Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Cegueira noturna: o que é, sintomas, causas e tratamento

A cegueira noturna, conhecida cientificamente como nictalopia, é a dificuldade para enxergar em ambientes com pouca luz, como acontece durante a noite, quando está mais escuro. No entanto, pessoas com esta alteração podem ter uma visão completamente normal durante o dia.

No entanto, a cegueira noturna não é uma doença, mas sim um sintoma ou complicação de outro problema, como xeroftalmia, cataratas, glaucoma ou retinopatia diabética. Dessa forma, é sempre importante consultar um oftalmologista para avaliar a presença de outra doença ocular e iniciar o tratamento adequado.

Cegueira noturna: o que é, sintomas, causas e tratamento

Sintomas de cegueira noturna

O principal sintoma da cegueira noturna é a dificuldade para enxergar em ambientes escuros, especialmente quando se passa de um ambiente com muita luz para outro mais escuro, como acontece ao entrar em casa ou durante o pôr-do-sol, por exemplo. Dessa forma, é recomendado que pessoas com cegueira noturna não tratada devem evitar dirigir no final do dia ou durante a noite, para garantir sua segurança.

Principais causas

A cegueira noturna é uma alteração que acontece devido a alterações em células presentes na retina do olho, os bastonetes, em que um dos pigmentos dos receptores dessas células, conhecido com o rodopsina, está diminuído, interferindo diretamente na capacidade do olho em processar objetos com pouca luz. As principais causas de cegueira noturna são:

  • Deficiência de vitamina A;
  • Catarata;
  • Glaucoma;
  • Retinose pigmentar;
  • Miopia.

Assim, é importante que o oftalmologista seja consultado assim que for notada a dificuldade para enxergar em ambientes com pouca luz para que seja possível realizar um exame oftalmológico e, assim, ser identificada a causa da cegueira noturna e iniciado o tratamento mais adequado. Entenda como é feito o exame oftalmológico.

Como é feito o tratamento

O tratamento para cegueira noturna depende da causa que está provocando as alterações nos receptores da retina. Por isso, algumas das formas de tratamento que podem ser indicadas pelo médico são:

  • Óculos e lentes de contato: são usados especialmente nos casos de miopia para melhorar a visão;
  • Colírios: permitem controlar a pressão no olho em casos de glaucoma, melhorando os sintomas;
  • Suplementos de vitamina A: são recomendados em casos de xeroftalmia por deficiência de vitamina A;
  • Cirurgia: muito utilizada para tratar cataratas em idosos e melhorar a visão.

Além disso, se for identificada alguma outra doença da retina, o médico pode pedir mais exames como tomografia óptica ou ecografia para confirmar adaptar o tratamento, podendo tornar-se mais demorado.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Deficiência de Vitamina A. Disponível em: <https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/pdfs/23_deficiencia_de_vitamina_a.pdf>. Acesso em 27 Mai 2021
  • RIOS, Daniela F. C.; CARNEIRO, Luis Felipe S.; CUNHA, Aline A. F et al. Retinose pigmentar unilateral ou pseudorretinose pigmentar?: relato de caso . Arq Bras Oftalmol. Vol 76. 6 ed; 383-385, 2013
Mais sobre este assunto:

Carregando
...