Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode causar taquicardia

A taquicardia, que é o aumento da frequência cardíaca acima dos 100 batimentos por minuto, normalmente é causada por situações como susto ou exercício físico intenso e, na maioria das vezes é uma resposta normal do organismo.

No entanto, a taquicardia também pode estar relacionada com doenças cardíacas, doenças pulmonares ou alterações da tiroide, como arritmia, embolismo pulmonar ou hipertiroidismo, por exemplo.

Geralmente, a taquicardia causa sintomas como a sensação do coração estar batendo muito rápido e falta de ar, por exemplo e, na maioria dos casos, passa espontaneamente, porém, quando ocorre com frequência ou está associada a outros sintomas, como febre ou desmaio, é necessário ir no médico para o paciente ser avaliado e fazer o tratamento mais adequado à sua causa.

Causas de taquicardia

A taquicardia pode ser uma resposta normal do organismo a situações como:

  • Dor intensa;
  • Estresse ou ansiedade;
  • Ataques de pânico ou fobias;
  • Exercício físico intenso;
  • Emoções fortes, como susto, sensação de felicidade ou medo intenso; 
  • Efeito secundário de alimentos ou bebidas, como chá, café, álcool ou chocolate;
  • Consumo de bebidas energéticas;
  • Uso de tabaco.

No entanto, quando é acompanhado de outros sintomas como febre, sangramento, excesso de cansaço, inchaço das pernas, pode ser um dos sintomas de doenças, como hipertiroidismo, pneumonia, arritmia, doença coronariana, insuficiência cardíaca ou tromboembolismo pulmonar. Leia mais sobre as causas em: O que pode alterar e o que fazer para normalizar a frequência cardíaca

Tipos de taquicardia

A taquicardia pode ser classificada como sendo:

Localização do coraçãoLocalização do coração
Constituição do coraçãoConstituição do coração
  • Taquicardia sinusal: é a que se origina no nó sinusal, que são células específicas do coração;
  • Taquicardia ventricular: é a que se origina no ventrículo, que é a parte de baixo do coração;
  • Taquicardia atrial: é a que se origina no átrio, que se localiza na parte de cima do coração.

Apesar de existirem vários tipos de taquicardia, todas elas causam sintomas semelhantes, sendo, por isso, necessário fazer um eletrocardiograma, análises de sangue, ecocardiograma ou angiografia coronária para diagnosticar o problema com exatidão.

​​Sintomas de taquicardia

Os sintomas mais comuns de taquicardia incluem:

  • Batimento cardíaco acelerado que pode ser sentido no peito;
  • Tonturas e vertigens;
  • Sensação de desmaio;
  • Palpitações cardíacas;
  • Falta de ar e cansaço.

Normalmente, quando a taquicardia é causada por uma doença estão também presentes os sintomas específicos da doença.

Além disso, pacientes que apresentam taquicardia ou sintomas de palpitações frequentes devem procurar um cardiologista em busca de uma causa e, se preciso, de um tratamento ou orientação.

Como tratar a taquicardia

O tratamento e a duração da taquicardia dependem da sua causa, sendo que quando surge devido a situações normais, como estresse ou medo por exemplo, deve-se respirar fundo ou colocar água fria no rosto, para acalmar. Veja outras dicas em: Como controlar a taquicardia.

Já quando a taquicardia é provoca por problemas cardíacos, pode ser necessário tomar remédios, como digitálicos ou beta-bloqueadores dos canais de cálcio indicados pelo médico e, em casos mais graves, pode ser necessário fazer cirurgias, como bypass ou reconstrução ou substituição das válvulas cardíacas.

Leia também:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...