cardíacos são:

  1. Ficar em pé e dobrar o tronco em direção às pernas;
  2. Colocar compressa gelada no rosto;
  3. Tossir com força 5 vezes;
  4. Assoprar soltando o ar lentamente com a boca semi-fechada 5 vezes;
  5. Respirar fundo, inspirando pelo nariz e deitando o ar pela boca lentamente 5 vezes;
  6. Fazer contagem dos números do 60 para o 0, de forma lenta e olhando para cima.

Após utilizar estas técnicas, os sintomas de taquicardia, que podem ser cansaço, falta de ar, mal estar, sensação de peso no peito, palpitações e fraqueza vão começar a diminuir, acabando por desaparecer após alguns minutos. Nestes casos, mesmo que a taquicardia esteja controlada é importante evitar alimentos ou bebidas que aumentem a frequência cardíaca, como chocolate, café ou bebidas energéticas, como Red Bull, por exemplo.

Caso a taquicardia dure mais de 30 minutos, ou a pessoa tenha dormência em um lado do corpo ou desmaie é recomendado ir ligar para o serviço de ambulância, no telefone 192, pois estes sintomas podem indicar alguma problema no coração, que requer um tratamento no hospital, que pode incluir o uso de remédios diretamente na veia.

Remédios para controlar a taquicardia

Se a taquicardia acontecer várias vezes no dia-a-dia é recomendado consultar um médico cardiologista que poderá solicitar exames como eletrocardiograma, ecocardiograma ou até mesmo holter de 24 horas para que a frequência cardíaca seja monitorada e esteja adequada para a idade da pessoa. Veja quais são os valores da frequência cardíaca normal para cada idade.

Após o médico analisar os exames, poderá indicar remédios para controlar a taquicardia, como amiodarona ou flecainida, normalmente são utilizados quando se tem uma doença que provoca taquicardia sinusal e, por isso, só devem ser tomados sob orientação de um médico.

No entanto, alguns remédios ansiolíticos, como o Xanax ou o Diazepam, podem ajudar a controlar a taquicardia, especialmente quando é provocada por situações de excesso de estresse. Normalmente, estes medicamentos são receitados pelo médico como SOS, especialmente em pessoas que têm ansiedade.

Tratamento natural para taquicardia

Algumas medidas naturais podem ser feitas para diminuir os sintomas da taquicardia e estas medidas estão relacionadas, principalmente, a mudanças no estilo de vida como evitar ingerir bebidas com cafeína e álcool e parar com o uso de cigarros, caso a pessoa fume. 

Além disso, é importante manter uma dieta saudável, com menos gordura e açúcar, fazer exercício físico, pois isto ajuda a liberar substâncias conhecidas como endorfinas que são responsáveis pela sensação de bem-estar. Também é necessário realizar atividades que reduzem o estresse e ansiedade, como meditação, por exemplo. Veja como se livrar do estresse.

Quando ir ao médico

É recomendado ir imediatamente ao pronto-socorro ou consultar o cardiologista quando a taquicardia:

  • Demora mais de 30 minutos para desaparecer;
  • Há sintomas como dor no peito que irradia para o braço esquerdo, formigamento, dormência, dor de cabeça ou falta de ar;
  • Surge mais de 2 vezes por semana.

Nestes casos, a causa da taquicardia pode estar relacionado a algum problema mais sério no coração e o tratamento deve ser orientado por um cardiologista.

Bibliografia >

  • HEALTH DIRECT. Tachycardia. Disponível em: <https://www.healthdirect.gov.au/tachycardia>. Acesso em 19 Fev 2020
  • UPTODATE. Patient education: Tachycardia (The Basics). Disponível em: <https://www.uptodate.com/contents/tachycardia-the-basics?search=Tachycardia&topicRef=936&source=see_link>. Acesso em 19 Fev 2020
  • GOPINATHANNAIR, Rakesh; OLSHANSKY, Brian. Management of tachycardia. F1000Prime Rep. Vol.7, n.60. 1-5, 2015
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem