Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é manobra de Valsalva, para que serve e como fazer

A manobra de Valsalva é uma técnica em que se prende a respiração, segurando o nariz com os dedos e, em seguida, é necessário forçar a saída de ar, fazendo pressão. Esta manobra pode ser feita facilmente, mas pessoas com pressão nos olhos e problemas na retina não devem realizar este tipo de teste. Em alguns casos, pode ser solicitada a realização desta manobra durante um exame no coração, para que seja avaliada a insuficiência cardíaca ou presença de sopros cardíacos.

Esta manobra é muito utilizada em situações em que o ouvido fica tampado, pois facilita a saída de ar pelos ouvidos aliviando a sensação de estar entupido e também pode ser aplicada para ajudar a reverter problemas do coração, como taquicardia ventricular, por exemplo, pois auxilia no relaxamento no coração auxiliando a regular os batimentos cardíacos. Saiba mais o que é taquicardia ventricular e como tratar.

O que é manobra de Valsalva, para que serve e como fazer

Para que serve

A manobra de Valsalva é um teste realizado através da pressão causada ao prender a respiração e forçar a saída de ar e pode ser utilizada em várias situações, como:

  • Avaliar a ocorrência de insuficiência cardíaca;
  • Identificação de sopros no coração;
  • Reverter arritmias cardíacas;
  • Detectar pontos de sangramento após cirurgia de tireoide;
  • Auxilar diagnóstico de varicocele e hérnias.

A técnica utilizada nesta manobra pode ajudar a desentupir o ouvido nos casos em que fica a sensação de estar entupido, durante um voo, principalmente nos momentos de decolagem ou pouso. Para diagnóstico de problemas de saúde esta manobra somente deve ser feita em um laboratório, ao realizar um exame e com supervisão de um médico.

Como deve ser feita

Para a realização da manobra de Valsalva deve-se primeiro manter-se sentado ou deitado, respirando profundamente e em seguida, é necessário fechar a boca, apertar o nariz com os dedos e forçar a saída de ar, não deixando-o escapar. Ao final do teste, precisa-se manter a pressão entre 10 a 15 segundos.

A técnica realizada para fazer esta manobra é parecida com situações do dia-a-dia, como forçar para evacuar ou tocar algum instrumento de sopro, como saxofone.

Fases da manobra de Valsalva

A manobra de Valsalva ajuda a reverter problemas cardíacos, como as arritmias, e pode-se ouvir melhor alguns sopros cardíacos, pois durante a realização da técnica ocorrem mudanças no corpo que são divididas em quatro fases:

  • Fase I: o inicio da pressão provocada pelo ato de prender a respiração faz com que haja um aumento transitório da pressão arterial, pois neste momento ocorre um esvaziamento de sangue das veias grandes, reduzindo a circulação de sangue nos pulmões;
  • Fase II: a pressão dentro do tórax faz com que o retorno de sangue para o coração diminua, mantendo a pressão arterial em queda, porém com aumento dos batimentos cardíacos;
  • Fase III: é o momento em que se está finalizando a manobra, sendo que ocorre um relaxamento dos músculos do tórax e a pressão arterial cai um pouco mais;
  • Fase IV: nesta fase o sangue retorna normalmente ao coração, regulando o fluxo sanguíneo e a pressão arterial sobe um pouco.

Estas fases ocorrem rapidamente e não são observadas facilmente ao realizar a manobra, mas pode-se sentir os efeitos do teste, principalmente se a pessoa tem tendência a ter hipotensão, que são picos de pressão baixa. Veja o que fazer quando a pressão está baixa.

Quais são os riscos

A manobra de Valsalva não é indicada para pessoas que têm problemas na retina, que é a camada que reveste o olho, e nem em pessoas que tem implantes de lentes oculares, pressão intraocular elevada ou cardiopatia congênita, pois as mudanças de pressão arterial durante a realização da manobra podem piorar o quadro destas condições.

Além disso, a realização da manobra de Valsalva pode provocar dor no peito, desregular os batimentos do coração e causar episódios de síncope vasovagal, caracterizada pela perda súbita de consciência e desmaio. Confira mais o que é síncope vasovagal e como tratar.

Bibliografia >

  • MINATEL, Vinicius et al. Avaliação da frequência cardíaca à medida de pressão expiratória máxima estática e à manobra de Valsalva em jovens saudáveis. Rev. bras. fisioter. vol.16 no.5 São Carlos Sept./Oct. 2012. Vol.16, n.5. 406-413, 2012
  • VALSALVA MANEUVER. FAIRVIEW. Disponível em: <https://www.fairview.org/patient-education/116685EN>. Acesso em 05 Fev 2020
  • STATPEARLS PUBLISHING. Valsalva Maneuver. 2019. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK537248/>. Acesso em 05 Fev 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem