Bergamota: 8 benefícios e como consumir (com receitas)

Setembro 2021

A bergamota, conhecida também como mexerica, mimosa, mandarina ou pelo nome científico de Citrus deliciosa Tenore, é uma fruta da família das tangerinas, sendo rica em vitamina C, vitamina A e antioxidantes que ajudam a prevenir alguns problemas de saúde, como gripes, câncer, anemia ou infarto.

Além disso, a bergamota ainda tem ótimas quantidades de potássio, fibras e água, que ajudam na eliminação das fezes e no controle dos níveis de glicose no sangue, combatendo e evitando a prisão de ventre e a diabetes.

A bergamota é menor, mais achatada e tem a casca mais lisa e fina que outros tipos de tangerina e pode ser encontrada em feiras ou supermercados, sendo normalmente consumida em sua forma natural, em sucos, licores, saladas, bolos ou molhos. Já a casca e a folha da bergamota podem ser usadas em chás e em óleos essenciais, que são comercializados em lojas de produtos naturais.

Existe outro tipo de bergamota, conhecida como “bergamota verde” ou pelo nome científico de Citrus bergamia. Este tipo de bergamota é pouco conhecido, sendo usado somente para a produção de óleos essenciais.

Bergamota: 8 benefícios e como consumir (com receitas)

Os principais benefícios para a saúde com o consumo da bergamota são:

1. Controlar e prevenir diabetes

Comer a bergamota com o bagaço ajuda a controlar e prevenir a diabetes, pois a pectina, que é a fibra presente na fruta, ajuda a diminuir a velocidade de digestão dos alimentos e a absorção de açúcar no intestino, controlando os níveis de glicose e do hormônio insulina no sangue.

Além disso, por ser rica em fibras solúveis, a bergamota promove a saciedade, diminuindo a fome e a vontade de comer doces. Conheça outros alimentos ricos em fibras solúveis e seus benefícios.

2. Diminuir triglicerídeos e colesterol

As folhas e cascas da bergamota são ricas em óleos essenciais antioxidantes, como limoneno e o terpineno, que combatem os radicais livres, evitando a oxidação das células de gordura e diminuindo os níveis de triglicerídeos e colesterol no sangue. Além disso, a fibra pectina, presente em grandes quantidades na bergamota, reduz a absorção no intestino de gordura dos alimentos, diminuindo os níveis de colesterol total e colesterol LDL, prevenindo doenças como aterosclerose e infarto.

3. Promover a perda de peso

A bergamota é rica em fibras solúveis e água que atuam prolongando a saciedade e diminuindo a fome, promovendo, assim, a perda de peso.

Além disso, a fruta também tem poucas calorias, sendo uma ótima opção para incluir no cardápio para quem deseja perder peso.

4. Ajudar no tratamento do estresse e ansiedade

Os óleos essenciais de bergamota têm ação calmante no sistema nervoso central, melhorando o humor e diminuindo a frequência dos batimentos cardíacos, sendo uma boa opção para o tratamento do estresse e da ansiedade. Veja os tipos e como usar os óleos essenciais para tratar ansiedade.

5. Prevenir e controlar a pressão alta

Por ser rica em água e potássio, a bergamota é uma fruta que ajuda a eliminar o excesso de sódio do organismo pela urina, prevenindo e controlando a pressão alta. Veja como incluir outros alimentos ricos em potássio no dia a dia.

Além disso, a bergamota é rica em antioxidantes, como a vitamina A e vitamina C, que combatem e previnem o excesso de radicais livres no organismo, mantendo a saúde das artérias e melhorando a circulação de sangue.

6. Manter o bom funcionamento do intestino

A bergamota é uma fruta rica em pectina, uma fibra prebiótica que serve de alimento para as bactérias benéficas do intestino, mantendo o bom funcionamento do intestino.

A fruta também é rica em água, que, junto com as fibras, ajudam a formar o bolo fecal e a facilitam a eliminação das fezes.

7. Auxiliar no tratamento da anemia

Por ser rica em vitamina C, a bergamota ajuda na absorção de ferro dos alimentos, especialmente o ferro presente em leguminosas e vegetais, ajudando na formação da hemoglobina e tratando a anemia. Conheça outros alimentos ricos em vitamina C.

8. Prevenir câncer

A bergamota é rica em antioxidantes como o ácido cítrico, a vitamina C, vitamina A, flavonoides e óleos essenciais, que fortalecem o sistema imunológico, ajudando no combate ao câncer.

Além disso, os antioxidantes da fruta também protegem as células do organismo contra os radicais livres, prevenindo alguns tipos de câncer, como de mama, intestino e próstata.

Diferença entre bergamota, ponkan e tangerina

A tangerina é um grupo de frutas cítricas que engloba alguns subtipos, incluindo a bergamota e a ponkan. Conheça mais sobre a tangerina e seus benefícios para a saúde.

A tangerina ponkan, conhecida cientificamente por Citrus articulata, é grande e pesada, além de ter a casca grossa e porosa. Como a casca da fruta é mais “solta”, a ponkan costuma ser mais fácil de descascar.

Tangerina ponkan
Tangerina ponkan

Já a bergamota é uma tangerina menor, mais leve e tem a casca mais lisa e mais “agarrada” à fruta do que a ponkan, sendo um pouco mais difícil de descascar.

Tabela de informação nutricional

A tabela a seguir traz a informação nutricional de 100 g, o que corresponde a 1 unidade pequena, de bergamota fresca:

Componentes

100g (1 unidade pequena) de bergamota

Energia

44 Kcal

Proteínas

0,7 g

Carboidratos

8,7 g

Gorduras

0,1 g

Água

88,2 g

Fibras

1,7 g

Vitamina A

33 mcg

Carotenos

200 mcg

Vitamina C

48,8 mg

Cálcio

30 mg

Magnésio

9 mg

Potássio

240 mg

Para se obter os benefícios da bergamota, é importante que a fruta seja consumida em uma alimentação balanceada e associada à prática regular de atividade física.

Como consumir

A bergamota pode ser consumida inteira ou em sucos, na preparação de molhos e bolos. Já as folhas e cascas são normalmente consumidas em chás e em óleos essenciais que podem ser usados em banhos de imersão, em colares aromáticos ou aplicados na pele.

  • Chá de bergamota: o chá de bergamota pode ser feito adicionando 1 colher de sopa das folhas limpas e frescas em 1 xícara de água fervente. Tampar a xícara e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Coar e beber. Outra forma de fazer o chá é ferver a casca de 1 bergamota fresca em 250 ml de água por 10 a 15 minutos. Esperar amornar, coar e beber;
  • Óleo essencial: o óleo essencial de bergamota pode ser usado em banho de imersão, misturando 21 gotas do óleo essencial em 5 colheres de sopa de óleo vegetal, como coco, jojoba ou azeite, e diluir essa mistura na água da banheira, relaxando por 20 minutos. Conheça outros banhos de imersão relaxantes.

Outra forma de usar o óleo essencial de bergamota é adicionar 3 gotas do óleo em um colar aromático, 3 vezes no máximo por dia. Por ser fotossensibilizante, é importante não se expor ao sol até 6 horas de uso do óleo essencial de bergamota.

Receitas saborosas com bergamota

Algumas receitas saborosas e fáceis coma bergamota são:

1. Bolo de bergamota

Bergamota: 8 benefícios e como consumir (com receitas)

Ingredientes:

  • Suco caseiro de 3 bergamotas sem casca e sem semente;
  • Raspas da casca de 3 bergamotas;
  • 3 ovos;
  • ½ xícara de açúcar mascavo;
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo;
  • 1 xícara de chá de óleo de coco ou azeite;
  • ½ colher de chá de sal;
  • 1 colher de sopa de fermento em pó.

Modo de preparo:

Untar uma forma com manteiga e farinha de trigo e reservar. Preaquecer o forno a 200 ºC. Em uma tigela, misturar bem o açúcar com as raspas da bergamota. Acrescentar a farinha, o fermento, o sal e reservar. Em outra tigela, misturar com uma colher ou espátula, o suco das bergamotas, os ovos e o óleo até ficarem bem homogêneos. Acrescentar essa mistura aos ingredientes secos e mexer bem. Transferir a massa para a forma e levar ao forno por 30 a 40 minutos. Aguardar amornar e servir.

2. Ceviche de salmão com suco de bergamota

Ingredientes:

  • 300 g de filé de salmão sem espinhas e cortado em tiras;
  • Suco caseiro de 1 bergamota gelada;
  • 1 colher de sopa de suco de limão;
  • 1 colher de sopa de raspas da casca de bergamota;
  • 1 colher de sopa de azeite extra virgem;
  • 1 colher de chá de pimenta dedo de moça sem sementes fatiada;
  • Sal e pimenta do reino à gosto;
  • 1 colher de chá de cebolinha picada;
  • 1 colher de chá de coentro picado.

Modo de preparo:

Misturar o suco da bergamota e do limão ao salmão e colocar em pote com tampa na geladeira por 1 hora. Retirar o peixe da marinada, escorrendo o excesso de líquido. Misturar ao peixe as raspas de bergamota, o azeite e a pimenta dedo de moça. Acrescentar o sal e a pimenta do reino. Polvilhar as folhas de cebolinha e de coentro picadas e servir.

3. Smoothie de bergamota com banana

Ingredientes:

  • 2 bananas prata;
  • Suco caseiro de 1 bergamota;
  • 120 g de iogurte natural integral;
  • 3 pedras de gelo;
  • 3 folhas de hortelã.

Modo de preparo:

Descascar e cortar as bananas em rodelas e colocar no liquidificador. Adicionar os demais ingredientes ao liquidificador e bater por 2 a 3 minutos ou até a mistura ficar cremosa. Transferir para um copo e servir.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • PLATAFORMA PORTUGUESA DE INFORMAÇÃO ALIMENTAR . Composição de Alimentos: Maracujá. Disponível em: <http://portfir.insa.pt/foodcomp/food?19739>. Acesso em 10 Set 2021
  • TEIXEIRA, F, João Paulo et al. Caracterização dos óleos essenciais em frutos de nove genótipos de tangerina. Citrus Research & Technology . Vol.35. 1.ed; 1-10, 2014
  • EMPBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Diferenciação das Tangerineiras Mais Cultivadas no Rio Grande do Sul. 2018. Disponível em: <https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/bitstream/doc/1097073/1/Documentos453web.pdf>. Acesso em 10 Set 2021
  • LIU, YuQiu et al. History, Global Distribution, and Nutritional Importance of Citrus Fruits. Comprehensive Reviews in Food Science and Food Safety. Vol.11. 530-545, 2012
  • MANNUCCI, Carmen et al. Clinical Pharmacology of Citrus bergamia: A Systematic Review. Phytotherapy Research. Vol.31. 1.ed; 27-39, 2017
Mais sobre este assunto: