Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Epidemia: o que é, como conter e diferença entre endemia, epidemia e pandemia

A epidemia pode ser definida como sendo a ocorrência de uma doença em uma região com número de casos superior ao que é normalmente esperado. As epidemias podem ser caracterizadas como doenças de início repentino e que se espalham rapidamente atingindo o maior número de pessoas.

Para controlar a epidemia de alguma doença infecciosa, é importante que os casos sejam notificados ao órgão de saúde para que medidas possam ser tomadas a fim de evitar a propagação da doença para outros locais. Algumas das estratégias que podem ser adotadas para conter uma epidemia é evitar viajar e frequentar ambientes fechados e com maior concentração de pessoas, como shoppings, cinema e restaurantes.

As epidemias se complicam quando a doença fica fora de controle, se espalhando para outros locais ou países devido às deslocações e viagens de avião ou falta de higiene adequada, passando a ser denominada pandemia, que é considerada mais grave devido à facilidade e a rapidez de transmissão.

Epidemia: o que é, como conter e diferença entre endemia, epidemia e pandemia

Como conter uma epidemia

Para conter uma epidemia é importante seguir as recomendações das Instituições de Saúde, que podem variar de acordo com a doença e sua forma de transmissão. As principais ações que devem ser feitas são:

  1. Informar ao hospital ou serviço de saúde de algum caso suspeito de infecção por uma doença;
  2. Informar ao hospital quando se esteve em contato com alguém que desenvolveu uma doença e evitar o contato com indivíduos saudáveis até confirmar que não adquiriu a doença;
  3. Lavar as mãos antes e após as refeições, depois de usar o banheiro, após espirrar, tossir ou mexer no nariz e sempre que as mãos estiverem sujas;
  4. Utilizar luvas e máscaras sempre que for necessário entrar em contato com secreções corporais de outra pessoa e/ ou feridas;
  5. Evitar tocar em superfícies comuns de espaços públicos, como corrimões, botões do elevador ou maçanetas das portas;

Além disso, para não adquirir a doença durante uma epidemia, é importante evitar idas desnecessárias ao hospital, serviço de saúde, pronto-socorro ou farmácias, assim como tomar a vacina contra a doença, caso exista. No entanto, algumas doenças, como o Ebola ou a Cólera, não possuem vacinas capazes de evitar o desenvolvimento das doenças e, nesses casos, prevenir o contágio é a melhor forma de evitar uma epidemia. Saiba como evitar doenças infecciosas.

Diferença entre Endemia, Epidemia e Pandemia

Endemia, epidemia e pandemia são termos que descrevem a situação epidemiológica de determinada doença em uma região ou no mundo. O termo endemia refere-se à frequência de determinada doença e normalmente descreve uma doença que está restrita a apenas uma região e que é influenciada por fatores climáticos, sociais, higiênicos e biológicos. As doenças endêmicas normalmente são sazonais, ou seja, sua frequência pode variar de acordo com a época do ano. Entenda o que é endemia e quais as principais doenças endêmicas. 

Por outro lado, as doenças epidêmicas são aquelas que atingem uma proporção maior e que espalham-se rapidamente independente da época do ano. Quando uma doença epidêmica atinge outros continentes, passa a ser pandemia, em que a doença infecciosa espalha-se de forma descontrolada para vários locais, havendo difícil controle. Veja mais sobre pandemia.

Bibliografia >

  • UNA-SUS. Epidemiologia - Conceitos e aplicabilidade no Sistema Único de Saúde. 2017. Disponível em: <http://www.unasus.ufma.br/site/files/livros_isbn/isbn_epidemio01.pdf>. Acesso em 18 Jun 2019
  • NESCON/ UFMG. Endemias e Epidemias: dengue, leishmaniose, febre amarela, influenza, febre maculosa e leptospirose. 2012. Disponível em: <https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/imagem/3285.pdf>. Acesso em 18 Jun 2019
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Guia para Investigação de Surtos ou Epidemias. 2018. Disponível em: <http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2018/novembro/21/guia-investigacao-surtos-epidemias-web.pdf>. Acesso em 18 Jun 2019
  • WORLD HEALTH ORGANIZATION. Epidemiologia básica. 2010. Disponível em: <https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/43541/9788572888394_por.pdf?sequence=5&isAllowed=y>. Acesso em 18 Jun 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem