Bioestimulador de colágeno: o que é, benefícios, tipos e como é feita

Atualizado em novembro 2023

O bioestimulador de colágeno é uma substância que, quando injetada nas camadas mais profundas da derme, é capaz de estimular a produção de colágeno, reduzindo os sinais de envelhecimento e aumentando a firmeza da pele.

A bioestimulação de colágeno pode ser feita com substâncias biocompatíveis, como ácido poli-L-lático, hidroxiapatita de cálcio ou policaprolactona, que podem ser aplicadas pelo médico no rosto, pescoço, glúteos, abdômen, coxas, braços ou mãos, por exemplo.

A aplicação do bioestimulador de colágeno é feita pelo dermatologista, no consultório, podendo ser necessárias de 2 a 4 sessões, o que varia com o tipo de bioestimulador, e os resultados podem ser percebidos após 2 ou 3 meses das aplicações.

Imagem ilustrativa número 1

10 benefícios do bioestimulador de colágeno

Os principais benefícios do bioestimulador de colágeno são:

1. Rejuvenescer a pele

O bioestimulador de colágeno, ao ser aplicado na derme, que é a camada mais profunda da pele, estimula a produção de colágeno, que com o envelhecimento da pele tem sua produção diminuída, deixando a pele com rugas, linhas de expressão, flacidez e com aspecto mais envelhecido.

Assim, ao estimular a produção de colágeno, os bioestimuladores de colágeno, ajudam a rejuvenescer a pele, deixando a pele mais jovem e com aspecto mais saudável. Confira outros benefícios do colágeno para o corpo.

2. Reduzir a flacidez da pele

O bioestimulador de colágeno, quando aplicado no rosto ou pescoço, por exemplo, ajuda a restaurar a firmeza da pele e a reduzir a flacidez, pois ao aumentar a produção de colágeno no local, deixa a pele mais elástica, com mais volume e mais definida.

3. Reduzir rugas e linhas de expressão

Ao estimular a produção de colágeno, o bioestimulador ajuda a reduzir rugas e linhas de expressão no rosto, além de melhorar a aparência das mãos que ficam mais enrugadas com o envelhecimento natural do corpo.

4. Suavizar o bigode chinês

O bioestimulador de colágeno também pode ter benefícios para o bigode chinês, que é uma marca de expressão que se desenvolve ao redor da boca com o envelhecimento natural do corpo, sendo mais evidente quando a pessoa sorri.

Esses bioestimuladores podem ser usados como uma das substâncias para a harmonização facial, pois quando aplicados no bigode chinês ajudam a repor volume, e deixando a pele mais lisa, suavizando o bigode chinês. Saiba o que é e como é feita a harmonização facial.

5. Melhorar a textura da pele

O bioestimulador de colágeno ajuda a melhorar a aparência da pele, deixando-a mais lisa, com uma textura mais suave, além de aumentar a luminosidade da pele.

6. Reduzir a papada

A papada pode surgir com o envelhecimento do corpo, sendo que nesse caso, quase sempre é causada pela flacidez da pele do pescoço.

Desta forma, o bioestimulador de colágeno, por aumentar a elasticidade e diminuir a flacidez da pele, quando aplicado no pescoço pode reduzir a papada.

7. Suavizar a celulite

O bioestimulador de colágeno pode ajudar a suavizar a celulite, pois uma vez que estimula a produção natural de colágeno na pele, combate a flacidez da pele e deixa a pele mais espessa, com mais volume e mais uniforme, melhorando o aspecto da pele com celulite.

8. Reduzir a flacidez corporal

O aumento da produção de colágeno estimulada pela substância bioestimuladora, ajuda a deixar a pele mais firme, o que ajuda a reduzir a flacidez corporal, especialmente no rosto, braços, pescoço, glúteos, coxas ou abdômen.

9. Melhorar a aparência de cicatrizes

O bioestimulador de colágeno pode ajudar a melhorar a aparência de cicatrizes, como cicatriz de acne, por exemplo.

Isto porque o aumento da produção de colágeno deixa a pele com mais volume, mais firme e mais uniforme.

10. Suavizar as rugas das mãos

As rugas nas mãos são normais de surgir com o envelhecimento do corpo, no entanto, o bioestimulador de colágeno. quando aplicado nas mãos, reduz a flacidez da pele, preenche as rugas, deixando as mãos com aparência mais jovem.

Como funciona

O bioestimulador de colágeno funciona estimulando a produção natural de colágeno, elastina e ácido hialurônico pela pele, que são proteínas essenciais para a matriz celular da pele, e que têm sua produção diminuída com o envelhecimento natural do corpo.

Desta forma, ao estimular a produção dessas proteínas, a substância bioestimuladora ajuda a restaurar a elasticidade da pele, reduzir a flacidez, aumentar a hidratação e promover o rejuvenescimento da pele.

Como é feita a aplicação

A aplicação do bioestimulador de colágeno é feita pelo dermatologista no consultório, seguindo alguns passos:

  1. Aplicar um anestésico tópico, para evitar dor ou desconforto ao aplicar a injeção;
  2. Preparar o bioestimulador, diluindo o pó do bioestimulador com soro e anestésico;
  3. Limpar a pele da região a ser tratada com solução antisséptica;
  4. Aplicar o bioestimulador nas camadas mais profundas da pele.

Geralmente, o tempo de aplicação do bioestimulador é de cerca de 30 minutos, mas pode variar de acordo com a região da pele a ser tratada.

Locais em que pode ser aplicado

O bioestimulador de colágeno pode ser aplicado no rosto, bochechas, bigode chinês, pescoço, mãos, braços, coxas, nádegas ou abdômen, por exemplo.

A aplicação do bioestimulador de colágeno é feita pelo dermatologista, no consultório, e dependendo do tipo de substância aplicada podem ser necessárias de 2 a 4 sessões, com intervalo de 1 mês entre elas.

Se deseja a avaliação de um dermatologista, marque uma consulta na região mais próxima:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Dermatologistas e receba o cuidado personalizado que você merece.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

Tipos de bioestimuladores de colágeno

Existem diferentes tipos de substâncias bioestimuladoras que são:

1. Ácido poli-L-lático

O ácido poli-L-lático é um bioestimulador de colágeno absorvível, semi-permanente que ajuda a restaurar o volume e estimular a produção de colágeno gradualmente pela pele, sendo que os produtos que contém essa substância são conhecidos como Sculptra ou Elleva.

A aplicação desse bioestimulador na derme, que é a camada mais profunda da pele, pode levar a um aumento do volume da pele de forma imediata, que ocorre devido ao inchaço no local aplicado, e que melhora em cerca de 2 a 3 dias.

O ácido poli-L-lático então induz uma resposta inflamatória na pele, resultando na sua decomposição em ácido lático, que enquanto é metabolizado, estimula a produção de colágeno tipo 1 pela pele. Confira as principais funções do colágeno tipo 1.

A duração desse bioestimulador de colágeno varia entre 12 a 24 meses, e geralmente são feitas entre 3 a 4 aplicações.

2. Hidroxiapatita de cálcio

A hidroxiapatita de cálcio é outro bioestimulador de colágeno que age estimulando a pele a produzir mais colágeno, melhorando o aspecto e a textura da pele, aumentando o volume de forma imediata e suavizando rugas e linhas de expressão profundas gradualmente.

Esse bioestimulador promove a ativação de fibroblastos na pele, que são células que produzem colágeno e elastina, e dessa forma aumenta da produção de colágeno de forma natural.

A duração desse bioestimulador de colágeno, conhecido como Radiesse, dura entre 18 a 24 meses, sendo normalmente feitas de 2 a 4 aplicações. 

3. Policaprolactona

A policaprolactona é um bioestimulador na foma de microesferas em gel que aumenta a elasticidade, o volume e a firmeza da pele de forma imediata, além de estimular a produção de colágeno de forma uniforme e gradual, tendo um efeito mais prolongado e sustentável do que o ácido poli-L-lático.

O gel desse bioestimulador tem uma alta capacidade de absorver água no tecido da pele, além de as microesferas se distribuírem de uniforme na pele, levando a uma produção acentuada de colágeno tipo 1.

Esse bioestimulador é conhecido como Ellansé, tendo uma duração de 1 a 4 anos, o que varia de acordo com a concentração de policaprolactona no produto, sendo normalmente necessária 1 aplicação. 

Quanto tempo dura o bioestimulador de colágeno

O tempo que o bioestimulador de colágeno dura varia de acordo com o tipo de substância aplicada, sendo que geralmente o tempo é de 12 a 24 meses, sendo geralmente necessárias aplicações de manutenção após 1 ano.

Possíveis complicações

Algumas complicações da aplicação dos bioestimuladores de colágeno são vermelhidão, inchaço, dor ou hematoma, que melhoram em alguns dias.

Além disso, embora seja mais raro, pode ocorrer a formação de nódulos ou granuloma no local aplicado, e geralmente estão associados a erros na técnica de aplicação. 

Por isso, a aplicação de bioestimulador de colágeno deve ser feito por um dermatologista experiente em procedimentos estéticos.

Quem não deve fazer

A aplicação dos bioestimuladores de colágeno é contraindicada para menores de 18 anos, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas com problemas de coagulação.

Além disso, também não deve ser feito em pessoas que tenham infecções ativas no local da pele a ser aplicado, herpes labial, queimadura solar, feridas em processo de cicatrização, psoríase ou dermatites.

A aplicação dos bioestimuladores de colágeno não deve ser feita em pessoas que tenham alergia a qualquer um dos componentes da fórmula.

Vídeos relacionados