Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode ser coceira no pé e o que fazer para acabar com ela

Na maioria dos casos a coceira nos pés é causada pelo ressecamento da pele, especialmente durante o inverno. No entanto, outra causa muito comum é o desenvolvimento excessivo de fungos, também conhecido por micose, que pode ser tratada com pomadas antifúngicas aconselhadas por um médico de família ou dermatologista.

A coceira nos pés pode ainda ser causada por problemas menos comuns como alergia, psoríase ou má circulação por exemplo, podendo manifestar-se outros sintomas que ajudam a identificar o problema e a definir o tratamento mais adequado, que vai depender daquilo que está na origem da coceira.

1. Pele seca

O que pode ser coceira no pé e o que fazer para acabar com ela

A pele do pé pode ficar seca facilmente porque nesta região não existem glândulas sebáceas e além disso as pessoas costumam descuidar a hidratação neste local. Esta secura pode provocar coceira intensa e persistente se não for tratada.

O que fazer: o tratamento da secura da pele é simples e consiste em passar cremes hidratantes nos pés diariamente depois do banho. O ideal é optar por cremes muito nutritivos e com ureia ou ácido salicílico na sua constituição que ajudam a remover a pele morta.

2. Neuropatia periférica

O que pode ser coceira no pé e o que fazer para acabar com ela

A neuropatia periférica consiste num conjunto de alterações que ocorrem nos nervos do corpo, provocando sintomas como dor, formigamento, falta de força, sensibilidade em regiões específica do corpo e coceira. Geralmente, esta doença é causada pela diabetes melitos, lepra, desnutrição grave ou doenças autoimunes.

O que fazer: o tratamento é feito de acordo com as necessidades de cada pessoa. Podem ser receitados analgésicos para o controle da dor, como a dipirona e o paracetamol, e remédios para ajudar na disfunção sexual, como sildenafil ou tadalafil. Além disso, também se pode recorrer à fisioterapia para reabilitar as áreas afetadas.

3. Psoríase

O que pode ser coceira no pé e o que fazer para acabar com ela

A psoríase é uma doença de pele que causa sintomas  como manchas vermelhas, escamas secas, pele ressecada, coceira e dor Veja mais sobre esta doença.

O que fazer: a psoríase não tem cura, mas pode ser tratada com cremes e pomadas para a pele e com remédios imunossupressores e anti-inflamatórios, podendo também ser recomendados tratamentos com luz ultravioleta.

4. Pé de atleta

O que pode ser coceira no pé e o que fazer para acabar com ela

O pé de atleta, também conhecido por tinha pedis ou frieira, é um tipo de micose da pele causada pelos fungos Trichophyton, Mycrosporon ou Epidermophyton, que afeta principalmente regiões na sola e entre os dedos do pé, provocando coceira intensa e descamação.

O que fazer: o tratamento consiste na aplicação de cremes ou pomadas antifúngicas, como o clotrimazol ou miconazol. Caso não seja suficiente, pode ser necessário tomar comprimidos de itraconazol ou fluconazol durante cerca de 3 meses. Também é necessário cuidados com a higiene dos pés e evitar a umidade, porque pode piorar o quadro e prolongar o tratamento.

5. Bicho-de-pé

O que pode ser coceira no pé e o que fazer para acabar com ela

O bicho-de-pé é um pequeno parasita chamado Tunga penetrans, que entra na pele, principalmente nos pés, onde se desenvolve rapidamente causando sintomas como dor, coceira e vermelhidão. Veja como identificar o bicho-de-pé.

O que fazer: para tratar esta infecção, o parasita da pele tem que ser removido num posto de saúde. Além disso, podem ser usados cremes à base de cânfora ou vaselina salicilada de forma a facilitar o tratamento, ou se houverem muitas lesões recomenda-se o uso antiparasitários, como o tiabendazol ou ivermectina.

6. Síndrome mão-pé-boca

O que pode ser coceira no pé e o que fazer para acabar com ela

A síndrome mão-pé-boca é uma doença muito contagiosa, causada pelo vírus , provocando sintomas como febre alta, dor de garganta, falta de apetite, surgimento de aftas na boca e de pequenas bolhas ou manchas nas mãos e nos pés, que podem causar coceira intensa. Saiba como identificar esta síndrome.

O que fazer: o tratamento consiste na administração de remédios para a febre e anti-inflamatórios para dor, remédios para a coceira e pomadas para as aftas de forma a aliviar os sintomas.

7. Alergia

O que pode ser coceira no pé e o que fazer para acabar com ela

A alergia na pele caracteriza-se por uma reação inflamatória que pode manifestar-se em diferentes regiões da pele, podendo ser provocada por alimentos, cosméticos, medicamentos, sol ou picadas de inseto, por exemplo, e causar sintomas como coceira, vermelhidão, descamação, irritação e presença de manchas ou bolinhas avermelhadas ou brancas.

O que fazer: geralmente o tratamento é feito com anti-histamínicos como a loratadina ou a cetirizina, ou com corticoides como a betametasona, que servem para tratar os sintomas da alergia, e parar o uso do causador da alergia.

8. Má circulação

O que pode ser coceira no pé e o que fazer para acabar com ela

A má circulação consiste na dificuldade do sangue passar pelas veias, provocando sintomas como mãos frias, inchaço nos pés, sensação de formigamento e coceira nos pés e nas pernas e dor nas pernas com o aparecimento de varizes.

Este problema é mais frequente em mulheres, podendo tornar-se mais intensa na gravidez e provocar inchaço acentuado nos pés. Saiba como diminuir o inchaço dos pés na gravidez.

O que fazer: para melhorar a circulação sanguínea deve-se praticar exercício físico com frequência, usar meias de compressão elásticas, evitar ficar muito tempo sentado ou de pé, reduzir o consumo de sal e manter um peso ideal.

9. Disidrose

O que pode ser coceira no pé e o que fazer para acabar com ela

A disidrose provoca o surgimento de pequenas bolhas cheias de líquido claro nas palmas das mãos ou planta dos pés, principalmente na lateral dos dedos, que causam coceira intensa, podendo durar até 3 semanas. É mais comum no verão, com o aumento da temperatura, ou episódios de estresse emocional, e embora não se saiba ao certo o que está na sua origem, pensa-se que está associada à dermatite atópica e à dermatite de contato.

O que fazer: para tratar a disidrose, o dermatologista pode aconselhar a aplicação de cremes com corticoide como clobetasol ou metilprednisolona por exemplo, ou uso de comprimidos de corticoide quando os cremes e pomadas não apresentam resultados ou em casos muito extensos.

10. Larva Migrans

O que pode ser coceira no pé e o que fazer para acabar com ela

A larva migrans cutânea, também conhecida como bicho geográfico, é causada por um parasita que pode ser encontrado nos solos contaminados por fezes de cães ou gatos e penetrar pele, através de pequenos ferimentos, provocando muita coceira e uma lesão avermelhada e serpiginosa no local de entrada, principalmente pés, pernas e mãos.

O que fazer: o tratamento para larva migrans cutânea é feito com o uso de remédios antiparasitários, como Tiabendazol creme nas lesões pequenas, ou Albendazol ou Mebendazol orais, no caso de muitas lesões. Confira como identificar e tratar o bicho geográfico.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem