Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Para que serve o colágeno: 7 dúvidas comuns

O colágeno é uma proteína do corpo humano que dá sustentação à pele e às articulações. No entanto, por volta dos 30 anos de idade, a produção natural de colágeno no corpo diminui 1% a cada ano, deixando as articulações mais frágeis e a pele mais flácida, com linhas de expressão e rugas.

Além da perda natural de colágeno com a idade, outros fatores que também influenciam a diminuição da produção natural de colágeno incluem as mudanças hormonais, estresse, má alimentação e abuso de álcool e do cigarro.

Assim, para garantir as necessidades diárias de colágeno é aconselhado investir nos alimentos que favorecem a sua produção como carnes brancas e vermelhas e ovo de galinha, bem como nos suplementos de colágeno, sob indicação do médico ou nutricionista.

Para que serve o colágeno: 7 dúvidas comuns

Esclareça as dúvidas mais comuns sobre o colágeno:

1. Para que serve o colágeno?

O colágeno é naturalmente produzido pelo organismo e serve para dar sustentação aos tecidos do corpo, como a pele, articulações, vasos sanguíneos e músculos, deixando-os sempre firmes. No entanto após esta idade, sua produção começa a diminuir, aparecendo os primeiros sinais de envelhecimento. Conheça mais benefícios do colágeno.

2. Porque a perda de colágeno prejudica a saúde?

O colágeno é a principal molécula responsável pela elasticidade e consistência da pele e das cartilagens dentro das articulações. Por volta dos 30 anos, a produção de colágeno pelos fibroblastos diminui e aumenta a ação das enzimas que o degradam, e este desequilíbrio acelera o processo de envelhecimento. A pele torna-se mais flácida, as linhas de expressão no rosto começam a aparecer, pode-se notar uma linha entre o canto do nariz e a boca, as pálpebras podem ficar mais caídas e os pés de galinha podem surgir.

Além disso, as articulações começam a ficar mais frouxas e, com o passar do tempo, vão-se tornando mais instáveis, favorecendo a artrose e o contacto entre os ossos, causando dor e desconforto.

3. Quais são as fontes de colágeno?

Os alimentos ricos em proteínas como carnes de vaca, frango, porco, peru, peixe e ovos são as principais fontes de colágeno, mas para garantir a sua produção também é necessário ingerir ômega 3 e vitamina C na mesma refeição. Confira a quantidade ideal que deve ser consumida diariamente.

4. Qual a vantagem de tomar colágeno hidrolisado?

A principal vantagem de tomar o suplemento de colágeno hidrolisado é garantir que o corpo recebe a quantidade ideal todos os dias e, como ele é fracionado, é mais facilmente absorvido. Este suplemento contém altas concentrações de prolina, hidroxiprolina, alanina e lisina, que correspondem ao colágeno hidrolisado, e estimulam a produção das fibras de colágeno tipo 2, no organismo.

A partir dos 30 anos de idade, as pessoas podem começar a investir numa maior ingestão de alimentos que favorecem a produção de colágeno, mas a suplementação é especialmente indicada para quem pratica atividade física com muita intensidade ou diariamente. A partir dos 50 anos de idade, o médico ou nutricionista poderá indicar a suplementação para melhorar a sustentação da pele, a saúde das articulações e melhorar o estado dos ossos e prevenir a perda óssea.

5. Colágeno hidrolisado engorda?

Cerca de 9 gramas de colágeno hidrolisado têm 36 calorias, o que é um valor muito baixo, por isso este suplemento não engorda. Além disso, este suplemento também não aumenta o apetite nem causa retenção de líquidos.

6. Qual o risco de consumir mais de 10 g diariamente?

A quantidade ideal de colágeno que deve ser consumido por dia é de cerca de 9 gramas, o que já inclui a quantidade que deve ser consumida através dos alimentos. O risco de consumir mais de 10 g por dia é o de sobrecarregar os rins, porque todo colágeno excedente será eliminado através da urina.

7. Porque as mulheres sofrem mais com a perda de colágeno?

O estrogênio é um dos hormônios que ajuda a sintetizar o colágeno e além das mulheres terem naturalmente uma menor quantidade de colágeno no corpo que os homens, com o processo natural do envelhecimento essa quantidade diminui, e assim as mulheres podem apresentar os primeiros sinais de envelhecimento, na pele e nas articulações, mais cedo que os homens da mesma idade.

A principal fonte de colágeno são as proteínas, e no caso de vegetarianos que optam por não consumir proteína de origem animal pode ser um pouco mais difícil conseguir atingir a dose diária recomendada. Assim, quem é vegetariano deve ser orientado por um nutricionista para que, através da combinação de alimentos de origem vegetal, consiga garantir a quantidade de colágeno que o corpo precisa, como arroz e feijão, soja e trigo ou castanhas e milho, por exemplo.

Uma outra possibilidade é tomar o suplemento de colágeno de origem vegetal, como o Vegan Protein W-Pro, da Unilife que contém os aminoácidos que são importantes para a formação de colágeno no corpo, ou comprar numa farmácia de manipulação uma combinação de aminoácidos como prolina e glicina, que pode ser indicado pelo nutricionista.


Bibliografia

  • SILVA, Tatiane Ferreira. Colágeno: Características químicas e propriedades funcionais. Rev Inst Adolfo Lutz. 71. 3; 530-539, 2012
  • PORFIRIO, Elisângela; FANARO, Gustavo Bernardes. Suplementação com colágeno como terapia complementar na prevenção e tratamento de osteoporose e osteoartrite: uma revisão sistemática. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol. 19. 1; 153-164, 2016
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem