Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Massagem Shantala: Como fazer e benefícios para o bebê

A massagem Shantala é um tipo de massagem indiana, excelente para acalmar o bebê, fazendo-o ter mais consciência do seu próprio corpo e que aumenta o vínculo afetivo entre a mãe/pai e o bebê. Para isso é necessário o olhar atento e terno da mãe ou do pai para o bebê durante toda a massagem, que pode ser realizada logo após o banho, diariamente, ainda com o bebê nu, mas completamente confortável. 

Essa massagem gera estímulos táteis, cerebrais e motores no bebê, o que pode melhorar sua saúde digestiva, respiratória e circulatória, além de permitir uma maior interação entre o cuidador e o bebê. Essa massagem pode ser feita desde o 1º mês de vida, desde que o bebê esteja receptivo, isto é, não esteja com fome, sujo ou desconfortável. Você pode escolher o momento que achar mais conveniente para realizar esta massagem e é importante que durante toda massagem esteja presente a 100%, não assistindo TV ou no celular. 

Massagem Shantala: Como fazer e benefícios para o bebê

Como fazer a massagem Shantala 

Antes de começar a massagem, coloque um pouco de óleo para massagem na palma das mãos, que pode ser de amêndoas doces ou de semente de uva, e esfregue nas mãos de forma a aquecê-la ligeiramente e siga os seguintes passos:

  • Rosto: Coloque o bebê de frente para você e trace com os polegares pequenas linhas horizontais no rosto, massageie as bochechas e faça movimentos circulares próximo ao canto dos olhos.
  • Peito: Deslize suas mãos do meio do peito do bebê em direção às axilas.
  • Tronco: Com um toque suave, deslize as mãos da barriga em direção aos ombros, formando um X sobre o abdômen do bebê.
  • Braços: Deslize suas mãos do meio do peito do bebê em direção às axilas. Massageie um braço de cada vez.
  • Mãos: Esfregue seus polegares da palma da mão do bebê até os dedinhos. Um por um, suavemente, tentando que o movimento seja constante.
  • Barriga: Usando a lateral das mãos, deslize suas mãos sobre o abdômen do bebê, desde a parte final das costelas, passando pelo umbigo até a parte genital.
  • Pernas: Com a mão em forma de bracelete, deslize sua mão desde a coxa até os pés e, depois, a seguir, com as duas mãos, faça um movimento giratório, de vai-e-vem, desde a virilha até o tornozelo. Faça uma perna de cada vez. 
  • Pés: Deslize seus polegares na planta do pé fazendo, no final, uma massagem suave em cada dedinho.
  • Costas e bumbum: Vire o bebê de barriga para baixo e deslize suas mãos das costas até o bumbum.
  • Alongamentos: Cruze os braços do bebê sobre sua barriguinha e depois abra os braços, depois cruze as perninhas do bebê sobre o abdômen e estique as perninhas. 

Cda movimento deve ser repetido cerca de 3 a 4 vezes.

Dicas para fazer uma boa massagem 

Ao fazer esta massagem procure olhar sempre nos olhos do bebê e ir conversando com ele em todo o momento e aprecie cada instante. Esta massagem dura em média 10 minutos e pode ser feita todos os dias, melhores resultados são observados quando é realizada logo após o banho.

Não é necessário usar uma grande quantidade de óleo durante a massagem, somente o necessário para as mãos deslizarem, mas se exagerar na dose em algum momento, pode-se retirar o excesso de óleo do corpo do bebê com uma toalha ou papel-toalha que deve ser usado pressionado levemente a região, sem esfregar a pele.

Alguns pais preferem fazer a massagem primeiro, e dar banho no bebê a seguir, e nesse caso, o banho de imersão na banheira mantendo somente a cabecinha do bebê de fora da água, é uma forma relaxante de terminar esse momento. 

Principais vantagens da massagem Shantala 

A massagem Shantala consegue manter o bebê mais calmo em seu dia-a-dia, melhora a circulação sanguínea, torna os pais e o bebê mais próximos fortalecendo o vínculo de confiança entre eles. Com esse tipo de estímulo o bebê aprende a ter mais consciência do seu próprio corpo, e ainda existem outros benefícios como:

  • Melhora da digestão, o que ajuda a combater o refluxo e as cólicas intestinais; 
  • Melhora da respiração;
  • O bebê fica mais calmo, quando nota que tem atenção diariamente;
  • Promove o bem-estar;
  • Melhora o sono, tornando-o mais tranquilo e com menos despertares noturnos.

A Shantala também é considerada uma arte, de dar e receber amor, e pode ser feita desde o 1º mês de vida até quando os pais e o bebê desejarem, mas não deve ser realizada se o bebê estiver com febre, chorando ou parecer irritado. 

Veja também como parar o choro do bebê em: 6 maneiras de fazer o bebê parar de chorar.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar