Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Chucrute: o que é, benefícios e como fazer

Atualizado em Setembro 2019

O chucrute, conhecido originalmente como Sauerkraut, é uma preparação culinária que é feita através da fermentação das folhas frescas do repolho ou da couve.

O processo de fermentação ocorre quando as bactérias e as leveduras presentes, de forma natural no repolho, entram em contato com os açúcares liberados pelo legume, produzindo ácido láctico. Isso faz com que aconteça um crescimento e desenvolvimento de probióticos, o mesmo tipo de micro-organismos que se encontram em alimentos como o iogurte ou o kefir.

Por ser fermentado e rico em probióticos, o chucrute pode ter vários benefícios para a saúde, melhorando a digestão e a absorção de nutrientes, fortalecendo o sistema imune e promovendo uma melhora geral do estado de saúde.

Chucrute: o que é, benefícios e como fazer

Benefícios para a saúde

É devido ao processo de fermentação deste vegetal que surge o sabor ácido e o odor característico do chucrute. Além disso, a fermentação também faz com que os nutrientes, as vitaminas e os minerais tenham maior biodisponibilidade, quando comparando com a forma crua.

Assim, os principais benefícios do chucrute para a saúde parecem ser:

1. Favorece a saúde gastrointestinal

Por ser um alimento fermentado, o chucrute possui probióticos, que são bactéria boas que vivem no intestino e que melhoram a saúde geral do intestino.

Assim, o consumo deste alimento ajuda a aumentar a absorção de nutrientes importantes, como a vitamina B, o cálcio e o ferro. Além disso, parece ainda ajudar a melhorar a digestão dos alimentos, a combater a acidez no estômago, a regular o trânsito intestinal e, até, a favorecer a digestão da lactose, especialmente em pessoas com intolerância.

Por estes motivos, o chucrute pode ainda ser indicado para prevenir doenças intestinais inflamatórias, como a doença de Crohn ou o síndrome do intestino irritável, por exemplo.

2. Ajuda a perder peso

O chucrute pode ser utilizado em dietas para perder peso pois é pouco rico em calorias, além de ter um elevado teor de fibras, o que faz com que exista maior sensação de saciedade, reduzindo a ingestão de outros alimentos mais calóricos.

Além disso, alguns estudos indicam ainda que o consumo de probióticos, como aqueles contidos no chucrute, pode ajudar a reduzir a absorção de gordura a nível intestinal, favorecendo a perda de peso.

3. Diminui o estresse e a ansiedade

Alguns estudos têm demonstrado que o cérebro e o intestino estão ligados, por isso, ingerir alimentos fermentados e ricos em probióticos pode manter uma flora intestinal saudável, garantindo a saúde cerebral e diminuindo o risco de estresse e outros problemas psicológicos.

Além disso, também existem estudos que indicam que os probióticos podem ajudar a melhorar a memória e a diminuir vários sintomas de ansiedade, depressão e, até, autismo.

4. Fortalece o sistema imune

Ao manter o intestino saudável, os probióticos do chucrute também ajudam a evitar que substâncias tóxicas consigam penetrar facilmente no organismo através do intestino, prevenindo assim infecções e respostas imunes desnecessárias.

Além disso, os probióticos também parecem interagir com o sistema imune, proporcionando sinais que promovem a maturação das células de defesa do organismo. O chucrute é ainda rico em vitamina C e ferro, que são nutrientes importantes por manter um sistema imune saudável.

5. Previne o câncer

O chucrute é um alimento rico em vitamina C, que é um potente antioxidantes protetor das células do organismo. Assim, há maior resistência contra danos dos radicais livres, que estão associados ao aumento do risco de câncer.

O chucrute é ainda uma bao fonte de glucosinolatos, que são substâncias que protegem o organismo contra infeções e que têm ação anticancerígena comprovada.

6. Promove a saúde do coração

Por ser uma fonte de fibras e probióticos, o chucrute ajuda a reduzir os níveis de colesterol, evitando a sua absorção a nível intestinal. Tem ainda um elevado teor de menaquinona, conhecida como a vitamina K2, que, segundo estudos, parece diminuir o risco de problemas cardíacos, por evitar o acúmulo de cálcio nas artérias.

Informação nutricional do Chucrute

Na abela seguinte está a informação nutricional para 100 g de chucrute:

Quantidade em 100 g de chucrute
Calorias21
Lípidos0,1 g
Carboidratos3,2 g
Proteínas1,3 g
Sal2 g
Fibra alimentar3 g
Vitamina C14,7 mg
Cálcio30 mg
Ferro1,5 mg
Magnésio13 mg
Potássio170 mg
Sódio661 mg

Para obter os benefícios do chucrute é aconselhado consumir o produto cru, podendo adicionar-se 1 colher, ou cerca de 10 gramas, de chucrute na salada ou num sanduíche, por exemplo.

Como fazer Chucrute

Chucrute: o que é, benefícios e como fazer

O chucrute resulta de um método de conservação do repolho, que é utilizado por vários anos em alguns países da Europa, como na Alemanha. Para preparar o chucrute em casa deve-se seguir a receita:

Ingredientes

  • 1 repolho maduro;
  • 1 colher (de sopa) de sal marinho não iodado, por cada kg de repolho;
  • 1 frasco de vidro hermético;
  • 2 cenouras raladas (opcional).

Modo de preparo

Colocar a cenoura no frasco. Retirar algumas das folhas exteriores, cortar o repolho em 4 pedaços e, depois, em finas tiras. Colocar as tiras do repolho em um recipiente grande, adicionar o sal e mexer bem com as mãos. Deixar repousar durante 1 hora e, depois desse tempo, mexer novamente no repolho para que libere água.

Por fim, colocar o repolho dentro do frasco de vidro hermético e fazer pressão para que fique bem comprimido. Adicionar a água que foi liberada até preencher todo o frasco. Guardar o chucrute num lugar seco e escuro durante 4 semanas, sem abrir. Depois desse tempo, o chucrute está pronto e pode ser guardado na geladeira.

Efeitos secundários e contraindicações

Embora o chucrute seja um alimento com muitos benefícios, também foram encontradas elevadas quantidades de histamina em alguns tipos de preparados desse produto. Caso isso aconteça, é possível que surjam reações alérgicas, principalmente em pessoas mais sensíveis.

Pessoas que estejam tomando antidepressivos do tipo IMAO não devem ingerir chucrute porque, dependendo do tempo de conservação, o chucrute pode conter elevados níveis de tiramina que interage com este tipo de medicamento. Assim, o ideal é que, nestes casos, sempre se consulte o médico antes de ingerir o alimento.

Bibliografia >

  • INSTITUTO NACIONAL DEL CÁNCER. Dosis altas de vitamina C (PDQ®)–Versión para pacientes. Disponível em: <https://www.cancer.gov/espanol/cancer/tratamiento/mca/paciente/vitamina-c-pdq>. Acesso em 22 Abr 2019
  • RAAK Christa et al. Regular Consumption of Sauerkraut and Its Effect on Human Health: A Bibliometric Analysis. Global Advances in Health and Medicine. 6. 3; 12-18, 2014
  • ORGERON Ryan Paul. Sauerkraut: A Probiotic Superfood. Functional Foods in Health and Disease. 8. 6; 536-543, 2016
  • SELHUB Eva et al. Fermented foods, microbiota, and mental health: ancient practice meets nutritional psychiatry. Journal of Physiological Anthropology. 33. 1; 2014
  • EL ASMAR Margueritta et al. Vitamin K Dependent Proteins and the Role of Vitamin K2 in the Modulation of Vascular Calcification: A Review. Oman Medical Journal. 29. 3; 172-177, 2014
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem