Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Ceratoacantoma: o que é, causas e tratamento

Agosto 2020

O ceratoacantoma é um tipo de tumor benigno da pele, de rápido crescimento, que ocorre geralmente em áreas expostas ao sol, como testa, nariz, lábio superior, braços e mãos.

Este tipo de lesão tem geralmente uma forma arredondada, preenchida por queratina, e com características muito semelhantes ao carcinoma de células escamosas, sendo, por isso, importante a realização de um diagnóstico correto.

Geralmente este tipo de lesão não causa sintomas e o tratamento, quando é feito, consiste na realização de uma cirurgia, em que é removido o ceratoacantoma.

Ceratoacantoma: o que é, causas e tratamento

Quais os sinais e sintomas

O ceratoacantoma caracteriza-se por uma lesão com relevo, arredondada e com uma aparência semelhante à forma de um vulcão, preenchida por queratina, que vai crescendo ao longo do tempo, podendo adquirir uma coloração castanha. Embora tenha esta aparência, geralmente ceratoacantoma não causa sintomas.

Possíveis causas

Ainda não se sabe ao certo quais as causas que estão na origem do surgimento do ceratoacantoma, mas pensa-se que pode estar relacionado com fatores genéticos, exposição solar, exposição a produtos químicos, infecção pelo vírus do papiloma humano ou devido à ocorrência de lesões na região.

Além disso, o risco de desenvolver este tipo de lesão cutânea é superior em pessoas que têm história familiar ceratoacantoma, fumantes, pessoas que se expõem muito ao sol ou que usam solários, homens, pessoas com a pele clara, pessoas com distúrbios do sistema imunitário e com mais de 60 anos.

Em que consiste o diagnóstico

O diagnóstico deve ser feito por um dermatologista, através de um exame físico. Em alguns casos, ele também pode recomendar uma biópsia, em que é removido o ceratoacantoma, para ir para análise, e confirmar o diagnóstico, já que a aparência do ceratoacanatoma é muito semelhante ao carcinoma de células escamosas. Saiba o que é o carcinoma das células escamosas e em que consiste o tratamento.

Como é feito o tratamento

O tratamento geralmente é feito através de uma excisão cirúrgica do ceratoacantoma que, depois de removido, é enviado para análise. Este tipo de cirurgia é realizado com anestesia local, sendo de rápida recuperação, deixando na região uma pequena cicatriz.

É importante que a pessoa saiba que, após a remoção da lesão, poderão aparecer novos ceratoacantomas, sendo por isso importante ir ao dermatologista com frequência.

Como prevenir

Para evitar o surgimento do ceratoacantoma, principalmente em pessoas que têm casos na família ou que já sofreram lesões, é muito importante evitar a exposição solar, principalmente em horas de maior calor. Além disso, sempre que a pessoa sair de casa, deve aplicar proteção solar, de preferência, com um fator de proteção solar de 50+.

As pessoas com maior risco, devem ainda evitar o uso de cigarro e examinar frequentemente a pele, de forma a detetar precocemente as lesões.

Bibliografia >

  • NEFFA, Lívia et. al.. Ceratoacantoma: aspectos morfológicos, clínicos e cirúrgicos. Rev. Bras. Cir. Plást. . Vol.33. 3.ed; 382-388, 2018
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem