Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Benefícios do azeite

O azeite de oliva é feito a partir das azeitonas e tem vantagens e benefícios que vão além da saúde e da culinária, como auxílio no emagrecimento e ação hidratante para pele e cabelos.

Porém, para aproveitar as propriedades do azeite, seu consumo ou uso não precisam ser exagerados, ainda mais se o objetivo for emagrecer. A recomendação de consumo é de 1 colher de sobremesa por dia.

5 benefícios para a saúde

O consumo de azeite deve ser regular e preferencialmente na finalização dos pratos, evitando-se o seu uso excessivo e em preparações fritas, por exemplo. Os principais benefícios são:

  1. Reduz o colesterol ruim, por ser rico em gorduras monoinsaturadas. Veja como usar o azeite para este caso;
  2. Previne aterosclerose e protege o coração, por ser rico em compostos fenólicos e vitamina E, que são fortes antioxidantes;
  3. Previne doenças como câncer e diabetes tipo 2, por conter antioxidantes e por agir no hipotálamo, estimulando a saciedade;
  4. Atua como anti-inflamatório e fortalece o sistema imunológico, por conter uma substância anti-inflamatória, o oleocanthal;
  5. Reduz a pressão arterial, por facilitar a circulação sanguínea, já que estimula a dilatação dos vasos.

O melhor azeite é o azeite extra-virgem, pois sua produção preserva todos os nutrientes do produto e garante todos os benefícios desse óleo. Para conferir se um azeite é extra-virgem, deve-se procurar pela informação de acidez no rótulo, que não deverá ser maior do que 0,8%.

Outros tipos de azeite, como o composto e o refinado, passam por processos que fazem com que o óleo perca nutrientes e qualidade de gorduras. Sendo assim, sempre que possível, deve-se preferir consumir o azeite extra-virgem em saladas e para finalizar preparações, por ter mais qualidade que os outros tipos de azeite

Benefícios do azeite

Como usar o azeite para emagrecer

O azeite controla a saciedade e previne o intestino preso, aliviando o inchaço. Por essas razões ele ajuda no processo de emagrecimento.

Incluir o azeite nos pratos aumenta a quantidade de gordura saudável da comida e faz com que ela demore mais tempo para ser digerida, o que prolonga a saciedade e evita a fome fora de hora. Além disso, o consumo adequado de azeite lubrifica as fezes e age no funcionamento do intestino tornando-o regular, o que reduz o inchaço da barriga, melhora a absorção de nutrientes e favorece o emagrecimento.

Apesar disso, ele é um óleo e, mesmo sendo saudável, pode engordar quando consumido em grande quantidade. Por isso, deve-se priorizar seu uso em saladas e na finalização de pratos e não no preparo dos alimentos, onde a quantidade utilizada é menos controlada. O uso de um bico dosador ou de uma colher podem ajudar medir a quantidade ideal de azeite.

Como usar o azeite nos cabelos

O principal benefício do uso do azeite nos cabelos é a hidratação. Sua excelente composição de óleos e vitamina E é capaz de hidratar e recuperar os fios danificados, reduzindo o frizz e as pontas duplas. 

O azeite pode ser utilizado diretamente no cabelo quando estão muito ressecados. Confira o passo-a-passo:

  1. Para um cabelo comprido, separe 1/4 de xícara de chá de azeite. Cabelos mais curtos irão precisar de menos quantidade;
  2. Após lavar os cabelos com shampoo, divida-os em mechas e, ainda molhados, molhe as pontas dos dedos no azeite e passe nas mechas até as pontas. Não é recomendado passar diretamente no couro cabeludo, já que isso pode aumentar a oleosidade;
  3. Prenda os cabelos e deixe hidratar por 15 minutos. Se preferir, cubra com uma touca;
  4. Lave bem os cabelos com shampoo para retirar todo o azeite e não deixar os cabelos pesados.

O uso do azeite nos cabelos é especialmente indicado para cabelos ondulados, cacheados e crespos que, normalmente, são mais secos do que os fios lisos. Outra maneira de utilizar o azeite nos cabelos é combinando-o com ingredientes para criar máscaras hidratantes. Confira algumas receitas aqui.

É importante lembrar de não aquecer o cabelo com secador ou chapinha quando ele ainda está coberto de azeite, pois isso pode danificar o cabelo. Também é recomendado que haja um intervalo médio de 15 dias entre as aplicações do óleo para não prejudicar os fios.

Como usar o azeite na pele

O azeite age como um hidratante para peles secas, melhorando a elasticidade e a vitalidade da pele. A vitamina E, por ser um antioxidante, previne rugas e o envelhecimento precoce.

O azeite pode ser utilizado diretamente na pele, misturado a cremes específicos para o rosto ou como um ingrediente para fazer uma massagem esfoliante.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...