Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Para que serve e como tomar a Biotina

A biotina, também conhecida por vitamina H, é uma substância pertencente ao grupo de vitaminas hidrossolúveis do complexo B, que é necessária para diversas funções metabólicas. A suplementação de biotina está indicada para o tratamento da deficiência em biotina ou biotinidase, para auxiliar no tratamento da acne e da alopécia e ainda para melhorar a saúde a pele, cabelo e unhas.

A biotina é comercializada em associação de polivitamínicos ou na forma isolada, podendo ainda ser obtida em farmácias de manipulação.

Para que serve e como tomar a Biotina

Para que serve

A suplementação com biotina está indicada para o tratamento de casos de deficiência em biotinidase e para auxiliar no tratamento da acne e da alopécia e ainda para melhorar a saúde a pele, cabelo e unhas.

A deficiência em biotina afeta geralmente a pele, cabelo e unhas, já que esta vitamina contribui para a formação de queratina, que é o principal componente do cabelo, pele e unhas.

Saiba quais os alimentos ricos em biotina.

Como usar

Não existe uma recomendação específica da posologia de biotina, uma vez que esta vai depender da causa, já que a suplementação pode estar indicada em casos de deficiência de biotinidase, insuficiente ingestão através da alimentação, casos de alopécia ou acne ou mesmo para quem quer fortalecer as unhas e o cabelo e melhorar a aparência da pele.

Assim, o melhor é seguir as recomendações do médico e/ou do nutricionista, que saberá qual a dose mais indicada para cada caso.

Caso o médico indique o medicamento Untral em cápsulas, com 2,5 mg de biotina, para o tratamento de unhas e cabelos frágeis, a dose recomendada pelo fabricante é de 1 cápsula, 1 vez ao dia, em qualquer horário, durante cerca de 3 a 6 meses ou conforme indicação médica.

Quem não deve usar

O suplemento de biotina não deve ser usado em pessoas com hipersensibilidade a qualquer componente presente na fórmula. Além disso, também não deve ser utilizado em grávidas ou mulheres que estejam a amamentar, a não ser que seja recomendado pelo médico.

Possíveis efeitos colaterais

Embora seja raro, a ingestão de biotina pode causar desconforto gastrointestinal e irritações na pele.

Bibliografia >

  • IBEROQUÍMICA. Biotina. 2017. Disponível em: <https://www.iberoquimica.com.br/Arquivos/Insumo/arquivo-115609.pdf>. Acesso em 18 Abr 2019
  • COZZOLINO Silvia. Biodisponibilidade de nutrientes. 4º. Brasil: Manole Ltda, 2012. 527-540.
  • ANVISA. UNTRAL (biotina). 2016. Disponível em: <http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=27246612016&pIdAnexo=4180868>. Acesso em 18 Abr 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem