Principais alimentos ricos em colágeno

O colágeno é uma proteína encontrada principalmente em carnes vermelhas, frango, peixes e na gelatina convencional. Porém, o consumo dos alimentos ricos em vitamina C, zinco, selênio e silício também são importantes, porque melhoram a absorção e aumentam a produção de colágeno no organismo.

O colágeno é importante para manter a pele firme e hidratada, prevenindo ou adiando as rugas e a flacidez. Por ser uma proteína que também ajuda a manter a saúde de ossos, músculos, e do intestino, pois tem as mesmas propriedades que as fibras dos vegetais, o colágeno é considerado um ingrediente funcional. Confira mais sobre o que é colágeno e como usar

Principais alimentos ricos em colágeno

Os principais alimentos ricos em colágeno são:

1. Carne vermelha

A carne vermelha é rica em colágeno, principalmente os ossos, como o mocotó, e as cartilagens na carne bovina, e a pele e os ossos no porco. A parte do músculo também contém colágeno, mas em menores quantidades, como nos cortes de músculo e alcatra.

2. Frango

A quantidade de colágeno na carne varia de acordo com a idade do frango. Quanto mais velho, maior é a quantidade de colágeno e mais dura é a carne do frango. As maiores quantidades de colágeno são encontradas na cartilagem e nos ossos, especialmente os pés de frango que são ricos em colágeno.

3. Peixes

O colágeno é encontrado em todos os peixes de água doce e de água salgada e está principalmente na pele, espinhas e cartilagens. Além disso, o colágeno pode ser encontrado  em outros animais marinhos sem ossos e espinhas, como as lulas. 

4. Gelatina

É uma proteína produzida a partir dos ossos e as cartilagens de boi, porco, peixes e frango. Tem grandes quantidades de proteína, água e minerais, incluindo cálcio e é muito baixa em gordura. Conheça todos os benefícios da gelatina animal e vegetal.

Principais alimentos ricos em colágeno

Alimentos que ajudam na produção de colágeno

Além dos alimentos fonte de colágeno, é importante consumir também outros alimentos ricos em vitamina C, selênio, zinco e o silício. Estes nutrientes ajudam na produção e absorção do colágeno gerando melhores resultados nos tratamentos de saúde e estéticos. Os principais alimentos que ajudam na produção do colágeno são:

  • Alimentos ricos em vitamina C: abacaxi, laranja, limão, goiaba, mamão, caju, kiwi, tangerina, frutos vermelhos (morango, cereja e outras), pimentão cru, agrião, salsa e tomate fresco;
  • Alimentos ricos em selênio: peixes, camarão, feijão preto, farinha de trigo integral, castanha do Pará, gema de ovo e fígado;
  • Alimentos ricos em zinco: clara de ovo, frango, ostras, nozes, mariscos, carnes vermelhas, fígado e miúdos;

Os alimentos que são fonte de silício, como aveia, arroz integral, nozes, mexilhões e alga marinha, também são importantes para ajudar a manter e produzir o colágeno no organismo.

Cardápio rico em colágeno

Este cardápio é um exemplo do que se pode consumir para garantir a ingestão ideal de colágeno recomendado por dia: 

 

1º Dia

2º Dia

3º Dia

Café da manhã

1 copo de leite desnatado, 1 fatia de pão integral com 1 ovo e 1 fatia de queijo e 8 morangos.

Mingau de aveia feito com 200ml de leite de soja, 3 colheres de sopa de aveia e 1 colher de sopa de cacau em pó.

1 panqueca de aveia recheada com frutas vermelhas picadas e 1 iogurte natural desnatado.

Lanche da manhã

1 taça de gelatina diet e 3 castanhas do Pará.

3 torradas integrais com 1 fatia de queijo Minas, 1 kiwi.

1 taça de gelatina diet e 3 nozes.

Almoço/Jantar

1 bife de frango grelhado com abacaxi em pedaços, 4 colheres de sopa de arroz integral com ervilha, salada de alface, agrião, tomate e pepino. 1 copo 200ml de suco de acerola caseiro de sobremesa.

3 almôndegas no forno com macarrão integral e molho de tomate caseiro, salada de berinjela beterraba ralada, refogadas com cebola e azeite. 1 goiaba de sobremesa.

Cozido de peixe e mexilhões com batata, cenoura, repolho e cebola, 4 colheres de arroz integral. 1 laranja de sobremesa.

Lanche da tarde

1 copo de suco verde feito com couve, maçã e limão, 3 torradas integrais com 1 fatia de queijo ricota.

1 iogurte natural desnatado com 1 colher de sobremesa de mel, 1 tangerina.

1 copo de 200ml de vitamina feita com leite, mamão e aveia.

Além deste cardápio rico em colágeno, a prática de atividade física é fundamental para prevenir o envelhecimento e manter a saúde. Para garantir melhores resultados e os benefícios nutricionais e estéticos do colágeno, é recomendado consultar um nutricionista para que o cardápio possa ser ajustado de acordo com as necessidades individuais..

Quando tomar suplemento de colágeno

A suplementação com colágeno é importante a partir dos 30 e essencial a partir dos 50 anos, pois, com o passar do tempo, essa proteína vai deixando de ser produzida pelo organismo e, por isso, a pele vai ficando cada vez mais flácida. 

O colágeno hidrolisado é o mais eficaz para manter a firmeza da pele, pois uma pequena quantidade do produto contém uma grande concentração de colágeno puro que será totalmente absorvido pelo organismo. Além dos benefícios estéticos, alguns estudos mostram que o colágeno hidrolisado também auxilia na manutenção da saúde das articulações e no tratamento da osteoporose, pressão alta e gastrite. É possível comprar o colágeno hidrolisado em farmácias, farmácias de manipulação ou lojas especializadas em produtos naturais. Saiba mais sobre o que é o colágeno hidrolisado e como tomar.

Tomar colágeno ajuda a emagrecer porque promove a  sensação de saciedade, já que é uma proteína e permanece no estômago para ser digerida por muito tempo. Porém, a sua principal função é atuar na elasticidade e sustentação da pele, diminuindo a flacidez e as rugas. Conheça outros 10 alimentos para se livrar das rugas.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • PREFEITURA DE BELO HORIZONTE. Dicionário dos alimentos. Programa de Mobilização e Educação para o Consumo Alimentar.. 2012. Disponível em: <http://www.pbh.gov.br/smaab/cartilhas/dicionario_dos_alimentos.pdf>. Acesso em 05 Mai 2021
  • MEDEIROS, Tais et al. Silício nos alimentos: uma revisão. Advances in Nutrition Science. Vol.1. 1.ed; 41-48, 2020
  • MAFRA, Denise; COZZOLINO, Sílvia Maria Franciscato . Importância do zinco na nutrição humana. Revista de Nutrição. V.17. 1.ed; 79-87, 2004
  • DELLA TORRE, jussara; BERAQUET, Nelson J. Composição centesimal e teor de colágeno em carne bovina moída. Revista Instituto Adolfo Lutz. Vol.64. 2.ed; 223-231, 2005
  • MELLO,L M Juliana . Caracterização Física E Química Da Carne De Peito De Aves De Diferentes Idades Submetida À Maturação. tese de doutoramento, 2016. Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias – Unesp.
  • FERREIRA, F Mirele. Extração E Caracterização De Gelatina Proveniente De Subprodutos Do Frango: Pés. conclusão de curso, 2013. Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR.
  • SILVA, Tatiane Ferreira. Colágeno: Características químicas e propriedades funcionais. Rev Inst Adolfo Lutz. 71. 3; 530-539, 2012
  • OLIVEIRA, M Vagne . Colágeno: características gerais e produção de peptídeos bioativos - uma revisão com ênfase nos subprodutos do pescado. Acta of Fisheries and Aquatic Resources. Vol.5. 2.ed; 56-68, 2017
Mais sobre este assunto: