Dor na mama é sinal de câncer?

Revisão médica: Drª. Sheila Sedicias
Ginecologista
setembro 2022

A dor na mama raramente é um sinal de câncer de mama, especialmente nas fases iniciais. Porém, em estágios mais avançados, o câncer de mama pode provocar dor.

Ainda assim, é comum que surjam muitos outros sintomas antes da dor na mama, como alterações na cor do mamilo, inchaço, coceira frequente ou liberação de líquido pelo mamilo. Conheça os principais sintomas de câncer de mama.

De qualquer forma, é importante lembrar que nas fases iniciais, em que o câncer tem maiores chances de cura, a maior parte das pessoas não apresenta qualquer sintoma. Assim, o aconselhado é fazer o autoexame da mama para identificar qualquer alteração e marcar consultas regulares no médico, especialmente quando se tem fatores que aumentam o risco de câncer.

Quando a dor na mama pode ser sinal de câncer

Embora na maior parte dos casos o câncer não provoque qualquer tipo de dor, existe um tipo raro conhecido como "câncer de mama inflamatório" que pode provocar dor durante o desenvolvimento. No entanto, esse tipo de câncer também causa outros sintomas característicos como corrimento no mamilo, mamilo invertido, inchaço ou vermelhidão.

De qualquer forma, este tipo de câncer também pode ser identificado pelos exames utilizados para explorar melhorar a causa da dor, como a mamografia, e, por isso, em caso de dor na mama é sempre importante consultar um ginecologista.

O que pode ser a dor na mama

Na maioria dos casos, a dor na mama é provocada por situações menos graves como:

  • Alterações hormonais: especialmente durante a puberdade e nos dias que antecedem ou durante a menstruação;
  • Cistos benignos: caracterizados pela presença de pequenos nódulos no seio. Veja mais sobre os sintomas de cisto na mama;
  • Excesso de leite: no caso de mulheres que estão amamentando.

A dor na mama também pode ser sinal de gravidez porque esse sintoma é muito comum no primeiro trimestre de gestação. Dessa forma, mulheres que estejam tentando engravidar ou que tenham um atraso na menstruação devem fazer um teste de gravidez para confirmar essa possibilidade.

Em outros casos, a dor pode ainda ser causada pelo uso de alguns tipos de medicamentos, sendo que alguns exemplos incluem Metildopa, Espironolactona, Oximetolona ou Clorpromazina.

Veja outras causas comuns de dor na mama.

O que fazer quando se sente dor na mama

Quando se sente algum tipo de dor na mama pode-se fazer o auto exame da mama para procurar a existência de nódulos no seio e, caso se identifique algum caroço ou a dor se mantenha, deve-se ir a uma consulta com um mastologista, para que ele possa examinar a mama e, se for necessário, pedir uma mamografia.

Embora os casos de dor na mama provocados por câncer sejam raros, é sempre importante ir ao ginecologista, pois caso essa seja a causa da dor é importante identificar o câncer o quanto antes para facilitar o tratamento e melhorar as chances de cura.

Assista o vídeo seguinte e veja como realizar corretamente o auto-exame da mama:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em setembro de 2022. Revisão médica por Drª. Sheila Sedicias - Ginecologista, em fevereiro de 2016.

Bibliografia

  • NATIONAL BREAST CANCER FOUNDATION. Breast Pain. Disponível em: <https://www.nationalbreastcancer.org/breast-pain/>. Acesso em 23 out 2019
  • ONCOGUIA. Câncer de Mama Inflamatório. Disponível em: <http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-inflamatorio/1386/34/>. Acesso em 23 out 2019
Mostrar bibliografia completa
  • IRISH CANCER SOCIETY. Breast Pain. Disponível em: <https://www.cancer.ie/sites/default/files/content-attachments/breast_pain.pdf>. Acesso em 23 out 2019
Revisão médica:
Drª. Sheila Sedicias
Ginecologista
Médica mastologista e ginecologista formada pela Universidade Federal de Pernambuco, em 2008 com registro profissional no CRM PE 17459.

Tuasaude no Youtube

  • Como fazer o AUTOEXAME DA MAMA

    04:12 | 153314 visualizações