Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

O que é a cárie de mamadeira e o que fazer

Janeiro 2020

A cárie de mamadeira é uma infecção que surge em crianças como consequência do consumo frequente de bebidas açucaradas e maus hábitos de higiene bucal, o que favorece a proliferação de microrganismos e, consequentemente, o desenvolvimento da cárie, que pode acometer todos os dentinhos da criança e causar dor e alteração na fala e na mastigação.

Apesar de muitos acharem que pelo fato da criança não ter dente não há risco de desenvolver cárie, os microrganismos podem permanecer na gengiva e atrasar o desenvolvimento dos dentes. Por isso, a prevenção da cárie começa mesmo antes do nascimento dos primeiros dentes, sendo importante que a criança seja acompanhada por um odontopediatra.

O que é a cárie de mamadeira e o que fazer

Por que acontece

A cárie de mamadeira acontece principalmente devido à falta de higienização correta da boca do bebê após alimentação, seja através do aleitamento materno ou líquidos dados na mamadeira, como sucos, leite ou fórmulas, por exemplo.

É comum que os bebês durmam durante as mamadas ou se deitem com as mamadeiras, fazendo com o que o restante de leite permaneça na boca durante o sono e favoreça a proliferação de microrganismos, dando origem às cáries e aumentando o risco de outras infecções bucais.

Entenda como se formam as cáries.

O que fazer

Caso seja verificado que a criança está começando a ter cárie, é recomendado ir ao odontopediatra para que seja iniciado o tratamento adequado para remoção das cáries, evitando, assim, que haja comprometimento do desenvolvimento dos dentes e, consequentemente, da fala. Pode ser indicado também pelo dentista o uso de gel com flúor para promover a remineralização dos dentes.

É recomendado também que sejam melhorados os hábitos de higiene bucal da criança, sendo indicado higienizar a boca após cada mamada ou de dar a mamadeira para o bebê utilizando uma gaze ou uma fralda de pano molhada em água ou em uma substância indicada pelo odontopediatra, que deve ser passada na gengiva, língua e céu da boca.

Além disso, é recomendado que não se dê sucos ou leite adoçado para a criança, principalmente à noite, e evite que ela se deite com a mamadeira, pois assim é possível evitar que adormeça e a escovação dos dentes não seja feita.

Bibliografia >

  • SANTOS, Bianca Z.; DOTTO, Patrícia P.; GUEDES, Renata S. Aleitamento materno e o risco de cárie dentária. Epidemiol. Serv. Saude. Vol 25. 3 ed; 633-635, 2016
  • PIEDADE, Roberta F. A alta incidência da cárie de mamadeira durante a infância. Tese de Especialização, 2014. Universidade Federal de Minas Gerais.
  • BVS. Qual conduta adotar para paciente infantil com múltiplas lesões de cárie de mamadeira?. Disponível em: <https://aps.bvs.br/aps/qual-conduta-adotar-para-paciente-infantil-com-multiplas-lesoes-de-carie-de-mamadeira/>. Acesso em 23 Jan 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem