Café verde: para que serve e como tomar

Setembro 2021

O café verde, do inglês green coffee, é um suplemento alimentar rico em ácido clorogênico e cafeína, que têm ação antioxidante e termogênica, que age estimulando o metabolismo e fazendo com que o organismo gaste mais energia mesmo em repouso, além dificultar a absorção de gordura, sendo indicado para emagrecer. Além disso, o café verde ajuda a reduzir a absorção de glicose após as refeições, o que pode ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue.

Esse suplemento alimentar é preparado com os grãos verdes do café que não foram torrados, o que permite manter uma maior quantidade das suas substâncias ativas, especialmente o ácido clorogênico, que são perdidas quando os grãos são torrados, e pode ser encontrado em lojas de produtos naturais, farmácias ou drogarias na forma de cápsulas.

O café verde deve ser usado com orientação médica ou do nutricionista, pois deve-se considerar o consumo total diário de cafeína, inclusive dos alimentos e bebidas, para não ultrapassar a quantidade de cafeína que pode ser consumida por dia e causar efeitos colaterais como insônia, agitação ou até palpitação cardíaca.

Café verde: para que serve e como tomar

Para que serve

O suplemento de café verde tem propriedades antioxidantes e termogênicas, especialmente devido ao ácido clorogênico presente em sua composição e, por isso, pode ser indicado para auxiliar no tratamento de obesidade, diabetes ou pressão alta em hipertensos leves.

Além disso, por conter cafeína, o café verde pode ajudar a melhorar a disposição, a sensação de bem estar e a reduzir a sonolência e o cansaço.

Café verde emagrece?

O café verde em cápsulas pode ajudar a emagrecer por ter um efeito termogênico, estimulando o metabolismo e fazendo com que o organismo gaste mais energia e aumente a queima de gordura. 

No entanto, para obter esse benefício, o ideal é que o uso dessas cápsulas esteja associado à prática de atividades físicas e a uma alimentação equilibrada, rica em frutas, vegetais e carne magra, que podem ser consumidos nas principais refeições ou em lanches como sucos ou vitaminas, por exemplo. Confira algumas receitas de sucos de frutas que ajudam a aumentar o metabolismo e emagrecer

Como tomar 

O suplemento de café verde em cápsulas deve ser tomado por via oral, e a dose recomendada é de 1 cápsula de 200 mg pela manhã e outra cápsula vinte minutos antes do almoço, totalizando 2 cápsulas de 200 mg diárias.

Por conter cafeína, deve-se evitar tomar a cápsula de café verde à noite, pois pode atrapalhar o descanso e o sono.

Possíveis efeitos colaterais 

O suplemento de café verde é considerado seguro quando utilizado nas doses recomendadas e por até 12 semanas de tratamento. No entanto, quando consumido em excesso ou por tempo prolongado, pode causar efeitos colaterais como ansiedade, irritabilidade, agitação, insônia, tontura, tremores e batimentos cardíacos acelerados. Também pode ter um efeito irritativo no estômago e intestino, podendo causar, enjôo, vômitos ou diarréia.

Além disso, pessoas que não estão habituadas a tomar café podem sentir dor de cabeça, no início do tratamento, devido a quantidade aumentada de cafeína na circulação sanguínea. 

Quem não deve usar

O suplemento de café verde não deve ser usado por crianças, por mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas com pressão alta, úlceras no estômago ou que tenham doenças no coração como arritmia cardíaca, por exemplo.

Além disso, por conter cafeína, o café verde deve ser evitado por pessoas que sofrem de glaucoma, insônia, ansiedade, enxaqueca, zumbido e labirintite, pois pode piorar os sintomas.

O café verde também não deve ser usado junto com outros suplementos que contenha cafeína, pois pode aumentar o risco de efeitos colaterais.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • FARAH, A.; et al. Chlorogenic acids from green coffee extract are highly bioavailable in humans. J Nutr. 138. 12; 2309-15, 2008
  • SANLIER, N.; ATIK, A.; ATIK, I. Consumption of green coffee and the risk of chronic diseases. Crit Rev Food Sci Nutr. 59. 16; 2573-2585, 2019
  • LUDWIG, I. A.; et al. Coffee: biochemistry and potential impact on health. Food Funct. 5. 8; 1695-717, 2014
  • KOMORITA, Y.; et al. Additive effects of green tea and coffee on all-cause mortality in patients with type 2 diabetes mellitus: the Fukuoka Diabetes Registry. BMJ Open Diabetes Res Care. 8. 1; e001252, 2020
  • TEMPLE, J. L.; et al. The Safety of Ingested Caffeine: A Comprehensive Review. Front Psychiatry. 8. 80, 2017
  • BAUER, D.; et al. Effect of Roasting Levels and Drying Process of Coffea canephora on the Quality of Bioactive Compounds and Cytotoxicity. Int J Mol Sci. 19. 11; 3407, 2018
  • CHOI, B. K.; et al. Green coffee bean extract improves obesity by decreasing body fat in high-fat diet-induced obese mice. Asian Pac J Trop Med. 9. 7; 635-43, 2016
Mais sobre este assunto: