10 benefícios da massagem relaxante para a saúde

Revisão clínica: Marcelle Pinheiro
Fisioterapeuta
fevereiro 2022

A massagem é uma prática manual que utiliza de técnicas de deslizamento, fricção e amassamento das partes do corpo com o objetivo de estimular o sistema circulatório, linfático, nervoso e energético, proporcionando a descontração do corpo e da mente, combatendo a fadiga física e mental.

Os benefícios da massagem podem ser observados durante a sua realização, no entanto costumam ser mais evidentes quando a prática torna-se frequente, ou seja, quando a pessoa realiza massagem pelo menos 1 vez pode semana.

A massagem pode ser realizada por um profissional capacitado, que poderá indicar o melhor tipo de massagem e a técnica mais adequada para o objetivo, no entanto é possível também realizar uma automassagem para aliviar os pontos de tensão e promover o relaxamento, sendo principalmente indicado para pessoas que ficam muito tempo sentadas, por exemplo.

Os benefícios da massagem, além do relaxamento do corpo e da sensação de bem-estar, incluem:

  1. Controle do estresse;
  2. Diminuição da ansiedade;
  3. Alívio da tensão e das dores musculares;
  4. Melhora da circulação sanguínea, elasticidade da pele e sistema imune;
  5. Diminuição da pressão arterial no caso de pacientes hipertensos;
  6. Alívio das dores de cabeça;
  7. Diminuição do cansaço;
  8. Estimulação e equilíbrio do sistema intestinal;
  9. Eliminação de toxinas e resíduos metabólicos;
  10. Diminuição das insônias.

Para obter todos os benefícios proporcionados pela massagem, é interessante que seja realizada por um profissional capacitado, pois assim pode ser aplicada a técnica mais adequada para o objetivo.

Tipos de massagens

Existem diferentes tipos de massagem que se concentram em diferentes partes do corpo e que são utilizadas consoante o objetivo da pessoa. As massagens podem ser classificadas em quatro tipos principais:

  1. Massagem terapêutica, que é indicada no tratamento de dores e disfunções;
  2. Massagem preventiva, que é direcionada para o relaxamento, manutenção do bem-estar e prevenção de lesões;
  3. Massagem desportiva, que tem como objetivo promover o aquecimento e recuperação muscular;
  4. Massagem estética, que tem função modeladora e drenante.

Dentro destes grupos, existem várias técnicas diferentes, em que podem ser usados aparelhos, óleos ou pedras quentes, por exemplo, que potencializam as propriedades da massagem.

Veja os benefícios dos óleos essenciais para a massagem.

Como fazer uma automassagem

A automassagem é ótimo para ajudar a aliviar a tensão do dia-a-dia e evitar dores no pescoço, por exemplo, podendo ser feita em qualquer ambiente e dura cerca de 5 minutos. A automassagem pode ser feita seguindo os passos a seguir:

  1. Sentado numa cadeira, fechar os olhos, apoiar bem toda a coluna nas costas da cadeira e deixar os braços estendidos ao lado do corpo;
  2. Respirar profundamente 3 vezes seguidas e colocar a mão direita apoiada sobre o ombro esquerdo e apertar toda a região, que vai da nuca até o ombro, tentando relaxar. Repetir o mesmo procedimento no outro lado;
  3. Apoiar as duas mãos na nuca e no pescoço e, com as pontas dos dedos, fazer uma pequena massagem, como se estivesse digitando na nuca, e voltar a fazer a massagem desde o pescoço até os ombros;
  4. Colocar as duas mãos na cabeça e com as pontas dos dedos fazer uma suave massagem em todo couro cabeludo.

Esta massagem deve durar pelo menos 5 minutos para que tenha o efeito esperado, e pode ser feita em casa, na escola ou no trabalho, sendo principalmente indicada para as pessoas que passam o dia sentadas ou que encontram-se constantemente em situações de estresse.

Além da automassagem relaxante, é importante adotar outras atitudes que ajudam a relaxar, como a prática de meditação, massagem com óleos essenciais e a prática de atividade física, por exemplo. Assim, é possível diminuir o estresse e aliviar a tensão do dia-a-dia, ajudando a relaxar.

Quem não é indicada

Apesar da massagem ter diversos benefícios para a saúde, a sua realização não é indicada em algumas situações, principalmente quando a pessoa tem algum osso partido, em caso de osteoporose, distúrbios hemorrágicos, feridas abertas, câncer ou outras condições médicas que possam ser agravadas com a massagem.

Além disso, as grávidas devem evitar receber massagens durante o primeiro trimestre, a não ser que seja recomendado pelo médico.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em fevereiro de 2022. Revisão clínica por Marcelle Pinheiro - Fisioterapeuta, em fevereiro de 2022.
Revisão clínica:
Marcelle Pinheiro
Fisioterapeuta
Formada em Fisioterapia pela UNESA em 2006 com registro profissional no CREFITO- 2 nº. 170751 - F e especialista em dermatofuncional.