Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quais os possíveis benefícios da Autohemoterapia

A autohemoterapia é uma técnica de tratamento na qual se retira uma amostra de sangue e depois se volta a injetá-la diretamente em uma veia ou no músculo, por exemplo.

Geralmente, este tipo de tratamento é feito para estimular o sistema imune e, por isso pode ser usado para aliviar os sintomas de vários problemas de saúde, como artrite, gota ou alergias.

No entanto, está é uma técnica ainda pouco estudada e não aprovada pela Anvisa. Assim, embora possa ter benefícios em alguns casos, também pode apresentar diversos riscos para a saúde.

Quais os possíveis benefícios da Autohemoterapia

Possíveis benefícios da autohemoterapia

A autohemoterpia parece ajudar a reduzir os sintomas e acelerar o tratamento de algumas doenças, que incluem:

  • Artrite reumatoide;
  • Gota;
  • Bronquite;
  • Alergias;
  • Doença de Crohn;
  • Herpes;
  • Acne;
  • Problemas de circulação;
  • Eczema;
  • Úlceras nas pernas;
  • Infecções por fungos.

Em alguns casos, no sangue injetado da própria pessoa, pode ainda ser adicionado ozono ou preparados de plantas medicinais, para obter maior alívio dos sintomas. Por exemplo, o ozono parece melhorar a oxigenação do sangue e, por isso, pode ajudar nos casos de má circulação. Já o uso de plantas medicinais, como a equinácea, pode estimular o corpo para combater infecções por vírus.

Como é feita a autohemoterapia

Para iniciar este tipo de tratamento o médico retira entre 50 a 300 ml de sangue para um recipiente esterilizado e com heparina, uma substância que impede que o sangue coagule. Depois esse sangue é recolocado no corpo em até 30 minutos após ter sido retirado. Durante os 30 minutos, o médico pode colocar ozono ou um preparado de plantas medicinais nesse sangue.

Porque pode funcionar

O efeito benéfico da hemoterapia parece estar relacionado à presença de antigênios no sangue injetado, que estimulam o corpo a produzir anticorpos, o que torna o sistema imune mais forte para lutar contra a doença que está se desenvolvendo.

Isto é, quando o sangue é injetado novamente no corpo, o organismo começa a atacar esse sangue porque contém vestígios da doença que está se desenvolvendo. Quando isso acontece, o corpo vai ganhando maior resistência contra a doença e, por isso, consegue eliminá-la mais rapidamente.

Quais os riscos para a saúde

Embora pareça ter vários benefícios para o tratamento de diversas doenças, a autohemoterapia não é aprovada pela Anvisa e, por isso, não deve ser utilizada. Isso acontece porque ainda são necessários vários testes para entender os efeitos deste tratamento, assim como identificar possíveis riscos para a saúde.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...