Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Saiba como eliminar as hemorroidas para acabar com a dor

Para remover as hemorroidas internas ou externas, pode ser necessário fazer uma cirurgia, que está indicada para os pacientes que mesmo depois de realizar um tratamento com remédios e dieta adequada, mantêm a dor, desconforto, coceira e sangramento, especialmente ao evacuar.

Existem várias técnicas para remover as hemorroidas, sendo a mais comum a hemorroidectomia, que é a técnica tradicional que é feita através de um corte. A recuperação demora entre 1 semana a 1 mês, sendo necessário ficar internado cerca de 2 dias no hospital e manter uma boa higiene da região intima durante o tempo de recuperação.

Saiba como eliminar as hemorroidas para acabar com a dor

Técnicas de cirurgia para remover hemorroidas

Algumas técnicas para fazer a remoção das hemorroidas internas ou externas, podem ser:

1. Hemorroidectomia

A hemorroidectomia é a cirurgia mais comum e envolve remover as hemorroidas através de um corte e é comum nas hemorroidas externas ou nas internas de grau 3 e 4. 

2. Técnica por THD

Esta técnica conhecida por dearterialização hemorroidária transanal, é feita sem cortes e consiste na sutura dos vasos sanguíneos que fornecem sangue à hemorroida, sendo comum nos graus 2, 3 e 4. Veja como é feita esta cirurgia.

3. Técnica PPH

A técnica por PPH é conhecida por hemorroidopexia com grampeador, que é uma forma de remover hemorroidas através de um anel que aperta a hemorroida e leva à morte das células, sendo um procedimento que não necessita suturas, é menos dolorosa e é feito em hemorroidas internas de graus 3 e 4, com pouco volume;

4. Laqueação com elástico

Este é um tratamento onde se aplica uma pequena banda elástica na base da hemorroida, o que vai interromper o transporte de sangue e provocar a sua morte, sendo comum no tratamento das hemorroidas de graus 2 e 3;

5. Escleroterapia

Nesta técnica é injetado nos vasos das hemorroidas um produto que provoca a morte dos tecidos, sendo utilizado para o tratamento das hemorroidas de grau 1 e 2. Saiba mais sobre este procedimento.

Além disso, também existem outros métodos que podem ser usados para remover as hemorroidas, como a coagulação por infravermelhos, crioterapia e laser, por exemplo e a escolha da técnica vai depender do tipo e do grau de hemorroida que se pretende tratar.

Saiba como eliminar as hemorroidas para acabar com a dor

Classificação do grau de hemorroidas internas

As hemorroidas internas são aquelas que se desenvolvem e permanecem no interior do ânus, podendo apresentar diferentes graus, como:

  • Grau 1 - Hemorroida que se encontra no interior do ânus, havendo um ligeiro aumento das veias;
  • Grau 2 - Hemorroida que sai do ânus durante a defecação e que volta para o interior espontaneamente;
  • Grau 3 - Hemorroida que sai do ânus durante a defecação e que é necessário voltar a introduzir no ânus com a mão;
  • Grau 4 - Hemorroida que se desenvolve dentro do ânus mas que devido ao seu aumento chega a sair pelo ânus, podendo causar prolapso retal, que é a saída da parte final do intestino pelo ânus.

As hemorroidas externas, são aquelas que ficam na parte exterior do ânus, e estas também podem ser removidas através de cirurgia, porque causam desconforto principalmente ao sentar e ao defecar.

Como é feita a cirurgia

Na maioria dos casos, as cirurgias para remover as hemorroidas são realizadas com anestesia geral e exige que o paciente fique internado durante cerca de 2 dias.

Para remover as hemorroidas, o proctologista deve escolher a técnica mais indicada para cada caso, porque elas variam dependendo do tipo de hemorroida que o paciente possui.

Como é o pós-operatório

Embora a cirurgia não cause dor, no período pós-operatório é normal o paciente sentir dor na região perineal, principalmente ao sentar e na sua primeira evacuação após a cirurgia, pois esta região está mais sensível. Desta forma, geralmente o médico indica:

  • Uso de analgésicos para controlar a dor e o desconforto, como paracetamol de 8 em 8 horas;
  • Uso de laxantes para tornar as fezes mais moles e fáceis de evacuar;
  • Realização de um banho de assento de água fria, durante 20 minutos, o numero de vezes necessário para diminuir o desconforto;
  • Evitar o uso de papel higiênico, devendo-se lavar a região anal, após evacuar, com água morna e sabão neutro;
  • Usar uma pomada orientada pelo médico, 2 vezes ao dia, para ajudar a cicatrizar a região.

Após a cirurgia, recomenda-se o uso de uma almofada redonda em forma de boia para sentar, de forma a diminuir o risco de sangramento e reduzir a dor. Além disso, durante o primeiro mês após a cirurgia, devem-se preferir alimentos ricos em fibra e ingerir muita água, para que as fezes sejam mais moles e fáceis de evacuar.

Normalmente, o paciente não precisa de retirar os pontos e, após a cicatrização total não se verificam cicatrizes.

Confira no vídeo a seguir como deve ser a alimentação para facilitar o trânsito intestinal e evitar as hemorroidas:

Tratamento natural para HEMORRÓIDA

586 mil visualizações

Qual o tempo de recuperação

​A recuperação da cirurgia para hemorroida depende do tipo e grau da hemorroida e da técnica cirúrgica realizada, podendo variar entre 1 semana e 1 mês, para o paciente poder retomar normalmente as suas atividades do dia-a-dia.

É normal que durante a primeira semana após a cirurgia, o paciente tenha pequenas perdas de sangue pela região anal, no entanto, caso este sangramento seja intenso é recomendado ir no hospital para verificar se está a recuperar corretamente.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem