Astigmatismo: o que é, sintomas, teste e tratamento

O astigmatismo é um problema nos olhos que faz com que se enxergue os objetos muito embaçados, provocando dores de cabeça e cansaço dos olhos, especialmente quando está associado a outros problemas de visão como a miopia. Geralmente, o astigmatismo surge desde o nascimento, devido a uma alteração da curvatura da córnea, que está redonda e não oval, fazendo com que os raios de luz se concentrem em vários locais da retina em vez de se focarem em apenas um, tornando a imagem menos nítida.

O astigmatismo pode ter cura através da cirurgia ocular que pode ser feita, geralmente, após os 21 anos e que, normalmente, faz com que o paciente deixe de usar óculos ou lentes de contato para conseguir enxergar corretamente.

Astigmatismo: o que é, sintomas, teste e tratamento

Sintomas de astigmatismo

Os sintomas de astigmatismo surgem quando a córnea de um ou ambos os olhos tem alterações em sua curvatura, produzindo vários pontos de focagem na retina que fazem que os contornos do objeto observado se tornem desfocados. Assim, os primeiros sinais de astigmatismo incluem:

  • Visão desfocada, confundido letras semelhantes, como H, M ou N;
  • Cansaço extremo nos olhos durante a leitura;
  • Lacrimejamento quando tenta enxergar focado;
  • Tensão no olho;
  • Sensibilidade excessiva à luz.

Outros sintomas, como campo de visão distorcido (se não estiver com correção de óculos ou lentes de contato) e dor de cabeça, podem surgir quando a pessoa tem astigmatismo com grau alto ou associado a outros problemas de visão, como hipermetropia ou miopia, por exemplo.

No caso das crianças, é possível desconfiar de astigmatismo quando a criança aproxima muito os objetos do rosto para ver e/ou ler melhor, quando precisa fechar um pouco os olhos na tentativa de enxergar melhor ou quando apresenta dificuldade de concentração da escola e notas baixas, por exemplo.

Assim, na presença de sinais e sintomas possivelmente indicativos de astigmatismo, é importante que o oftalmologista seja consultado, principalmente quando a pessoa também sente dor de cabeça, cansaço nos olhos ou possui diabetes ou pressão alta, pois assim é possível que seja feito o diagnóstico e iniciado o tratamento mais adequado.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico do astigmatismo é feito pelo oftalmologista através da realização de um exame oftalmológico, que o médico avalia a capacidade da pessoa em distinguir objetos, letras, números e linhas. Veja mais detalhes do exame oftalmológico.

Teste de astigmatismo para fazer em casa

O teste caseiro para astigmatismo consiste em observar a imagem abaixo com um olho fechado e outro aberto, trocando de seguida para identificar se o astigmatismo está presente em apenas um olho ou em ambos.

Astigmatismo: o que é, sintomas, teste e tratamento

Uma vez que que a dificuldade de visão no astigmatismo pode ocorrer de perto ou de longe, é importante que o teste seja feito a várias distâncias, até um máximo de 6 metros, para identificar a partir de que distância o astigmatismo afeta a visão.

Em caso de astigmatismo, o paciente poderá observar alterações na imagem, como linhas mais claras que outras ou linhas tortas, enquanto uma pessoa com visão normal deverá enxergar todas as linhas do mesmo tamanho, com a mesma cor e a mesma distância.

Tratamento para astigmatismo

O tratamento para astigmatismo deve ser sempre recomendado por um oftalmologista, pois é necessário identificar o grau correto de astigmatismo para saber quais os melhores óculos ou lentes de contato. Além disso, como é muito frequente que o astigmatismo seja diagnosticado junto com miopia ou hipermetropia, de forma que pode ser necessário utilizar óculos e lentes adaptadas para os dois problemas.

Nos casos mais graves de astigmatismo, o médico pode recomendar a realização de cirurgia ocular para modificar a córnea e melhorar a visão. No entanto, para que seja feita a cirurgia, é importante que a pessoa tenha o grau de astigmatismo estabilizado por pelo menos 1 ano. Saiba mais sobre a cirurgia para astigmatismo.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • KAIMBO, DIEUDONNE; KAIMBO, WA. Astigmatism – Definition, Etiology, Classification, Diagnosis and Non-Surgical Treatment . 2012. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/221926224_Astigmatism_Definition_Etiology_Classification_Diagnosis_and_Non-Surgical_Treatment>. Acesso em 07 Jul 2021
  • NATIONAL EYE INSTITUTE - NATIONAL INSTITUTES OF HEALTH. Astigmatism. Disponível em: <https://www.nei.nih.gov/sites/default/files/health-pdfs/FactsAbout_ASTIGMATISM_2013.pdf>. Acesso em 07 Jul 2021
Mais sobre este assunto: