Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Colangiografia: o que é para que serve e como é feita

A colangiografia é um exame de raio X que serve para avaliar as vias biliares, e que permite visualizar o trajeto da bile desde o fígado até ao duodeno.

Muitas vezes este tipo de exame é feito durante a cirurgia às vias biliares para retirar uma pedra da vesícula, por exemplo, mas também pode ser indicado pelo médico para ajudar no diagnóstico de outros problemas relacionados com as vias biliares, como:

  • Obstrução dos ductos biliares;
  • Lesões, estenoses ou dilatação dos ductos;
  • Tumor na vesícula.

Além disso, caso seja encontrada uma obstrução dos ductos biliares, o médico pode, durante o exame, retirar o que está causando a obstrução, provocando uma melhora quase imediata dos sintomas.

Colangiografia: o que é para que serve e como é feita

Como é feito o exame

Existem vários tipos de colangiografia que podem ser solicitados de acordo com a suspeita do médico. Dependendo do tipo, a forma de fazer o exame pode ser um pouco diferente:

1. Colangiografia endovenosa

Este método consiste em administrar um contraste na corrente sanguínea, que depois será eliminado pela bile. Depois disto, são obtidas imagens de 30 em 30 minutos, o que vai permitir estudar o trajeto do contraste ao longo dos ductos biliares.

2. Colangiografia endoscópica

Nesta técnica, uma sonda é introduzida desde a boca até ao duodeno, onde é administrado o produto de contraste e de seguida é feito um raio-X ao local do contraste. 

3. Colangiografia intra-operatória

Neste método, o exame é feito durante a cirurgia de remoção da vesícula biliar, chamada de colecistectomia, em que é administrado um produto de contraste e realizados vários raios-X. 

4. Colangiografia por ressonância magnética

Esta técnica é realizada após a cirurgia de remoção da vesícula, tendo como objetivo avaliar os ductos biliares depois da remoção, de forma a identificar possíveis complicações que possam ser provocadas por cálculos residuais não detectados durante a cirurgia.

Como se preparar para o exame

O preparo para a colangiografia pode variar de acordo com o tipo de exame, no entanto, os cuidados gerais incluem:

  • Fazer jejum de 6 a 12 horas;
  • Beber apenas pequenos goles de água até 2 horas antes do exame;
  • Informar o médico sobre o uso de medicamentos, especialmente aspirina, clopidogrel ou varfarina.

Em alguns casos, o médico também pode pedir a realização de um exame de sangue até  2 dias antes do exame.

Possíveis efeitos colaterais

Embora não seja muito frequente, existem alguns efeitos colaterais que podem ocorrer devido à execução deste exame como danos nos ductos biliares, pancreatite, hemorragia internas ou infecção.

Após a colangiografia, caso surjam sintomas como febre acima de 38,5ºC ou dor abdominal que não melhora, é aconselhado ir ao hospital.

Quando o exame não deve ser feito

Apesar desse exame ser considerado seguro, não é recomendado para pessoas que possuem hipersensibilidade ao contraste, infecção do sistema biliar ou que tenham níveis elevados de creatinina ou de ureia. Nesses casos, o médico pode indicar a realização de outro exame para avaliar as vias biliares.

Bibliografia >

  • Anderson Fernandes Morais (organização). Curso Didático de Radiologia. Vol. 2. São Caetano do Sul, SP: Yendis Editora, 2012. 89-94.
  • CANCER RESEARCH UK. Cholangiography. Disponível em: <https://www.cancerresearchuk.org/about-cancer/gallbladder-cancer/getting-diagnosed/tests-diagnose/cholangiography>. Acesso em 30 Out 2020
  • Maria Justina Ascensão Carvalho. Qualidade de Imagem na Colangio-pancreatografia em Ressonância Magnética apos Consumo de Chá Preto. Trabalho de conclusão no Mestrado em Radiações Aplicadas às Tecnologias da Saúde, 2018. Instituto Politecnico de Lisboa.
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem