Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Cirurgia de fimose (postectomia): como é feita, recuperação e riscos

A cirurgia de fimose, também chamada postectomia, tem como objetivo retirar o excesso de pele do prepúcio do pênis e é feita quando as outras formas de tratamento não apresentaram resultados positivos no tratamento da fimose.

A cirurgia pode ser feita com anestesia geral ou local e é um método seguro e simples realizado por um urologista ou cirurgião pediatra, sendo comumente indicada para meninos entre os 7 e 10 anos de idade, mas ela também pode ser realizada na adolescência ou na idade adulta, embora a recuperação possa ser mais dolorosa.

Veja as principais formas de tratamento para fimose.

Cirurgia de fimose (postectomia): como é feita, recuperação e riscos

Benefícios da cirurgia de fimose

A postectomia é feita quando outras formas de tratamento não foram eficazes em tratar a fimose e, nesses casos, traz vários benefícios como:

  • Diminuir o risco de infecção genital;
  • Reduzir o risco de infecção urinária;
  • Prevenir o aparecimento do câncer de pênis;

Além disso, retirar o prepúcio também parece diminuir o risco de pegar infecções sexualmente transmissíveis, como HPV, gonorreia ou HIV, por exemplo. No entanto, a realização da cirurgia não isenta a necessidade de usar camisinha durante as relações sexuais.

Cuidados durante a recuperação

A recuperação da cirurgia de fimose é relativamente rápida e em cerca de 10 dias já não há dor ou sangramento, mas até o 8º dia pode haver um pequeno desconforto e sangramento resultantes das ereções que podem ocorrer durante o sono e é por isso que se recomenda fazer essa cirurgia ainda na infância, por ser uma situação mais fácil de controlar. 

Após a cirurgia o médico pode recomendar a troca do curativo na manhã seguinte, retirando a gaze com cuidado e a seguir lavar a região com água e sabão, com cuidado para não haver sangramento. No final, deve-se aplicar a pomada anestésica recomendada pelo médico e cobrir com uma gaze esterilizada, de modo a ficar sempre seco. Os pontos normalmente são retirados no 8º dia.

Para se recuperar mais rápido de uma circuncisão é ainda recomendado ter alguns cuidados como:

  • Evitar esforços nos primeiros 3 dias, devendo ficar de repouso;
  • Colocar um saco de gelo no local para diminuir o inchaço ou quando dói;
  • Tomar corretamente os analgésicos prescritos pelo médico;

Além disso, no caso do adulto ou do adolescente, é aconselhado não ter relações sexuais durante, pelo menos, 1 mês após a cirurgia.

Possíveis riscos dessa cirurgia

Essa cirurgia, quando é realiza em ambiente hospitalar tem poucos riscos para saúde sendo bem tolerada e de rápida recuperação. No entanto, embora seja raro, podem surgir complicações como sangramento, infecção, estreitamento do meato uretral, retirada excessiva ou insuficiente do prepúcio e assimetria prepucial, com possível necessidade de nova cirurgia.

Esta informação foi útil?

Sua opinião é importante! Escreva aqui como podemos melhorar o nosso texto:

Ficou alguma dúvida? Clique aqui para ser respondido.
Verifique o email de confirmação que lhe enviamos.

Bibliografia

  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Fimose. Disponível em: <http://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/fimose>. Acesso em 03 Abr 2019
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Enviar Mensagem